Abrir menu principal

Riba de Mouro

freguesia de Monção, Portugal
Portugal Portugal Riba de Mouro 
  Freguesia  
Igreja de Riba de Mouro
Igreja de Riba de Mouro
Localização no concelho de Monção
Localização no concelho de Monção
Riba de Mouro está localizado em: Portugal Continental
Riba de Mouro
Localização de Riba de Mouro em Portugal
Coordenadas 42° 01' 59" N 8° 19' 55" O
País Portugal Portugal
Concelho MNC.png Monção
Administração
- Tipo Junta de freguesia
- Presidente José Manuel Rodrigues Fernandes (PPD/PSD)
Área
- Total 13,94 km²
População (2011)
 - Total 964
    • Densidade 69,2 hab./km²
Website http://www.jf-ribademouro.com

Riba de Mouro é uma freguesia portuguesa do concelho de Monção, com 13,94 km² de área e 964 habitantes (2011)[1]. A sua densidade populacional é 69,2 h/km².

Pertenceu ao antigo concelho de Valadares até 1855.

A freguesia de Riba de Mouro, localizada na vertente da Serra da Peneda, dista cerca de vinte quilómetros da sede do concelho.Tem limites com Badim, Podame e Tangil, Sistelo (Arcos de Valdevez) e Gave, Cousso e Parada do Monte (as três de Melgaço). Com uma área de 1 394 hectares, compreende os seguintes lugares: Aldeia, Bouçó, Carvalho, Cavenca, Cordeiros, Corga, Costa, Cotaros, Cruz Nova, Cruzeiro, Freixo, Fundegos, Gateira, Lijo, Linhares, Pereiro, Portela, Quartas, Ribeiro, Rua, S. Miguel e Vale de Poldros. Terra com serra, de campos semeados de milho, centeio e cultivo de vinho, chamou-se, ao longo dos tempos, Mou, S. Pedro de Mou ou S. Pedro de Riba de Mouro e foi ponto de passagem procurado por várias civilizações.

Em 1258, é citada como uma das igrejas pertencentes ao bispado de Tui e denominava-se então São Pedro de “Maur”. Admite-se que Riba de Mouro tenha sido fundada como freguesia entre os séculos IX e XII, pelos monges do mosteiro de Paderne. Na verdade, a carta de couto dada por D. Afonso Henriques àquele mosteiro referencia e engloba já alguns dos lugares de Rio de Mouro, que foi também couto e solar dos Quintelas, fidalgos que floresceram na época do rei D. Dinis.

Há quem faça constar que houve no seu território, no lugar da Cividade, um castelo medieval que primitivamente encabeçaria as terras desta região. Segundo Américo Costa, foi reitoria com prestimónio da Ordem de Cristo e, depois, da Casa do Infantado e da sua apresentação.

Fez parte do concelho de Valadares, passando para o de Monção em 24 de Outubro de 1855, com o grande empenho do ilustre monçanense Frederico Guilherme da Silva Pereira, prestigiado magistrado, legislador e governante.

Parte integrante do vale do Mouro, o rio desce-lhe pelo meio em corredeiras, num leito pedregoso e sinuoso com apreciável caudal de água.

Existem na freguesia ainda alguns exemplares de casas típicas, rurais, do Minho: em granito, com o primeiro andar para habitação e com o rés-do-chão para as cortes.

No alto de Santo António de Vale de Poldros (com 1 113 metros de altitude), observam-se lindíssimos horizontes. Lá estão as cardenhas, como os últimos vestígios de um tempo em que os pastores por ali pernoitavam, longe dos lares, fazendo companhia aos seus animais.

Riba de Mouro tem uma feira quinzenal, foi um privilégio concedido pela rainha D. Maria I, em 31 de Outubro de 1782.

PopulaçãoEditar

População da freguesia de Riba de Mouro [2]
1864 1878 1890 1900 1911 1920 1930 1940 1950 1960 1970 1981 1991 2001 2011
1 745 2 023 1 863 1 855 2 004 2 153 1 672 1 880 2 117 2 185 2 197 1 783 1 425 1 111 964
Distribuição da População por Grupos Etários
Ano 0-14 Anos 15-24 Anos 25-64 Anos > 65 Anos 0-14 Anos 15-24 Anos 25-64 Anos > 65 Anos
2001 131 130 548 302 11,8% 11,7% 49,3% 27,2%
2011 81 82 471 330 8,4% 8,5% 48,9% 34,2%

Referências

  1. «População residente, segundo a dimensão dos lugares, população isolada, embarcada, corpo diplomático e sexo, por idade (ano a ano)». Informação no separador "Q601_Norte". Instituto Nacional de Estatística. Consultado em 3 de Março de 2014. Cópia arquivada em 4 de dezembro de 2013 
  2. Instituto Nacional de Estatística (Recenseamentos Gerais da População) - https://www.ine.pt/xportal/xmain?xpid=INE&xpgid=ine_publicacoes
  Este artigo sobre freguesias portuguesas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.