Rejane Maria da Graça Secches Cannes

Rejane Cannes
campeã do circuito sul-americano
Voleibol
Nome completo Rejane Maria da Graça Secches Cannes
Apelido Diva
Modalidade Voleibol indoor e Voleibol de praia
Nascimento 3 de março de 1962 (58 anos)
Porto Alegre RS
Nacionalidade brasileira
Compleição Peso: 70 kg Altura: 1,87m
Nível Profissional Alto Rendimento
Clube Aposentada
Medalhas
Competidora do  Brasil

Rejane Maria da Graça Secches Cannes (Porto Alegre, 3 de março de 1962) é uma ex-voleibolista indoor e também de vôlei de praia, pioneira no vôlei de praia em seu Estado de origem e também uma das pioneiras na elite nacional no vôlei de praia.Foi campeã do Circuito Sul-Americano de Vôlei de Praia de 2002 no Brasil. Atualmente é técnica e instrutora internacional desta modalidade.

CarreiraEditar

Em 1977, com apenas 15 anos de idade, inicia a praticar o voleibol indoor no Sogipa onde sagrou-se hexacampeã do Campeonato Gaúcho, de 1981 a 1986[1], permanecendo até 1990, na época era treinada pelo técnico Betão[2].

Em 1990 passou a dedicar a carreira na modalidade de vôlei de praia, sendo uma das pioneiras tanto no cenário rio-grandense do sul quanto no voleibol profissional brasileiro[2] e começou a competir na primeira edição da variante feminina do Circuito Brasileiro Banco do Brasil em 1992[3].Já pelo Circuito Brasileiro Banco do Brasil de Vôlei de Praia de 1993 conquistou ao lado de Cristina Mignone o título da etapa de Salvador[4].

Na temporada de 1994 do Circuito Banco do Brasil disputou a etapa de Vitória ao lado de Cláudia "Claudinha" Lupion[5], e conquistou o título da etapa de Curitiba ao lado de Roseli Timm[6][7] e ao final da edição conquistaram o vice-campeonato geral[8].

Voltou a competir ao lado de Cristina Mignone na temporada de 1995, e juntas conquistaram o título da etapa de São Luís, válida pelo Circuito Banco do Brasil[9][10].

Estreou no Circuito Mundial de Vôlei de praia na jornada 1995-96, época que competiu ao lado de Siomara de Souza e alcançou o vigésimo sexto lugar no Aberto de Santos[11].Na temporada de 1996 do Circuito Mundial iniciou competindo com Ivanise de Jesus alcançando a vigésima quinta colocação nas Séries Mundiais de Maceió e Recife.Neste mesmo circuito, competiu ao lado de Albetiza Rodrigues e conquistaram a décima terceira colocação na Série Mundial de Salvador[11].

No Circuito Banco do Brasil de 1996 disputou a fase final da etapa de Florianópolis ao lado de Albetiza Rodrigues[12].Com Albetiza disputou o Aberto de Marseille quando alcançaram a nona posição, e ao lado de Gerusa Ferreira conquistou a quinta posição no Aberto de Salvador pelo mesmo circuito[11].

No ano de 1997 disputou o torneio amistoso chamado Fanta Open ao lado de Magda Lima[13] e juntamente com Gerusa Ferreira alcançou o quarto lugar na classificação geral do Circuito Banco do Brasil de 1997[14].

Novamente ao lado de Gerusa Ferreira disputaram pelo Circuito Mundial de 1998 o Aberto do Rio de Janeiro, encerrando na nona colocação[11].Voltou a formar dupla com Ivanise de Jesus , alcançando o trigésimo terceiro lugar na etapa de Salvador neste mesmo circuito[11].Com Ivanise também disputou a etapa de Maceió pelo Circuito Banco do Brasil de 1998[15]. Com Gerusa disputou o bronze na décima etapa do Circuito Banco do Brasil de 1999, realizada em Porto Alegre[16] e pelo Circuito Mundial deste ano alcançaram a quadragésima primeira colocação[11].

