Abrir menu principal
Automotora ME 53, parqueada na Estação de Viseu.

A Série 9050, originalmente denominada de Série ME 50, foi um tipo de automotora, que esteve ao serviço da Companhia dos Caminhos de Ferro Portugueses.

Índice

DescriçãoEditar

Em 1941, a Companhia de Caminhos de Ferro do Vale do Vouga, entidade responsável pela exploração da Linha do Vouga, decide construir mais material circulante para transporte de passageiros, de forma a aumentar os serviços disponíveis. Assim, foram construídas, entre 1941 e 1947, 5 automotoras nas Oficinas do Vale do Vouga, em Sernada do Vouga, utilizando motores de camiões Chevrolet.

Estas automotoras depressa ganharam aceitação por parte dos passageiros, devido à sua velocidade e comodidade. Desconhece-se em que altura foram abatidas, mas sabe-se que ainda se encontravam ao serviço na Década de 1980[1].

Ficha técnicaEditar

 
Automotora ME 54, em Espinho.

Informações diversasEditar

Serviços: Regional

Ano de Entrada ao Serviço: 1941 - 1947

Bitola de Via: 1000 mm

Número de cabinas de condução: 1

Comando em unidades múltiplas: A Série não permite a formação de unidades múltiplas

Comprimento: 8,72 metros

Número de unidades construídas: 5

Lotação (passageiros): 10 na 1ª classe; 15 na 2ª classe; 5 de pé

Motor de tracçãoEditar

Fabricante: Chevrolet

Velocidade Máxima: 89 km/h

Tipo e número de motores: 1 motor Chevrolet D.C.M. 118 216

Potência (rodas): 90 Cv

TransmissãoEditar

Tipo: Cardan de 4 velocidades + marcha à ré

Lista de unidadesEditar

Referências

Ver tambémEditar

 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre as automotoras da Série 9050

Ligações externasEditar