Abrir menu principal

Reino da Grécia

Estado extinto
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde abril de 2017). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)



Βασίλειον της Ελλάδος
Vasíleion tīs Elládos

Reino da Grécia
Flag of Greece (1822-1978).svg
 
Flag of Greece (1822-1978).svg
 
Flag of Greece (1822-1978).svg
1832–1924
1935–1941
1944–1973
Flag of Greece (1822-1978).svg
 
Flag of Greece (1822-1978).svg
 
Flag of Greece.svg
Flag Brasão
bandeira (1863–1924 e 1935–1973) Brasão
Localização de Grécia
Continente Europa
Região Bálcãs
País Grécia
Capital Atenas
Religião Igreja Ortodoxa Grega
Governo monarquia absoluta 1832–1843
democracia parlamentar e monarquia constitucional 1843–1924, 1935–1973
Rei
 • 1832-1862 Oto
 • 1863-1913 Jorge I
 • 1913-1917 Constantino I
 • 1917-1920 Alexandre
 • 1920-1922 Constantino I
 • 1922-1924 Jorge II
 • 1935-1947 Jorge II
 • 1947-1964 Paulo
 • 1964-1974 Constantino II
Período histórico Moderna
 • 30 de agosto de 1832 Protocolo de Londres
 • 3 de setembro de 1843 Constituição outorgada
 • 25 de março de 1924 Segunda República
 • 3 de novembro de 1935 Monarquia restaurada
 • Abril de 1941 – outubro de 1944 Ocupação pelo Eixo
 • 21 de abril de 1967 Ditadura militar
 • 8 de dezembro de 1974 Terceira República
População
 • 1920 est. 7 156 000 
 • 1971 est. 8 768 372 

O Reino da Grécia (em grego: Βασίλειον τῆς Ἑλλάδος, Vasílion tis Ellados) foi um estado criado em 1832 na Convenção de Londres pelas grandes potências (Reino Unido, França e Império Russo). Foi reconhecido internacionalmente no Tratado de Constantinopla, onde também garantiu a plena independência do Império Otomano, marcando o nascimento do primeiro Estado grego totalmente independente desde a queda dos últimos remanescentes do Império Bizantino para os otomanos em meados do século XV. Teve êxito os governos provisórios grego da Guerra de Independência Grega, e durou até 1924, quando a monarquia foi abolida, e a Segunda República Helênica foi declarada. O Reino foi restaurado em 1935, e durou até 1974, quando, no rescaldo de uma ditadura militar de sete anos, a atual Terceira República entrou em existência.[1][2][3]

GaleriaEditar


Ver tambémEditar

Referências

  1. • Mandel, Ernest. 1978. Long waves of capitalist development, The Marxist interpretation, based on the Marshall Lectures given at the University of Cambridge, Cambridge University Press et Editions de la Maison des Sciences de l’Homme, París, 141 p.
  2. Karl Marx, La crisis del capitalismo, Sequitur, Madrid 2009. (Edición de las notas preparatorias para El Capital); Marx–Engels, La Crise, col. 10/18, Union générale d’éditions, 1978, 444 p
  3. Mandel, Ernest. 1978. Long waves of capitalist development, The Marxist interpretation, based on the Marshall Lectures given at the University of Cambridge, Cambridge University Press et Editions de la Maison des Sciences de l’Homme, París, 141 p.
  Este artigo sobre História da Grécia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.