No período esportivo de 2000, Rejane disputou o Aberto de Vitória pelo Circuito Mundial ao lado de Camila Bertozzi, quando finalizaram na trigésima terceira posição, e pelo mesmo circuito, conquistou a décima sétima colocação ao lado de Ana Richa no Aberto de Fortaleza[11].

No Circuito Mundial de 2001 competiu ao lado de Renata Trevisan Ribeiro no Aberto de Fortaleza, ocasião que finalizaram na décima terceira colocação [11]. No cenário nacional disputou o Rainha da Praia de 2001[17][18].

No Circuito Bando do Brasil de 2001 competiu na etapa de Uberlândia ao lado de Isabela Lopez [19].disputou em Niterói, na Praia de Icaraí, ao lado de Mônica Paludo, Carol e Tatiana Minello, a Copa Samsung de Vôlei Four de 2001, representando o Rio Grande do Sul[20][21], e alcançou o terceiro lugar[22].

Pelo Circuito Banco do Brasil de 2002 disputou a etapa de Florianópolis com Ivanise de Jesus[23] e a décima primeira etapa realizada em Feira de Santana disputou ao lado de Tânia Souza[24] e a décima terceira etapa do Recife ao lado de Luciana “Lu”[25].

Nesta temporada do Circuito Sul-Americano de Vôlei de Praia de 2002, Macaé com Vanilda Leão de forma invicta[26][27][28].

Na temporada de 2003 do Circuito Banco do Brasil disputou o qualifying para etapa de Londrina ao lado de Carol[29] e disputou o torneio principal da etapa de João Pessoa ao lado de “Lu” Rosário[30] e também a etapa de Maceió, a última da competição[31] .Ainda em 2003 disputou a etapa de Aracaju pelo Circuito Banco do Brasil Challenger[32][33], alcançando neste circuito o quinto lugar na etapa de Belém[34] .

No Circuito Banco do Brasil de 2004 disputou a etapa de Porto Alegre ao lado de Ivanise de Jesus[35] e a décima segunda etapa do Rio de Janeiro pelo mesmo circuito, marcou sua despedida das areais, ocasião que jogava com Tânia Souza, após disputar 528 partidas resolveu encerrar sua carreira como atleta aos 42 anos de idade[3].Formou-se em Educação Física[36], fez o curso de nível II da CBV em 2005 [37].

Foi coordenadora, técnica e professora da Escolinha Equipe Rejane de Vôlei de Praia[38] de 1995 a 2009, também exerceu em 2008 e 2009 a função de técnica da seleção brasileira na categoria sub-21 na modalidade feminina e preparou as atletas para a disputa do Campeonato Mundial de Vôlei de Praia de 2008 e 2009 em Brighton alcançando o sétimo lugar[39], e Blackpool, encerrando em nono lugar[40], na Inglaterra, respectivamente[41].

No masculino treinou a dupla Oscar Brandão e Gustavo Carvalhaes nas temporadas de 2008 e 2009 no Banco do Brasil.Também treinou a dupla Amanda Maltez e Natasha Borges, conquistando na categoria Sub-19 o título do Campeonato Carioca de 2007[39],já na categoria Sub-21 obteve os títulos Campeonato Carioca[42] e do Campeonato Brasileiro de Vôlei de Praia [43][44][45], ambos em 2008, o vice-campeonato carioca em 2009[46] e com esta dupla chegou ao primeiro lugar no ranking adulto carioca em 2009.

Como treinadora da categoria sub-19 foi vice-campeã carioca e brasileira em 2007 com a dupla Amanda Maltez e Isabella Heckert ; vice-campeã carioca em 2006 com a dupla Amanda Maltez e Luiza Ungerer. Alcançou também a quarta colocação com a dupla Camila Araújo e Ingrid Brayner no Campeonato Brasileiro de Vôlei de Praia Sub-19 e nesta categoria o vice-campeonato carioca de 2009 com Camila Araújo e Fernanda Teixeira.Ao lado de seu marido e auxiliar Cláudio já revelaram grandes talentos do vôlei de praia a exemplo de Haissa Rodrigues que conquistou em 2012 o título da etapa recém-criada na categoria Sub-23, em João Pessoa, ao lado de Júlia Schmidt[43].

