Reseda gredensis

Reseda gredensis é uma espécie de planta com flor pertencente à família Resedaceae. Trata-se de uma espécie caméfita cujos habitats preferenciais são terrenos incultos e áreas ruderais, dando-se a sua floração entre Junho a Setembro.[1]

Como ler uma infocaixa de taxonomiaReseda gredensis
Taxocaixa sem imagem
Classificação científica
Reino: Plantae
Clado: angiospérmicas
Clado: eudicotiledóneas
Ordem: Capparales
Família: Resedaceae
Género: Reseda
Secção: Glaucoreseda
Espécie: R. gredensis
Nome binomial
Reseda gredensis

A espécie foi descrita por Johannes Müller Argoviensis e publicada em Prodr. [A. P. de Candolle] 16(2.2): 582. 1868; Cutanda. Apend. Fl. Matrit. 743.[2]

O número cromossómico na fase esporofítica é 28.[3]

Não se encontra protegida por legislação portuguesa ou da Comunidade Europeia.

DescriçãoEditar

Trata-se de uma planta perene, com múltiplos caules que podem atingir um tamanho de 25 cm de altura. As folhas são fasciculadas e lineares. Possui uma inflorescência densa em forma de racemo que pode atingir 1 cm de largura, com brácteas de até 2 cm de for,aro oval. Os pedicélios florais podem atingir 1,5 mm, sendo que os frutíferos são de maiores dimensões, chegando a ter 3 mm. As sépalas têm até 2 mm e as pétalas até 5 mm, estas últimas esbranquiçadas, que se tornam de cor amareladas com o passar do tempo, ao dessecarem. Possuem de 9 a 12 estames, mais curtas que as pétalas. As anteras têm cerca de 0,8 mm e são de cor amarela. O fruto é uma cápsula com 4 mm possuindo 4-5 dentes de até 1,5 mm. As sementes são lisas, têm forma de rim e atingem um tamanho de 0,8 mm.[4]

DistribuiçãoEditar

Pode ser encontrada na região centro-oeste da Península Ibérica.[1] Esta espécie ocorre em Portugal,[5] apenas no continente, de onde é autóctone. Em Espanha é característica da flora da Serra de Gredos.[6]

SinonímiaEditar

Segundo o The Plant List, esta espécie tem os seguintes sinónimos:[7]

A Flora Digital de Portugal aponta a seguinte sinonímia:[1]

  • Reseda virgata var. gredensis

Referências

  1. a b c «Reseda_gredensis». Flora Digital de Portugal. jb.utad.pt/flora 
  2. Reseda gredensis - Tropicos
  3. Contagens cromossómicas - Tropicos
  4. {{subst:PAGENAME}} - Flora Vascular
  5. Atlas Florae Europaeae 12 1999.
  6. Anales de la Sociedad Española de Historia Natural. Sociedad Española de Historia Natural. t. 24 (1895), Página 191
  7. The Plant List (2010). Version 1. Published on the Internet; http://www.theplantlist.org/ (accessed 1st January).

BibliografiaEditar

Ligações externasEditar