São Malo

São Malo
Nascimento 27 de março de 487
Glamorgan
Morte 15 de novembro de 565 (78 anos)
Archingeay
Cidadania País de Gales, Bretanha
Ocupação sacerdote
Religião Igreja Católica

Malo (também conhecido como Maclou; em latim, como Maclovius ou Machutus; Glamorgan, 27 de março de 487 – Archingeay, 15 de novembro de 565) foi, no século VI, o fundador da cidade de Saint-Malo, na Bretanha, França. Ele é um dos sete santos fundadores da Bretanha.

Detalhes da carreira de Malo são preservados em três histórias medievais, que parecem incluir incidentes associados com várias pessoas diferentes de nomes semelhantes. Apesar dessa confusão, parece que Malo nasceu por volta do ano 520, provavelmente no País de Gales.

Seu nome pode derivar de machlou, da língua bretã antiga, um composto de mach - "garantia, refém" - e lou (ou loh) - "brilhante, brilhante, bonito".[1]

Viagens com São BrandãoEditar

Acredita-se que Malo foi batizado por São Brandão e se tornou seu discípulo favorito.[2] No entanto, sérias dúvidas têm sido levantadas quanto a autenticidade deste período de sua vida. Ele pode ter sido um daqueles especialmente selecionados por esse homem santo para sua viagem.

Tradicionalmente, foi na Abadia Llancarfan que São Brandão e seu discípulo, Malo, com vários outros companheiros, estabeleceram a descoberta da "Ilha Bem-Aventurada". Ele então colocou ao mar em uma segunda viagem e visitou a ilha de Cézembre, em frente ao largo de St Malo, onde permaneceu por algum tempo. Supostamente, Maclovius era um gigante morto, que Brandão ressuscitou através de sua santidade. Brandão que o batizou, antes de permitir-lhe a voltar a ser morto.[3]

Referências

  1. Léon Fleuriot, Les Origines de la Bretagne, ed. Payot, 1982, p. 150 and 281.
  2.   Herbermann, Charles, ed. (1913). «St. Machutus». Enciclopédia Católica (em inglês). Nova Iorque: Robert Appleton Company 
  3. Ramsay, Raymond (1972). No Longer on the Map. New York: Viking Press. p. 81. ISBN 0-670-51433-0 
  Este artigo sobre a biografia de um santo, um beato ou um religioso é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.