Retornando a jogar como atleta na categoria máster em 2010[47][48].Continua recrutando e revelando novos talentos no Centro de Treinamento Rejane/STAM[49].Em 2016 foi contratada pela NORCECA, já que é instrutora credenciada da FIVB, para ministrar cursos para treinadores em países: Honduras, Belize, El Salvador, Nicarágua, Costa Rica e Panamá[50][51][52].Em Porto Alegre tem um circuito que leva seu nome[53].

Títulos e resultadosEditar

Ligações externasEditar

Referências

  1. Maria Isabel K. Michael. «Artigo Campeonato Gaúcho de Voleibol Feminino-CAMPEÕES-Divisão Especial». UFRGS (em portugues). julho de 2011. Consultado em 3 de março de 2017 
  2. a b c Maria Isabel K. Michael. «A PRÁTICA DO VÔLEI DE PRAIA NO RIO GRANDE DO SUL- Rejane C.--Págs.20-21» (PDF). UFRGS (em portugues). julho de 2011. Consultado em 3 de março de 2017 
  3. a b UOL Esporte. «Eliminados no Rio, Márcio e Benjamim anunciam fim da dupla» (em portugues). 16 de dezembro de 2004. Consultado em 3 de março de 2017 
  4. a b Ulisses Gama. «Circuito Brasileiro de Vôlei de Praia chega a Salvador neste final de semana- Confira todos os campeões na etapa baiana». Bahia Notícias (em portugues). 25 de março de 2015. Consultado em 3 de março de 2017 
  5. Folha de S.Paulo Esporte. «Franco/Roberto Lopes vencem na 3ª etapa do vôlei de praia» (em portugues). 7 de maio de 1994. Consultado em 3 de março de 2017 
  6. Elia M. «CIRCUITO BRASILEIRO: Curitiba (PR) volta ao calendário após três anos e fecha disputa em 2015». Hora Brasil (em portugues). 1 de dezembro de 2015. Consultado em 3 de março de 2017 
  7. a b CBV. «CIRCUITO BANCO DO BRASIL: Competição chega à Região Sul com etapa de Curitiba» (em portugues). 12 de novembro de 2012. Consultado em 3 de março de 2017. Arquivado do original em 5 de março de 2017 
  8. a b «Home-Vôlei de Praia-Escolha o campeonato e/ ou o naipe:Circuito Banco do Brasil - Feminino - 1994 -Feminino». CBV (em portugues). Consultado em 3 de março de 2017. Arquivado do original em 30 de setembro de 2016 
  9. Portal Top Vitrine. «Circuito Banco do Brasil Challenger- Todos os campeões da etapa maranhense» (em portugues). 9 de junho de 2012. Consultado em 3 de março de 2017. Arquivado do original em 6 de março de 2017 
  10. a b CBV. «CIRCUITO BANCO DO BRASIL: Depois de 19 anos, São Luís (MA) volta a receber uma etapa Open-TODOS OS CAMPEÕES NO MARANHÃO» (em portugues). 13 de janeiro de 2014. Consultado em 3 de março de 2017. Arquivado do original em 5 de outubro de 2016 
  11. a b c d e f g h FIVB. «PLAYERS' DATABASE-Athlete's biography-Monica Paludo-Results» (em ingles). Consultado em 3 de março de 2017 
  12. Danilo Valentini. «Só título separa Jackie da 'transição'». Folha de S.Paulo Esporte (em portugues). 21 de dezembro de 1996. Consultado em 3 de março de 2017 
  13. Folha de S.Paulo Esporte. «VÔLEI DE PRAIA-Duplas femininas adotam a cidade em busca de técnicos e travar conhecimentos com outras jogadoras-`Ratos de areia' atraem duplas para o Rio» (em portugues). 2 de março de 1997. Consultado em 3 de março de 2017 
  14. a b «Home-Vôlei de Praia-Escolha o campeonato e/ ou o naipe:Circuito Banco do Brasil - Feminino - 1997 -Feminino». CBV (em portugues). Consultado em 3 de março de 2017. Arquivado do original em 30 de setembro de 2016 
