São Jorge da Beira

freguesia do Município da Covilhã, Portugal

São Jorge da Beira é uma freguesia portuguesa do município de Covilhã, com 23,05 km² de área[1] e 504 habitantes (censo de 2021)[2]. A sua densidade populacional é 21,9 hab./km².

Portugal Portugal São Jorge da Beira 
  Freguesia  
Localização
São Jorge da Beira está localizado em: Portugal Continental
São Jorge da Beira
Localização de São Jorge da Beira em Portugal
Coordenadas 40° 10' 04" N 7° 46' 54" O
Região Centro
Sub-região Beiras e Serra da Estrela
Distrito Castelo Branco
Município Covilhã
Código 050318
Administração
Tipo Junta de freguesia
Características geográficas
Área total 23,05 km²
População total (2021) 504 hab.
Densidade 21,9 hab./km²
Código postal 6225-000
Outras informações
Orago S. Jorge
Sítio http://www.cebola.net

Pertence à rede de Aldeias de Montanha.

Pelo decreto nº 43,263, de 21/10/1960, a freguesia de Cebola passou a denominar-se S. Jorge da Beira

Localização no Município de Covilhã

Demografia

editar

A população registada nos censos foi:[2]

População da freguesia de São Jorge da Beira[3]
AnoPop.±%
1864 463—    
1878 561+21.2%
1890 664+18.4%
1900 788+18.7%
1911 1 276+61.9%
1920 1 203−5.7%
1930 1 224+1.7%
1940 3 253+165.8%
1950 3 422+5.2%
1960 3 306−3.4%
1970 1 718−48.0%
1981 1 572−8.5%
1991 1 063−32.4%
2001 694−34.7%
2011 633−8.8%
2021 504−20.4%
Distribuição da População por Grupos Etários[4]
Ano 0-14 Anos 15-24 Anos 25-64 Anos > 65 Anos
2001 65 79 351 199
2011 43 41 287 262
2021 27 24 166 287

Localização

editar

Localizada a 50 Km no extremo oeste da sede de concelho, Covilhã, no centro interior de Portugal, está São Jorge da Beira, aldeia situada numa das vertentes da serra do Açor. Sendo sede de freguesia há que destacar as suas anexas:

  • Panasqueira;
  • Cambões;
  • Vale da Cerdeira;
  • Casal de Santa Teresinha;

Economia

editar

Devido à sua interioridade, à situação precária das Minas da Panasqueira, a ser uma zona montanhosa e às fracas vias de acesso, a freguesia tem sofrido bastante, aumentando o desemprego e como tal a emigração.

As minas, já com mais de cem anos, foram uma fonte de imigração para a região, denominada "couto mineiro". Acorreram ao couto mineiro pessoas de todo o país, para aí trabalharem. Evidentemente que ao chegarem, essas pessoas instalavam-se, não só na em São Jorge da Beira, mas também nas aldeias próximas, como a Barroca Grande e a Aldeia de São Francisco de Assis. No caso concreto de São Jorge da Beira, podemos notar que esses imigrantes teriam dificuldade em instalar-se na localidade e por isso "criavam" o seu próprio bairro. Prova disto é que o bairro a que actualmente se chama Porto, chamou-se outrora Minho, pois as pessoas vindas do norte do país aí se instalavam.

História

editar

A freguesia de São Jorge da Beira (antigamente denominada Cebola[5]) espraia-se na vertente da serra do Picoto de Cebola. Desconhecemos as origens de São Jorge da Beira. No entanto, pensa-se ser uma povoação antiga. Uma terra de pastores, carvoeiros, ferreiros. Terá servido de entreposto comercial de segunda categoria às rotas comerciais que pela Serra de Cebola passavam (Rota da , Rota do Sal, Carvão…).

O topónimo Cebola é referido num documento do século XIII, mais precisamente no ano de 1245:

Nesta doação à Ordem do Templo e em referência ao seu limite geográfico é escrito:

Séculos mais tarde, novamente há referências à Serra de Cebola. Nos inícios do Século XVI (1503/1507) aquando da vinda dos frades à região para verificação do estado dos bens da Comenda e no relatório que fizeram refere-se:

Cebola é referida num documento de 21 de Outubro de 1719 onde são referidas as formas de pagamento dos dízimos à Comenda:

Também Cebola foi palco de escaramuças entre Miguelistas e Liberais, a chamada Revolta da Serra. Sobre as datas de 24 e 25 de Outubro de 1837:

Património

editar
  • Igreja de S. Jorge (matriz)
  • Capelas de Nossa Senhora de Fátima e de Nossa Senhora da Guia (com respectivo parque)
  • Capela de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro (Casal de Santa Terezinha)
  • Cruzeiros
  • Moinhos de água
  • Minas da Panasqueira
  • Parque do Betorel

Cultura

editar
  • Casa-Museu de São Jorge da Beira

Principais festas religiosas

editar
  • Festa da Nossa Senhora das Dores (Festa dos Mineiros) - Fim de Semana do 3º Domingo de Julho
  • São Sebastião (Bodo) - 20 Janeiro
  • São Jorge - 23 de Abril

Referências

  1. «Carta Administrativa Oficial de Portugal CAOP 2013». descarrega ficheiro zip/Excel. IGP Instituto Geográfico Português. Consultado em 10 de dezembro de 2013. Arquivado do original em 9 de dezembro de 2013 
  2. a b Instituto Nacional de Estatística (23 de novembro de 2022). «Censos 2021 - resultados definitivos» 
  3. Instituto Nacional de Estatística (Recenseamentos Gerais da População) - https://www.ine.pt/xportal/xmain?xpid=INE&xpgid=ine_publicacoes
  4. INE. «Censos 2011». Consultado em 11 de dezembro de 2022 
  5. «Cebola ou São Jorge da Beira? Jornal Notícias da Covilhã - O semanário mais antigo do Distrito de Castelo Branco». www.noticiasdacovilha.pt. Consultado em 21 de março de 2011 
  6. a b Professor Gabriel dos Santos, I – IN ILLO TEMPORE (Cronologia Sobralense)

Bibliografia

editar
  • "O Mineiro" nº 98, de 8 de Janeiro de 1951 - trabalho que serviu de base à elaboração de uma extensa reportagem sobre esta freguesia, publicada no jornal «Notícias da Covilhã» de 7 de Agosto de 1992
  • Conclusões do Colóquio sobre Desenvolvimento Regional e Local, S. Jorge da Beira, 17 de Março de 1991

Fonte do texto

editar

Este artigo incorpora texto do sítio «Memória Portuguesa» , verbete São Jorge da Beira, obtido a 2011-03-21 e disponibilizado sob licença GFDL.

Ligações externas

editar
  Este artigo sobre freguesias portuguesas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.