Rajendra Prasad (Ziradei, 3 de dezembro de 1884 - Patna, 28 de fevereiro de 1963), foi um político e educador Indiano, primeiro presidente de seu país.[1]

Rajendra Prasad
राजेन्द्र प्रसाद
Rajendra Prasad
1Presidente da Índia
Período 26 de janeiro de 1950
a 13 de maio de 1962
Vice-presidente Sarvepalli Radhakrishnan
Sucessor(a) Sarvepalli Radhakrishnan
Presidente da Assembléia Constituinte da Índia Índia
Período 11 de dezembro de 1946
a 24 de janeiro de 1950
Presidente do Partido do Congresso Nacional Indiano
Período 1934
a 1935
Antecessor(a) Nellie Sengupta
Sucessor(a) Jawaharlal Nehru
Dados pessoais
Nascimento 3 de dezembro de 1884
Ziradei, Bihar, Índia britânica
Morte 28 de fevereiro de 1963 (78 anos)
Patna, Bihar,  Índia
Alma mater Universidade de Calcutá
Primeira-dama Rajvanshi Devi
Partido Partido do Congresso Nacional Indiano
Profissão Professor e advogado

Carreira editar

Ele se juntou ao Congresso Nacional Indiano durante o movimento de independência da Índia e se tornou um grande líder da região de Bihar e Maharashtra. Apoiadorde Mahatma Gandhi, Prasad foi preso pelas autoridades britânicas durante a Satyagraha do Sal de 1930 e o movimento Quit India de 1942. Após as eleições da Assembleia Constituinte de 1946, Prasad serviu como 1º Ministro da Alimentação e Agricultura no governo central de 1947 a 1948. Após a independência em 1947, Prasad foi eleito presidente da Assembleia Constituinte da Índia, que preparou a Constituição da Índia e serviu como seu Parlamento provisório.[2][3][4]

Quando a Índia se tornou uma república em 1950, Prasad foi eleito como seu primeiro presidente pela Assembleia Constituinte. Como presidente, Prasad estabeleceu uma tradição de apartidarismo e independência para o ocupante do cargo e se aposentou da política partidária do Congresso. Embora um chefe de Estado cerimonial, Prasad encorajou o desenvolvimento da educação na Índia e aconselhou o governo Nehru em várias ocasiões. Em 1957, Prasad foi reeleito para a presidência, tornando-se o único presidente a cumprir dois mandatos completos. Prasad permaneceu no cargo pelo mandato mais longo, de cerca de 12 anos. Após a conclusão de seu mandato, ele deixou o Congresso e estabeleceu novas diretrizes para os parlamentares que ainda são seguidas.[2][3][4]

Bibliografia editar

  • Satyagraha at Champaran (1922)
  • Division of India (1946)
  • Atmakatha (1946), sua autobiografia escrita durante sua pena de 3 anos de prisão na prisão de Bankipur
  • Bapu Ke Qadmon Men (1954)
  • Since Independence (publicado em 1960)
  • Bharatiya Shiksha
  • At the feet of Mahatma Gandhi

Referências

  1. «India». www.worldstatesmen.org. Consultado em 25 de janeiro de 2024 
  2. a b Rajendra Prasad, first President of India, by Kewalram Lalchand Panjabi. Published by Macmillan, 1960.
  3. a b Rajendra Prasad: twelve years of triumph and despair, by Rajendra Lal Handa. Published by Sterling Publishers,1979.
  4. a b Dr Rajendra Prasad: Political Thinkers Of Modern India, by V. Grover. Published by Deep & Deep Publications, 1993

Precedido por
cargo estabelecido
Presidente da Índia
19501962
Sucedido por
Sarvepalli Radhakrishnan

Ligações externas editar

 
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Rajendra Prasad
 
Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Rajendra Prasad
  Este artigo sobre um(a) político(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.