  15. Agência JB Maceió. «Com novas parceiras, Jacqueline e Mônica estréiam vencendo». 18 de setembro de 1998. Consultado em 3 de março de 2017 
  16. Folha UOL. «Adriana Behar e Shelda pegam norte-americanas em final na praia» (em portugues). 20 de novembro de 1999. Consultado em 3 de março de 2017 
  17. Terra Esportes. «Ana Paula descarta parceria com Sandra Voloch» (em portugues). 18 de janeiro de 2001. Consultado em 3 de março de 2017 
  18. Terra Esportes. «Definidos os grupos para o Rei e Rainha da Praia» (em portugues). 11 de janeiro de 2001. Consultado em 3 de março de 2017 
  19. Terra Esportes. «Franco/Roberto Lopes é atração em Uberlândia» (em portugues). 28 de agosto de 2001. Consultado em 3 de março de 2017 
  20. Photo&Grafia.com. «PRAIA – COPA SAMSUNG-ALL STAR TEAM MOSTRA SUA FORÇA E COMEÇA COM VITÓRIA DIANTE DAS GAÚCHAS». 14 de dezembro de 2001. Consultado em 3 de março de 2017 
  21. Photo&Grafia.com. «PRAIA - COPA SAMSUNG-GAÚCHAS DERROTAM CARIOCAS». 15 de dezembro de 2001. Consultado em 3 de março de 2017 
  22. a b Photo&Grafia.com. «PRAIA - COPA SAMSUNG-ALL STAR TEAM FEMININO CONQUISTA A TERCEIRA ETAPA EM NITERÓI». 16 de dezembro de 2001. Consultado em 3 de março de 2017 
  23. Terra Esportes. «Carlão se garante na chave principal em Florianópolis» (em portugues). 21 de março de 2002. Consultado em 3 de março de 2017 
  24. GloboEsporte.com. «Vôlei de Praia: definidas as últimas vagas em Feira de Santana» (em portugues). 10 de outubro de 2002. Consultado em 3 de março de 2017 
  25. UOL Esporte. «"Clã" de Isabel garante vaga na 13ª etapa do Circuito Brasileiro» (em portugues). 7 de novembro de 2003. Consultado em 3 de março de 2017 
  26. a b Photo&Grafia. «PRAIA - CIRCUITO SUL-AMERICANO-REJANE E VAL CONQUISTAM O TÍTULO DA SEGUNDA ETAPA» (em portugues). 17 de fevereiro de 2002. Consultado em 3 de março de 2017 
  27. «CIRCUITO SUL-AMERICANO: Brasil estreia na etapa paraguaia». CBV (em portugues). 29 de março de 2012. Consultado em 3 de março de 2017. Arquivado do original em 4 de março de 2017 
  28. CSV. «SUDAMERICANO DE PLAYA: Paraguay recibe la sexta etapa» (em espanhol). 29 de março de 2012. Consultado em 3 de março de 2017 
  29. O Estado do Paraná. «Londrina recebe etapa do Circuito BB de 2003» (em portugues). 27 de março de 2003. Consultado em 3 de março de 2017 
  30. UOL Esporte. «Surpresas marcam abertura da etapa da PB do Circuito Banco do Brasil» (em portugues). 28 de novembro de 2003. Consultado em 3 de março de 2017 
  31. Portal EBC. «Vice-campeonato do Circuito BB de Vôlei de Praia começa a ser decidido em Maceió» (em portugues). 18 de dezembro de 2003. Consultado em 3 de março de 2017 
  32. Infonet.com. «Irmãs amazonenses também garantem vaga» (em portugues). 9 de julho de 2003. Consultado em 3 de março de 2017. Arquivado do original em 6 de março de 2017 
  33. Infonet.com. «Rejane e Magno dominam etapa de Vôlei de Praia» (em portugues). 9 de julho de 2003. Consultado em 3 de março de 2017. Arquivado do original em 6 de março de 2017 
  34. Terra Esportes. «Dupla de bronze ganha etapa do circuito brasileiro de vôlei de praia» (em portugues). 17 de agosto de 2003. Consultado em 3 de março de 2017 
