Abrir menu principal

Represa Atibainha

barragem em Nazaré Paulista, São Paulo
Represa Atibainha
Represa Atibainha.jpg
Localização
Localização Nazaré Paulista, Brasil Editar isso no Wikidata
Coordenadas 23°10'19.999"S, 46°23'22.999"W
Uso pegada hídrica
Tipo barragem, barragem de capacidade de volume maior que 200 hm³, barragem de mais de 15 metros e menos de 30 metros, barragem de risco alto, barragem de dano potencial associado alto
Capacidade total 290,78 hectômetros cúbicos

A Represa Atibainha é formada pela barragem de mesmo nome localizada no rio Atibainha, no município de Nazaré Paulista, estado de São Paulo.

Índice

CaracterísticasEditar

Inaugurada no ano de 1975 no rio Atibainha, um afluente do rio Atibaia, pertence a Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (SABESP) e faz parte do Sistema Cantareira[1] para o abastecimento de água da Região Metropolitana de São Paulo.

A barragem possui uma altura de 29 metros e seu reservatório possui uma área inundada de 1.557,65 hectares, com capacidade de 290,78 milhões de metros cúbicos de água[2]. Opera no nível de 787 metros dentro do Sistema Cantareira, recebendo por gravidade através do Túnel 6 as águas da Represa Cachoeira, que opera no nível de 822 metros, e envia também por gravidade através do Túnel 5 suas águas para o rio Juqueri, que através dele chega a Represa Paiva Castro, que opera no nível de 745 metros[3][4].

Em março de 2018, após a crise hídrica no estado de São Paulo em 2014–2016, entrou em operação a interligação dos reservatórios da Usina Hidrelétrica Jaguari e de Atibainha, fazendo a transferência de cerca de 5,1 mil litros de água por segundo da bacia do rio Paraíba do Sul para o Sistema Cantareira. A água bruta é captada na represa da UHE Jaguari e bombeada em direção à represa Atibainha, percorrendo um corredor de quase 20 quilômetros composto de adutoras e de um túnel[5].

Ver tambémEditar

GaleriaEditar


Referências

  1. «Situação dos Mananciais Sabesp - RMSP». mananciais.sabesp.com.br. Consultado em 14 de março de 2019 
  2. «ArcGIS Web Application». portal1.snirh.gov.br. Consultado em 15 de março de 2019 
  3. «Sabesp » Sistema Cantareira». site.sabesp.com.br. Consultado em 15 de março de 2019 
  4. ASCOM. «Sistema Cantareira (Saiba mais) — Agência Nacional de Águas». www3.ana.gov.br. Consultado em 15 de março de 2019 
  5. «Entra em operação a Interligação Jaguari-Atibainha» (PDF). Diário Oficial do Estado de São Paulo