Abrir menu principal
Automotora ME 53, parqueada na Estação de Viseu.

A Série 9050, originalmente denominada de Série ME 50, foi um tipo de automotora, que esteve ao serviço da Companhia dos Caminhos de Ferro Portugueses.

Interior de uma das automotoras, em 1940.

DescriçãoEditar

Em 1941, a Companhia de Caminhos de Ferro do Vale do Vouga, entidade responsável pela exploração da Linha do Vouga, decide construir mais material circulante para transporte de passageiros, de forma a aumentar os serviços disponíveis. Assim, foram construídas, entre 1941 e 1947, 5 automotoras nas Oficinas do Vale do Vouga, em Sernada do Vouga, utilizando motores de camiões Chevrolet.

Estas automotoras depressa ganharam aceitação por parte dos passageiros, devido à sua velocidade e comodidade. Desconhece-se em que altura foram abatidas, mas sabe-se que ainda se encontravam ao serviço na Década de 1980[1].

Ficha técnicaEditar

 
Automotora ME 54, em Espinho.

Informações diversasEditar

Serviços: Regional

Ano de Entrada ao Serviço: 1941 - 1947

Bitola de Via: 1000 mm

Número de cabinas de condução: 1

Comando em unidades múltiplas: A Série não permite a formação de unidades múltiplas

Comprimento: 8,72 metros

Número de unidades construídas: 5

Lotação (passageiros): 10 na 1ª classe; 15 na 2ª classe; 5 de pé

Motor de tracçãoEditar

Fabricante: Chevrolet

Velocidade Máxima: 89 km/h

Tipo e número de motores: 1 motor Chevrolet D.C.M. 118 216

Potência (rodas): 90 Cv

TransmissãoEditar

Tipo: Cardan de 4 velocidades + marcha à ré

Lista de unidadesEditar

Referências

Ver tambémEditar

 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre as automotoras da Série 9050

Ligações externasEditar