  35. Federação Matogrossense de Voleibol. «JACQUELINE, ANJINHO E GAÚCHOS GARANTEM VAGA NA ETAPA DE PORTO ALEGRE» (em portugues). 15 de abril de 2004. Consultado em 3 de março de 2017 
  36. Conselho Regional de Fisioterapia. «NOMINATA_CREFRJ_2009_05_18-007252-P/RJ, REJANE MARIA DA GRACA CANNES SECCHES» (em portugues). 18 de maio de 2009. Consultado em 3 de março de 2017. Arquivado do original em 27 de junho de 2011 
  37. Federação Matogrossense de Voleibol. «Curso de Formação de Técnico nível III em setembro» (em portugues). 3 de agosto de 2005. Consultado em 3 de março de 2017 
  38. VôleiBrasil.org.br. «Vôlei Inteartivo-Escolinhas de Vôlei-Escolinha da Rejane» (em portugues). Consultado em 3 de março de 2017. Arquivado do original em 6 de março de 2017 
  39. a b Portal da SUDERJ. «Bolsa-Atleta dividida por duas». Ahe Brasil! (em portugues). 25 de setembro de 2008. Consultado em 3 de março de 2017 
  40. «Main Draw Ranking». FIVB (em inglês). Consultado em 3 de março de 2017 
  41. Clic RBS. «Preparando a nova geração da praia» (em portugues). 12 de agosto de 2009. Consultado em 3 de março de 2017 
  42. «Brunch de Encerramento Vôlei de Praia». Federação de Volley-Ball do Rio de Janeiro (em portugues). Consultado em 3 de março de 2017 
  43. a b Bernardo Feital. «De olho no Rio-2016, ex-atleta Rejane foca no futuro e abriga jovens atletas em casa». Ahe Brasil! (em portugues). 28 de março de 2012. Consultado em 3 de março de 2017 
  44. Grupo WSCOM de Comunicação. «Campeões e vice do Brasileiro Sub-21 de Vôlei de praia são da PB» (em portugues). 4 de maio de 2008. Consultado em 3 de março de 2017. Arquivado do original em 29 de agosto de 2016 
  45. «CIRCUITO SUB-21 BANCO DO BRASIL: Atuais campeãs, Natasha Borges e Amanda Maltez vencem pela primeira vez na temporada». CBV (em portugues). 12 de julho de 2009. Consultado em 3 de março de 2017. Arquivado do original em 6 de março de 2017 
  46. «Tabelas da 5ª etapa adulto - CAMPEONATO ESTADUAL DE VÔLEI DE PRAIA 2009». Federação de Volley-Ball do Rio de Janeiro (em portugues). Consultado em 3 de março de 2017 
  47. CBV. «VÔLEI MASTER 2010: A carismática Rejane» (em portugues). 14 de outubro de 2010. Consultado em 3 de março de 2017. Arquivado do original em 16 de setembro de 2016 
  48. Repiquete no Meio do Mundo. «Atleta amapaense foi selecionada pra fazer parte de equipe de vôlei de praia do Rio de Janeiro» (em portugues). Consultado em 3 de março de 2017 
  49. Rede de Vôlei.com. «Marcus e Guto, "Os irmãos BIG", e Sandressa e Thais vencem em Recife» (em portugues). 10 de novembro de 2011. Consultado em 3 de março de 2017. Arquivado do original em 6 de março de 2017 
  50. NORCECA. «Rejane Cannes, pionera de playa en Centroamérica» (em espanhol). 25 de fevereiro de 2016. Consultado em 3 de março de 2017 
  51. Luiz CCM. «Costa Rica: Brasileña Rejane Cannes imparte curso de voleibol de playa por toda…». TOPGYN (em portugues). 23 de setembro de 2016. Consultado em 3 de março de 2017. Arquivado do original em 6 de março de 2017 
  52. Del Sur News. «Brazilian Beach Volleyball Coach in San Juan del Sur» (em espanhol). 18 de agosto de 2016. Consultado em 3 de março de 2017 
  53. Jornal de Bairro em Bairro. «Atleta de vôlei de praia de S. Bárbara disputa torneio em Porto Alegre» (em portugues). 24 de setembro de 2009. Consultado em 3 de março de 2017