Abrir menu principal

Santa Croce a Via Flaminia

(Redirecionado de Santa Croce in Via Flaminia)
Basílica da Santa Cruz na Via Flamínia
Santa Croce a Via Flaminia
Fachada da igreja
Arquiteto Aristide Leonori
Fim da construção 1914
Religião Igreja Católica
Diocese Diocese de Roma
Ano de consagração 1918
Website Site oficial
Geografia
País Itália
Região Roma
Local Via Flamínia
Coordenadas 41° 53' 04" N 12° 28' 47" E

Santa Croce a Via Flaminia ou Basílica da Santa Cruz na Via Flamínia é uma igreja titular e basílica menor localizada na Via Flamínia, no quartiere Flaminio de Roma, e de dedicada à Santa Cruz.

O cardeal-presbítero protetor do título de Santa Cruz na Via Flaminia, desde de 19 de novembro de 2016, é o Cardeal Sérgio da Rocha, atual arcebispo de Brasília.

HistóriaEditar

A igreja foi construída em 1913 pelo arquiteto Aristide Leonori por encomenda do papa Pio X (r. 1903–1914) para celebrar o 1600º aniversário do Édito de Milão, que legalizou o cristianismo no Império Romano. No estilo de uma basílica romana, sua fachada está decorada por mosaicos de Biagio Biagetti e é precedida por um pórtico sustentado por seis colunas jônicas. O campanário tem cinco andares.

O interior é composto de três naves separadas por seis colunas de granito bávaros de cada lado.

Aberta em 12 de julho de 1914, Santa Croce foi entregue à Congregação dos Sagrados Estigmas de Nosso Senhor Jesus Cristo (estigmatinos), mas só foi consagrada em 1918 numa cerimônia celebrada pelo arcebispo Giuseppe Pallica. O papa papa Paulo VI elevou-a ao status de basílica menor em 1964[1].

GaleriaEditar

Referências

  1. «Basilica di Santa Croce in Via Flaminia» (em inglês). GCatholic.org 

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Santa Croce a Via Flaminia