Abrir menu principal
Russólacos
Ruínas de Russólacos
Localização atual
Russólacos está localizado em: Creta
Russólacos
Localização do sítio de Russólacos
Coordenadas 35° 11' 42" N 26° 16' 31" E
País  Grécia
Região Creta
Unidade regional Lasíti
Localidade mais próxima Palecastro
Dados históricos
Fundação Minoano Antigo II (ca. 2 700 - 2 200 a.C.)
Abandono Minoano Recente IIIB (ca. 1 330 - 1 200 a.C.)
Início da ocupação Idade do Bronze
Civilização Minoica
Notas
Escavações 1902-1906; 1962-1963; 1983-atualmente)
Arqueólogos Robert C. Bosanquet
R. M. Dawkins
L. H. Sackett
M. R. Popham
J. A. MacGillivray
J. M. Driessen

Russólacos (em grego: Ρουσσόλακκος; transl.: Roussólakkos) foi uma importante cidade minoica, localizada próxima de Palecastro, em Creta. É a única cidade minoica que sobreviveu intacta. Esteve em uso do Minoano Antigo II ao Minoano Recente IIIB, no entanto havia sido destruída no século XVII a.C.[1] e posteriormente reconstruída. Seu porto, assentamentos periféricos, santuários e pedreiras estão preservados em sedimentos que se acumularam ao longo de mais de 2000 anos. Um templo de Zeus foi construído nas proximidades do promontório Elaia. Casas e ruas minoicas, e as oferendas do templo grego de Zeus Dicteu foram escavadas no sítio.[2]

Os primeiros registros escritos que documentam o culto de Zeus Dicteu em Russólacos vem do grego micênico Linear B encontrado em arquivos em Cnossos que datam do final da Idade do Bronze cretense (ca. 1 300 a.C.), contudo, arte sacra e arquitetura datadas de todos os períodos tem sido encontradas, sugerindo que o local era sagrado ao longo de sua história. Entre os artefatos mais bonitos, que atestam ao culto de Zeus Dicteu é uma única estatueta de ouro e marfim do deus feita em cerca de 1 500 a.C.[2]

ArqueologiaEditar

Russólacos foi primeiro escavada de 1902-1906 por Robert C. Bosanquet e R. M. Dawkins da Escola Britânica de Arqueologia de Atenas. O trabalho foi continuado por L. H. Sackett e M. R. Popham em 1962-1963, e atualmente é dirigido por J. A. MacGillivray, L. H. Sackett e J. M. Driessen desde 1983.

Logo ao sul de Russólacos está o Monte Petsophas, um santuário de pico que provavelmente tenha sido associado com a cidade. Inscrições em Linear A oferecidas em tabletes de Petsophas são designadas como PK para Palaikastro por Godart e Olivier.

Referências

  1. «Palaikastro» (em inglês) 
  2. a b «Roussolakkos» (em inglês) 
 
Sítio minoico de Russólacos.
 
Sítio minoico de Russólacos.