Söderhamn

Söderhamn (Nuvola apps arts.svg PRONÚNCIA) é uma cidade sueca situada na província histórica da Hälsingland, na região histórica da Norrland, no norte do país. É a sede da comuna de Söderhamn, pertencente ao condado de Gävleborg.[1]

Suécia Söderhamn 
  Cidade  
Prefeitura de Söderhamn
Prefeitura de Söderhamn
Localização
Söderhamn está localizado em: Suécia
Söderhamn
Localização de Söderhamn
Coordenadas 61° 18' 30" N 17° 3' 9" E
Região Norlândia
Província Hälsingland
Condado Gävleborg
Comuna Ljusdal
História
Fundação 1150
Características geográficas
População total (2005) 12 000 hab.

Está localizada num fiorde da costa do mar Báltico, a 70 km a norte da cidade de Gävle.[2] Sua população é de aproximadamente 12 000 habitantes.[3][4]

EtimologiaEditar

O nome geográfico Söderhamn deriva das palavras söder (sul) e hamn (porto), significando ”porto do sul”, em oposição a Norra hamnen ("porto do norte").[5] A cidade está mencionada como Södre hampn, em 1552.[6]

HistóriaEditar

Já na Idade Média havia uma povoação em Söderhamn com um porto de pesca e de comércio, defendido por uma fortificação. Na região havia artesãos dispersos que se dedicavam ao fabrico de armas nas suas forjas. Em 1620 foi organizada no local uma fatoria para concentrar a produção de espingardas (Söderhamns gevärsfaktori). No mesmo ano a localidade recebeu os seus ”privilégios de cidade” (stadsprivilegier), pela mão do rei Gustavo Adolfo II.
Com o envolvimento da Suécia na Grande Guerra do Norte, a costa da Norrland foi atacada em 1721 pela frota imperial russa, tendo uma série de cidades - entre as quais Söderhamn - sido devastadas e incendiadas pelas forças russas. As hostilidades acabaram finalmente pelo tratado de Nystad, e a cidade voltou a ser reconstruída.
A meio do século XIX, a cidade atravessou um período de grande desenvolvimento, impulsionado pelas serrações existentes na área e pela chegada das comunicações ferroviárias à região. No século XX, uma crise atingiu a indústria da madeira, e o crescimento estagnou até à década de 1940. A resposta à crise incluiu a criação do "Esquadrão da Hälsingland" (Hälsinge flygflottilj) e a abertura de uma fábrica de equipamentos de telefonia pela empresa Ericsson.[7][2][6][8]

EconomiaEditar

A economia de Söderhamn está tradicionalmente dominada pela indústria da madeira e da polpa de celulose, a par da indústria metalomecânica. Dispõe de importante porto e aeroporto.[1][2][6] Entre as empresas de destaque está Stora Enso Timber.[1]

JornaisEditar

  • Söderhamnskuriren (Correio de Söderhamn)

Clubes desportivosEditar

  • Broberg/Söderhamn Bandy (bandy)
  • Söderhamns UIF (ténis de mesa)
  • Söderhamns FF (futebol)


Referências

  1. a b c «Söderhamn» (em sueco). Nationalencyklopedin (Enciclopédia Nacional Sueca). Consultado em 20 de junho de 2021 
  2. a b c «Söderhamn» (em norueguês). Store norske leksikon (Grande Enciclopédia Norueguesa). Consultado em 20 de junho de 2021 
  3. Ernby, Birgitta; Martin Gellerstam, Sven-Göran Malmgren, Per Axelsson, Thomas Fehrm (2001). «Söderhamn». Norstedts första svenska ordbok (em sueco). Estocolmo: Norstedts ordbok. p. 661. 793 páginas. ISBN 91-7227-186-8 
  4. «Söderhamn». Norstedts uppslagsbok (Enciclopédia Norstedts) (em sueco). Estocolmo: Norstedts. 2007-2008. p. 1277. 1488 páginas. ISBN 9789113017136 
  5. Pamp, Bengt (1988). «Söderhamn». Ortnamnen i Sverige (Nomes de localidades da Suécia) (em sueco). Lund: Studentlitteratur. p. 310. 199 páginas. ISBN 91-44-01535-6 
  6. a b c «Söderhamn». Norstedts uppslagsbok (Enciclopédia Norstedts) (em sueco). Estocolmo: Norstedts. 2007-2008. p. 1277. 1488 páginas. ISBN 9789113017136 
  7. «Söderhamn» (em sueco). Stads- och kommunhistoriska institutet (Instituto de história das cidades e comunas). Consultado em 20 de junho de 2021 
  8. «Stadsvandring i Söderhamn» (em sueco). Visit Söderhamn. Consultado em 20 de junho de 2021 

Ligações externasEditar