República Maior da América Central

República Mayor de Centroamérica
Grande República da América Central

Federação

Flag of El Salvador (1875-1877).svg
 
Flag of Honduras (1866-1898).svg
 
Flag of Nicaragua (1858-1889 and 1893-1896).svg
1896 – 1898 Flag of El Salvador (1875-1877).svg
 
Flag of Honduras (1866-1898).svg
 
Flag of Nicaragua (1896-1908).svg
Flag Brasão
Bandeira Brasão
Localização de América Central
Continente América
Região América Central
Capital Amapala
Governo República
História
 • 20 de Junho de 1895 Tratado de Amapala
 • 15 de Setembro de 1896 Fundação
 • 1 de Novembro de 1898 Constituição
 • 21 de Novembro de 1898 Dissolução

República Maior da América Central (em castelhano: República Mayor de Centroamérica) ou Grande República da América Central foi uma breve união entre Honduras, Nicarágua e El Salvador durando de 1896 a 1898. Foi uma tentativa de reviver a fracassada República Federal da América Central do início do século.[1]

Os três países concordaram em estabelecer uma união com a assinatura do Tratado de Amapala em 20 de junho de 1895. Em 15 de setembro de 1896, depois que todos os países ratificaram o tratado individualmente, a união foi formalmente confirmada. Embora a Guatemala e a Costa Rica considerassem a adesão à república, nenhum dos dois países aderiram.

A república seria rebatizada de "Estados Unidos da América Central",[1] quando sua constituição entrou em vigor em 1 de novembro de 1898. A capital estaria localizada na cidade hondurenha de Amapala no Golfo de Fonseca. A união foi dissolvida depois que o general Tomás Regalado tomou o poder em El Salvador, em 21 de novembro.

Antes de sua dissolução, a Grande República estabeleceu relações diplomáticas com os Estados Unidos.

Referências

Ligações externasEditar