Abrir menu principal
Robert Cabana
Nome completo Robert Donald Cabana
Nascimento 23 de janeiro de 1949 (70 anos)
Minneapolis, Estados Unidos
Nacionalidade Estados Unidos norte-americano
Progenitores Mãe: Annabell Cabana
Pai: Ted Cabana
Cônjuge Nancy Joan Shimer
Filho(s)
  • Jeffrey
  • Christopher
  • Sarah
Alma mater Academia Naval dos Estados Unidos em Annapolis
Ocupação
Serviço militar
Serviço Corpo de Fuzileiros Navais
dos Estados Unidos
Anos de serviço 1971–2000
Patente coronel
Condecorações Cruz de Voo Distinto
Entre outras
Carreira espacial
Astronauta da NASA
Tempo no espaço 37 dias, 22 horas, 42 minutos
Seleção Grupo 11 da NASA 1985
Missões
Insígnia da missão Insígnia da STS-41 Insígnia da STS-53 Sts-65-patch.png Insígnia da STS-88
Aposentadoria outubro de 1999
Prêmios Medalha de Serviço
Distinto da NASA

Robert Donald Cabana (Minneapolis, 23 de janeiro de 1949) é um ex-astronauta dos Estados Unidos, veterano de quatro missões ao espaço.

Carreira militarEditar

Formado em Matemática pela Academia Naval dos Estados Unidos em 1971, Cabana fez o curso básico do Corpo de Fuzileiros Navais dos Estados Unidos e completou treinamento de oficial-aviador naval na estação aeronaval de Pensacola, na Flórida, em 1972, servindo como navegador e bombardeador em caça-bombardeiros da marinha nos Estados Unidos e no Japão, até se qualificar como piloto de testes em 1981.

Completou um total de sete mil horas de voo em sua carreira de aviador militar em diferentes aeronaves, como o McDonnell Douglas A-4 Skyhawk e o A-6 Intruder.

Carreira espacialEditar

Cabana entrou para a NASA em 1985, completando o treinamento básico para astronautas em julho de 1986, quando se qualificou como piloto para futuras missões do ônibus espacial, e serviu dois anos no Centro Espacial Lyndon B. Johnson como subchefe de operações de aeronaves. Dos anos 1980 em diante, ele exerceu diversas atividades e cargos técnicas na Agência entre suas missões ao espaço, incluindo a representação da agência espacial americana junto à Agência Espacial Russa.

Em 6 de outubro de 1990 ele foi pela primeira vez ao espaço como piloto da missão STS-41 Discovery, que colocou a sonda interplanetária Ulysses em sua rota de quatro anos e meio para Júpiter, investigou o efeito da microgravidade nas plantas e estudou a radiação no espaço. Dois anos depois, voltou à órbita novamente na Discovery, na missão STS-53 que colocou em órbita carga secreta do Departamento de Defesa dos Estados Unidos e fez várias experiências de cunho militar no espaço.[1]

Em julho de 1994 participou de sua terceira missão, comandando a STS-65 Columbia, que realizou 82 experiências, de quinze países e seis agências espaciais diferentes de todo o mundo, no laboratório Spacelab transportado no compartimento de carga. Sua última missão espacial foi a primeira da Estação Espacial Internacional, em dezembro de 1998. A STS-88 Endeavour fez a ligação em órbita entre os módulos Unity norte-americano, levado ao espaço na nave, com o módulo russo Zarya, colocado em órbita dias antes por um foguete russo, dando início à primeira estrutura fixa do que será a ISS, além de colocar em órbita com sucesso o primeiro satélite artificial da Argentina. [1]

Após esta última missão, que deu a Cabana o total de 1010 horas passadas no espaço, ele se aposentou do serviço ativo de astronauta e passou a exercer funções técnicas e administrativas em cargos de direção na NASA.

Ver tambémEditar

Referências

  1. a b «Bio» (PDF). NASA. Consultado em 30 maio 2019