Abrir menu principal
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde junho de 2009). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Séries químicas

Série química é um conjunto de elementos químicos cujas propriedades variam progressivamente do início ao fim da série. As séries foram descobertas antes da Tabela Periódica.[1]

Inicialmente os elementos químicos foram classificados segundo suas propriedades físicas: metais, não metais e gases nobres.Porém, com o desenvolvimento do conhecimento da estrutura atômica criou-se uma classificação baseada na configuração eletrônica dos elementos. Esta nova organização distribuiu os elementos em quatro séries, denominadas séries químicas.

As séries químicas são: gases nobres, elementos representativos (típicos), metais (ou elementos) de transição e metais (ou elementos) de transição interna.


Índice

Gases nobresEditar

São os elementos localizados no grupo 18 ( 8A ou 0 ) da tabela periódica. Apresentam todos os subníveis do último nível de energia preenchidos:

nnp6 , onde n é o número quântico principal do último nível de energia.

O hélio é um gás nobre cuja configuração ocupa um único nível de energia : 1s² .

Portanto, são elementos do bloco p, exceto o hélio que pertence ao bloco s.

Elementos representativosEditar

 Ver artigo principal: Elemento químico representativo

São os elementos que apresentam apenas o último nível de energia incompleto.

A configuração eletrônica dos elementos representativos apresentam o último nível com a seguinte distribuição:

ns¹;
ns², ou
nnp1 a 5 , onde n é o número quântico principal do último nível de energia.

Pertencem a série dos elementos representativos:

Observação: Os elementos das famílias:

apesar de apresentarem configurações eletrônicas características de elementos representativos são considerados ,devido as suas propriedades químicas , como elementos de transição.

Metais (ou elementos) de transiçãoEditar

 Ver artigo principal: Metal de transição

Também conhecidos como elementos de transição externa, são os elementos químicos que apresentam o subnível d incompleto no penúltimo nível ( n - 1 )de energia e, geralmente, o último nível com subnível s completo com dois elétrons.

Apresentam a seguinte configuração eletrônica:

( n - 1 )d1 a 9 n

ou mais raramente:

( n - 1 )d1 a 9 n
( n - 1 )d1 a 9

Dependendo do período onde estão localizados os elementos de transição, tem-se:

  • Primeira série de transição: elementos que variam o número atômico 21 a 30
  • Segunda série de transição: elementos que variam o número atômico 39 a 48
  • Terceira série de transição: elementos que variam o número atômico 72 a 80
  • Quarta série de transição: elementos que variam o número atômico 104 a 112

Metais (ou elementos) de transição internaEditar

 Ver artigo principal: Metal de transição interna

São os elementos químicos que apresentam subnível f incompleto no antepenúltimo nível de energia ( n - 2 ), subnível d geralmente incompleto no penúltimo nível ( n - 1 ) e subnível s com dois elétrons no último nível.

Genericamente apresentam a configuração eletrônica:

( n - 2 )f1 a 13 ( n - 1 )d1 a 10 (n)s² ou seja, o próximo número será sempre menor que o anterior


Dependendo do período onde estão localizados os elementos de transição interna, tem-se:

  • Lantanóides: São os elementos de transição interna localizados no sexto período. O subnível f incompleto está localizado no 4º nível eletrônico:
4 f1 a 13 5 d1 a 10 6 s².

São os elementos com Z de 57 a 71.

  • Actinóides: São os elementos de transição interna localizados no sétimo período. O subnível f incompleto está localizado no 5º nível eletrônico:
5 f1 a 13 6 d1 a 10 7 s².

São os elementos com Z de 89 a 103.

Ver tambémEditar

Referências

  1. Predefinição:RedBook2005 Retrieved 10 June 2012.