Abrir menu principal
Disambig grey.svg Nota: Este artigo é sobre o filme com Patrick Bergin. Para o filme com Kevin Costner, veja Robin Hood - O Príncipe dos Ladrões.
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde maio de 2013). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Robin Hood
No Brasil Robin Hood - O Herói dos Ladrões
Em Portugal Robin dos Bosques
 Estados Unidos ·  Canadá ·
 Reino Unido ·  Alemanha

1991 •  cor •  104 min 
Direção John Irvin
Roteiro Sam Resnick
John McGrath
baseado em história de Sam Resnick
Elenco Patrick Bergin
Uma Thurman
Jürgen Prochnow
Género aventura histórica
drama romântico
Idioma inglês
Página no IMDb (em inglês)

Robin Hood (prt: Robin dos Bosques[1]; bra: Robin Hood - O Herói dos Ladrões[2]) é um filme teuto-canadense-britânico-estadunidense de 1991 dirigido por John Irvin.

Foi feito no mesmo ano que outra versão da história do mítico herói inglês: Robin Hood: Prince of Thieves.

SinopseEditar

Ricardo Coração de Leão está em uma Cruzada e paralelamente há uma divisão interna na Inglaterra entre os saxões e os normandos, que detêm o poder. Neste contexto o nobre saxão Robert Hode (Patrick Bergin) defende um humilde camponês, que estava caçando em suas terras e sendo perseguido por isto, já que a lei não permitia. A pena pelo crime era cruel, e quem a aplicaria seria Sir Miles Folcanet (Jürgen Prochnow), um sádico normando. Esta intervenção obrigou Robert a se explicar para Roger Daguerre (Jeroen Krabbé), um barão que governa a região. Robert pede desculpas e assim resolve o problema, mas Folcanet faz de tudo para que o assunto não seja encerrado. Os ânimos se exaltam e Robert deixa seu sangue saxão falar mais alto que seu lado diplomático. Isto faz com que Daguerre confisque seus bens e o declare um fora da lei. Porém Robert foge e, usando o nome Robin Hood, juntamente com alguns amigos começam a combater Folcanet e Daguerre, que servem ao tirânico príncipe John (Edward Fox). Os feitos de Robin Hood são cantados e decantados por toda a Inglaterra e até mesmo a donzela Marian (Uma Thurman), que é sobrinha de Daguerre e noiva de Folcanet, acha que talvez o homem mais justo e íntegro da Inglaterra seja Robin.

ElencoEditar

 
Uma Thurman é Lady Marian


Referências