Rinaldo Piscicello

Rinaldo Piscicello (Nápoles, 1415/1416 - Roma, 4 de julho de 1457) foi um cardeal do século XV.

Rinaldo Piscicello
Cardeal da Santa Igreja Romana
Arcebispo de Nápoles
Atividade eclesiástica
Diocese Arquidiocese de Nápoles
Nomeação 12 de maio de 1451
Predecessor Gaspare de Diano
Sucessor Giacomo Tebaldi
Mandato 1451 - 1457
Ordenação e nomeação
Nomeado arcebispo 12 de maio de 1451
Cardinalato
Criação 17 de dezembro de 1456
por Papa Calisto III
Ordem Cardeal-presbítero
Título Santa Cecília
Dados pessoais
Nascimento Nápoles
1415/1416
Morte Roma
4 de julho de 1457 (42 anos)
Nacionalidade italiano
dados em catholic-hierarchy.org
Cardeais
Categoria:Hierarquia católica
Projeto Catolicismo

Primeiros anos editar

Nasceu em Nápoles em 1415/1416. De uma família nobre. Filho de Nicola Piscicello e Maria d'Alagni. Era parente de Lucrécia d'Alagni, a favorita do rei Alfonso V de Aragão, que provavelmente impulsionou a sua carreira. Ele foi chamado de Cardeal de Nápoles.[1]

Vida pregressa editar

Prebendário e cânone do capítulo da catedral metropolitana de Nápoles. Vigário Geral da Arquidiocese. Apostólico protonotário.[1]

Sacerdócio editar

Ordenado (nenhuma informação adicional encontrada). Em 1440, o rei Alfonso I de Nápoles recomendou-o ao papa para a sé Catanzaro.[1]

Episcopado editar

Eleito arcebispo de Nápoles em 12 de maio de 1451. Consagrado (nenhuma informação encontrada). Consultor do rei de Nápoles. Reconstruiu a catedral metropolitana de S. Saverio de Nápoles, severamente danificada pelos terremotos de 5 e 30 de dezembro de 1456; os terremotos causaram 40.000 mortes. Abade comendador da abadia de S. Pietro all'Altare .[1]

Cardinalato editar

Criado cardeal sacerdote no consistório de 17 de dezembro de 1456; chegou a Roma em 20 de março de 1457; recebeu o chapéu vermelho e o título de Santa Cecília em 21 de março de 1457.[1]

Morreu em Roma em 4 de julho de 1457, “per incuria dei medici” (por negligência dos médicos). Seu corpo foi transportado para Nápoles em 1458 e sepultado em um túmulo de mármore próximo ao altar-mor da catedral metropolitana de Nápoles[1]

Referências

  1. a b c d e f «Rinaldo Piscicello» (em inglês). cardinals. Consultado em 30 de novembro de 2022