Abrir menu principal
Robert Frederick Christy
Nascimento 14 de maio de 1916
Vancouver
Morte 3 de outubro de 2012 (96 anos)
Pasadena
Nacionalidade Canadá Canadense, Estados Unidos estadunidense
Alma mater Universidade da Colúmbia Britânica, Universidade da Califórnia em Berkeley
Prêmios Medalha Eddington (1967)
Assinatura
Robert F. Christy signature.jpg
Orientador(es) Robert Oppenheimer
Instituições Instituto de Tecnologia de Illinois, Laboratório Nacional de Los Alamos, Instituto de Tecnologia da Califórnia
Campo(s) Física
Tese 1941: Cosmic-ray burst production and the spin of the mesotron

Robert Frederick Christy (Vancouver, 14 de maio de 1916Pasadena, 3 de outubro de 2012) foi um físico teórico e depois astrofísico canadense-estadunidense,[1] uma das últimas pessoas sobreviventes que trabalharam no Projeto Manhattan durante a Segunda Guerra Mundial. Foi por pouco tempo presidente do Instituto de Tecnologia da Califórnia.

Graduado pela Universidade da Colúmbia Britânica na década de 1930, onde estudou física, acompanhou George Volkoff, que tinha um ano a mais de estudos que ele, para a Universidade da Califórnia em Berkeley, onde foi admitido como estudante de doutorado por Robert Oppenheimer, o líder dos físicos teóricos dos estados Unidos na época. Obteve um doutorado em 1941 e começou a trabalhar no Departamento de Física do Instituto de Tecnologia de Illinois.


Referências

Ligações externasEditar