Abrir menu principal
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Lázaro (desambiguação).
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde abril de 2017). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
São Lázaro
Lázaro sai da sua tumba por Juan de Flandes (1500)
Veneração por Igreja Católica, Igreja Ortodoxa, Igreja Anglicana, Igreja Luterana
Festa litúrgica 29 de Julho ou 17 de Dezembro
Gloriole.svg Portal dos Santos

Lázaro de Betânia é uma personagem bíblico descrito no Evangelho segundo João como um amigo que Jesus teria ressuscitado, irmão de Marta e de Maria. Seu nome provavelmente do grego corresponde ao hebraico Eleazar (אלעזר), e significa literalmente "Deus ajudou".

De acordo com tradição católica, o Lázaro ressuscitado teria se dirigido à Provença depois da morte de Jesus em companhia de suas irmãs e de outras pessoas. Ele também teria sido o primeiro bispo de Marselha. Esta versão, porém, é contestada por historiadores [1]. Segundo registros históricos mais completos [2], para escapar da perseguição, Lázaro teria se dirigido para Chipre, se estabelecendo na então cidade de Cítio, hoje Lárnaca, encontrando-se com o apóstolo Paulo, tendo vivido por 30 anos e morrido de velhice. Sua tumba original, feita de mármore, estava localizada no local onde hoje está a igreja de São Lázaro (Igreja de São Lázaro em Lárnaca). De acordo com os registros históricos, os restos mortais de Lázaro foram levados para Constantinopla por ordem do Imperador Leo VI. Porém, em 1972 foram encontrados remanescentes dos restos mortais de Lázaro escondidos na igreja atual. O local onde estes remanescentes foram encontrados está hoje preservado sob a igreja e está aberto para visita.

Na Idade Média tornou-se o padroeiro dos leprosos pela associação errada feita com seu homônimo, Lázaro (mendigo e leproso), narrado na parábola mencionada por Lucas - Parábola do Lázaro e do Rico.

Sua ressurreiçãoEditar

 Ver artigo principal: Ressurreição de Lázaro

Representações FiccionaisEditar

No seu romance histórico, O Evangelho Segundo Lázaro, Richard Zimler explora uma amizade muito particular, a que une Jesus e Lázaro, desde os tempos em que eram ambos crianças. O livro foi caracterizado pelo jornal Público como "o romance mais completo e magistral de Zimler".

Referências

  1. «San Lázaro de Betania» (em espanhol). Consultado em 26 de dezembro de 2011. Arquivado do original em 6 de abril de 2010 
  2. «Saint Lazarus in the East Through the Scriptures and Tradition» (em inglês). Consultado em 26 de dezembro de 2011. Arquivado do original em 20 de fevereiro de 2012 
  Este artigo sobre a biografia de um santo, um beato ou um religioso é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Lázaro