Abrir menu principal

San Giacomo in Augusta

Igreja de São Tiago dos Incuráveis
San Giacomo degli Incurabili
Fachada
Estilo dominante Barroco
Arquiteto Francesco da Volterra e Carlo Maderno
Início da construção 1592
Fim da construção 1600
Religião Igreja Católica
Diocese Diocese de Roma
Ano de consagração século XIV
Website Site oficial
Geografia
País Itália
Região Roma
Local Rione Campo Marzio
Coordenadas 41° 54' 28" N 12° 28' 38" E

San Giacomo in Augusta ou Igreja de São Tiago em Augusta, chamada também de San Giacomo degli Incurabili ou Igreja de São Tiago dos Incuráveis, é uma igreja titular de Roma, Itália, localizada na Via del Corso, a aproximadamente três quarteirões ao sul da Piazza del Popolo, no rione Campo Marzio, quase em frente de Santissimi Nomi di Gesù e Maria in Via Lata.

Em 22 de fevereiro de 2014, o papa Francisco elevou San Giacomo in Augusta como uma nova igreja titular. O primeiro cardeal-presbítero protetor do título de São Tiago em Augusta é Chibly Langlois, bispo de Les Cayes, no Haiti.

HistóriaEditar

Uma igreja foi construída no local em 1339 pelo cardeal Giovanni Colonna, juntamente com um hospital para os "incurabili" ("incuráveis"), o que deu origem ao seu nome (o sufixo "in Augusta" é uma referência ao vizinho Mausoléu de Augusto). Em 1515, o hospital estava em estado de abandono, mas, em poucas décadas, reabriu, sob a supervisão de duas duas ordens religiosas, com o objetivo de curar os doentes afligidos pela sífilis. O papa Nicolau V (r. 1447–1455) o deixou sob os cuidados da Companhia de Santa Maria del Popolo, uma ordem que era patrocinada pelo cardeal florentino Antonio Maria Salviati, que encomendou a reconstrução da igreja. A nova igreja, em formato oval, começou a ser construída sob o comando de Francesco da Volterra em 1592. Quando ele morreu, a fachada e a maior parte da decoração interna foram completadas por Carlo Maderno, que trabalhou no local até 1600.

InteriorEditar

O interior abriga um baixo-relevo de "Santo Antônio de Pádua e a Virgem intervindo pelos Enfermos" de Pierre Le Gros, o Jovem na segunda capela. Nas paredes estão grandes pinturas de Giuseppe Passeri.

O altar da primeira capela à direita exibe uma "Ressurreição", do pintor maneirista Cristoforo Roncalli (Il Pomarancio). Na segunda está um baixo-relevo em mármore de Le Gros, "São Francisco de Paula em Oração". Le Gros também colaborou para o término do trabalho em estuque da nave. Na terceira capela está "Batismo de Jesus", de Domenico Passignano. A "Última Ceia" foi pintada por Giovanni Battista Novara (Giovanni Battista Ricci). A "História de Melquisedeque" e a "História do Maná no Deserto" foram pintadas por Vespasiano Strada.

Na primeira capela à esquerda está uma "Natividade", de Antiveduto Grammatica. A estátua de "São Tiago" é de Ippolito Buzi. Na terceira capela estão diversas pinturas de Francesco Zucchi.

GaleriaEditar

BibliografiaEditar

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre San Giacomo in Augusta