Abrir menu principal
Basílica de São Pancrácio
San Pancrazio
Fachada da igreja
Início da construção século VI
Fim da construção século XVII
Religião Igreja Católica
Diocese Diocese de Roma
Website Site oficial
Geografia
País Itália
Região Roma
Local Via San Pancrazio
Coordenadas 41° 53' 06" N 12° 27' 14" E

San Pancrazio ou Basílica de São Pancrácio (em latim: S. Pancratii) é uma basílica menor e igreja titular fundada no século VI pelo papa Símaco em Roma, Itália. Ela está localizada na Via San Pancrazio, depois da Porta San Pancrazio, que atravessa a Muralha Aureliana na região do Janículo.

O cardeal-presbítero do título de São Pancrácio (Titulus S. Pancratii) é Antonio Cañizares Llovera, arcebispo de Valência. Entre os titulares anteriores estão o papa Paulo IV (1537) e o papa Clemente VIII (1585–1592).

Índice

HistóriaEditar

A basílica foi construída pelo papa Símaco (r. 498–514) no local onde o corpo do jovem mártir São Pancrácio foi enterrado. No século XVII, o edifício foi doado aos carmelitas descalços, que o remodelaram completamente. Novas reformas ocorreram no século XIX, mas ainda é possível vislumbrar a fachada simples de tijolos do final do século XV, com o brasão do papa Inocêncio VIII[1].

Abaixo da igreja está a grande Catacumba de São Pancrácio ("Catacombe di S. Pancrazio" ou "di Ottavilla"), a qual se acessa por uma entrada próxima ao vizinho "Museo di S. Pancrazio", que preserva fragmentos de esculturas e inscrições pagãs e paleocristãs[1].

GaleriaEditar

Referências

  1. a b Touring Club Italiano, Roma e dintorni (Milan, 1965) p. 455.

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre San Pancrazio (Roma)