Abrir menu principal
Searchtool.svg
Esta página foi marcada para revisão, devido a incoerências e/ou dados de confiabilidade duvidosa. Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor, verifique e melhore a coerência e o rigor deste artigo.

O Reduto Cierva, também conhecido como Fuerte do Estabelecimiento, localizava-se na margem direita do rio Paraguai, (atual província de Chaco, Argentina) fronteiro à Fortaleza de Humaitá,.

HistóriaEditar

 Ver artigo principal: Combate de Laguna Cierva
 
Gravura antiga retratando o assalto ao Forte do Estabelecimiento, em 19 de fevereiro de 1868.

No contexto da Guerra do Paraguai 1864-1870), este reduto do Paraguai, juntamente com a Fortaleza de Humaitá, fechava o acesso por via fluvial à capital paraguaia, Assunção.[1]

O episódio foi retrado pelo pintor Edoardo Martino, em obra no acervo do Museu Naval e Oceanográfico do Rio de Janeiro.

Notas

 
Ajude a melhorar este artigo sobre Arquitetura ilustrando-o com uma imagem. Consulte Política de imagens e Como usar imagens.
  Este artigo sobre uma fortaleza é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.