Rio Music Conference

Rio Music Conference ou simplesmente RMC é um encontro anual de música eletrônica e entretenimento, que teve início em 2009 no Rio de Janeiro, e que ocorre desde então todos os anos em diversas cidades brasileiras, com o objetivo de impulsionar o cenário da música eletrônica no país, sendo considerado como o maior evento do tipo na América do Sul. O encontro é dividido em duas etapas, a primeira se dá por meio de conferências e é voltada para negócios e desenvolvimento do mercado de música eletrônica, e a segunda, que encerra o evento, se dá por meio de festivais de música eletrônica, que reuni grandes nomes do cenário da e-music, bem como Tiësto, Afrojack e Alesso.[2]

Rio Music Conference
Logotipo do evento
Período de atividade 2009-presente
Número de edições 7[1]
Fundador(es) Claudio Rocha Miranda
Local(is) Rio de Janeiro, Brasília, Curitiba, Belém, São Paulo, Recife
 Brasil
Gênero(s) Música eletrônica
Página oficial riomusicconference.com.br

HistóriaEditar

O evento teve início em 2009 no Rio de Janeiro, fundado por Claudio Rocha Miranda, que também é diretor executivo do evento. Desde então vem ampliando a sua atuação com a realização de eventos regionais que já passaram por diversas cidades brasileiras, como Brasília, Curitiba, Belém, São Paulo e Recife.[2]

Presença do públicoEditar

Na edição de 2015 os organizadores estimaram a presença de mais de 120 mil pessoas durante todo o evento.[2]

ObjetivosEditar

A conferência tem como objetivo impulsionar a música eletrônica no Brasil, funcionando como um espaço para troca de informações e experiência, que reuni fãs do gênero e pessoas envolvidas no mercado e setor da música eletrônica no país.[2]

EtapasEditar

ConferênciaEditar

A Primeira etapa do evento é segmentada em duas, A Conferência propriamente dita, com palestras, workshops e speed coaching, e o Club Week, que oferecerá uma programação especial em todos os dias do evento.[1]

A conferência de 2015 contou com mais de 240 palestrantes nacionais e internacionais vindos de países como Estados Unidos, Holanda, Inglaterra, Índia, Chile, Espanha, México, Portugal, Alemanha, França e Canadá, para debaterem os rumos e oportunidades do mercado e setor da música eletrônica.[1]

O Club Week compreende num sistema que oferece aos inscritos uma programação especial durante os dias do evento, que dá direito à descontos e vantagens em várias casas noturnas e festas da cidade por onde passa o evento.[1]

FestivalEditar

 Ver artigo principal: Rio Music Carnival

A Segunda etapa do evento é o festival de música propriamente dito, que dura 5 dias, e a partir de 2015 passou a se chamar Rio Music Carnival, para deixar claro ao público a separação entre a parte de negócios (que compreende a primeira etapa do evento, isto é, as conferências) e de entretenimento (que é o festival de música em si, sendo a etapa que encerra o evento).[2]

O festival apresenta alguns dos principais DJs da cena eletrônica no mundo, bem como Tiësto, Alesso e o duo Dimitri Vegas & Like Mike.[1]

Portal de notíciasEditar

O Rio Music Conference possui também um portal de notícias em sua página oficial na internet, que oferece informações e notícias sobre o evento do RMC e o cenário da música eletrônica de modo geral.[3]

Ver tambémEditar

Referências

  1. a b c d e Rio Music Conference reúne palestras e festival de música eletrônica Veja Rio (3 de fevereiro de 2015). Visitado em 6 de fevereiro de 2015.
  2. a b c d e Stênio Ribeiro (4 de fevereiro de 2015). Começa no Rio o maior encontro de música eletrônica da América do Sul Agência Brasil. Visitado em 6 de fevereiro de 2015.
  3. Rio Music Conference Notícias Portal de notícias na Internet. Visitado em 6 de fevereiro de 2015.

Ligações externasEditar