Requeixo, Nossa Senhora de Fátima e Nariz

freguesia do município de Aveiro, Portugal

Requeixo, Nossa Senhora de Fátima e Nariz é uma freguesia portuguesa do município de Aveiro, com 32,32 km² de área[1] e 4383 habitantes (censo de 2021)[2]. A sua densidade populacional é 135,6 hab./km².

Portugal Portugal Requeixo, Nossa Senhora de Fátima e Nariz 
  Freguesia  
Igreja Matriz de Requeixo
Igreja Matriz de Requeixo
Igreja Matriz de Requeixo
Localização
Requeixo, Nossa Senhora de Fátima e Nariz está localizado em: Portugal Continental
Requeixo, Nossa Senhora de Fátima e Nariz
Localização de Requeixo, Nossa Senhora de Fátima e Nariz em Portugal
Coordenadas 40° 34' 40" N 8° 34' 25" O
Região Centro
Sub-região Região de Aveiro
Distrito Aveiro
Município Aveiro
Código 010516
História
Fundação 28 de janeiro de 2013
Administração
Tipo Junta de freguesia
Características geográficas
Área total 32,32 km²
População total (2021) 4 383 hab.
Densidade 135,6 hab./km²

História editar

Foi constituída em 2013, no âmbito de uma reforma administrativa nacional, pela agregação das antigas freguesias de Requeixo, Nossa Senhora de Fátima e Nariz e tem sede em Nossa Senhora de Fátima.[3]

Demografia editar

A população registada nos censos foi:[2]

População da freguesia de Requeixo[4]
AnoPop.±%
2001 1 198—    
2011 1 222+2.0%
População da freguesia de Nossa Senhora de Fátima[4]
AnoPop.±%
2001 1 870—    
2011 1 924+2.9%
População da freguesia de Nariz[4]
AnoPop.±%
2001 1 467—    
2011 1 418−3.3%
População da freguesia de Requeixo, Nossa Senhora de Fátima e Nariz[2]
AnoPop.±%
2021 4 383—    
Distribuição da População por Grupos Etários[4]
Antes da agregação
Ano 0-14 anos 15-24 anos 25-64 anos >= 65 anos Total
2001 798 684 2305 748 4535
2011 713 520 2507 824 4564
Após a agregação
Ano 0-14 anos 15-24 anos 25-64 anos >= 65 anos Total
2021 557 392 2406 1028 4383

Referências

  1. «Carta Administrativa Oficial de Portugal CAOP 2013». ficheiro zip/Excel. IGP Instituto Geográfico Português. Consultado em 10 de dezembro de 2013. Arquivado do original em 9 de dezembro de 2013 
  2. a b c Instituto Nacional de Estatística (23 de novembro de 2022). «Censos 2021 - resultados definitivos» 
  3. Diário da República, 1.ª Série, n.º 19, Lei n.º 11-A/2013 de 28 de janeiro (Reorganização administrativa do território das freguesias). Acedido a 2 de fevereiro de 2013.
  4. a b c d INE. «Censos 2011». Consultado em 11 de dezembro de 2022 
  Este artigo sobre freguesias portuguesas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.