Abrir menu principal
Como ler uma infocaixa de taxonomiaScissurelloidea
Scissurelloidea da espécie Scissurella mantelli (família Scissurellidae), um nomen dubium, tendo sido classificada como Anatoma mantelli (família Anatomidae) e guardando semelhança com conchas deste gênero,[1][2] com sua concha turbiforme, de fenda aberta e selenizona localizada na periferia das voltas.[3]
Scissurelloidea da espécie Scissurella mantelli (família Scissurellidae), um nomen dubium, tendo sido classificada como Anatoma mantelli (família Anatomidae) e guardando semelhança com conchas deste gênero,[1][2] com sua concha turbiforme, de fenda aberta e selenizona localizada na periferia das voltas.[3]
Scissurelloidea da espécie Sukashitrochus dorbignyi (família Scissurellidae).[4]
Scissurelloidea da espécie Sukashitrochus dorbignyi (família Scissurellidae).[4]
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Mollusca
Clado: Vetigastropoda
Classe: Gastropoda
Superfamília: Scissurelloidea[5]
Gray, 1847[5]
Famílias
ver texto

Scissurelloidea é uma superfamília de pequenos moluscos gastrópodes marinhos, proposta por Gray em 1847 e pertencentes ao clado Vetigastropoda. Atualmente compreende quatro famílias, com dezenas de espécies descritas.[5]

Características da conchaEditar

Todos os moluscos da superfamília Scissurelloidea são caracterizados por apresentar dimensões de menos de seis milímetros, em sua maioria (geralmente são de pouco menos de um a quase dois milímetros),[6] podendo atingir até um centímetro.[7] Suas conchas são de forma globular, por vezes com a espiral achatada,[8] com umbílico visível e de cor branca, translúcidas, com relevo de estrias ou retículo aparente[9][10] e com uma fenda na margem da abertura[11] (como ocorre em Pleurotomariidae),[12] ou com um forame (abertura com forma de furo, presente em gêneros como Sukashitrochus[13] e Sinezona)[10][14] atrás da margem do lábio externo; deixando uma cicatriz denominada selenizona, preenchida pelo manto, quando a concha cresce, tanto em conchas com furo quanto em conchas com fenda.[6][12] O canal, ou abertura, da borda da concha é usado para permitir que as águas residuais de sua excreção escapem da câmara do manto.[6] Apresentam uma fina camada de nácar, em seu interior, e um opérculo córneo,[9] circular e multispiral, com núcleo central.[15] Ocorrem conchas sem selenizona ou forame, mas são mais raras.[16]

DistribuiçãoEditar

As espécies de Scissurelloidea são distribuídas em todos os oceanos, desde a zona entremarés até profundidades abissais, incluindo regiões de fontes hidrotermais.[6]

Taxonomia de ScissurelloideaEditar

Há mais de 150 espécies descritas de moluscos Scissurelloidea, mas sua diversidade está longe de ser completamente avaliada[20] e o monofiletismo das espécies ainda é questionável.[7]

Durante os séculos XIX e XX os Scissurelloidea estiveram representados unicamente pela família Scissurellidae. Em 2003, havia cerca de vinte e cinco gêneros, divididos em cinco subfamílias da família Scissurellidae (Scissurellinae, Anatominae, Sutilizoninae, Temnocinclinae e Larocheinae).[21] Três destas subfamílias, mais tarde, foram atualizadas para o nível familiar.[5]

De acordo com a taxonomia de Gastropoda (Bouchet & Rocroi, 2005), a família Scissurellidae era constituída por duas subfamílias: Scissurellinae (Gray, 1847) e Larocheinae (Finlay, 1927); além de conter a família Anatomidae (McLean, 1989).[22] Posteriormente Larocheinae se tornou a família Larocheidae.[5]

Geiger (2009), ao descrever uma segunda espécie do gênero, elevou Depressizona à categoria familiar, como família Depressizonidae.[3]

Classificação de ScissurelloideaEditar

A seguir, a classificação das famílias e gêneros de Scissurelloidea, de acordo com o WoRMS.[5]

  • Família Anatomidae McLean, 1989
    • Anatoma Woodward, 1859 (sinônimos: Hainella, Schizotrochus e Thieleella)[2]
    • Sasakiconcha Geiger, 2006
  • Família Depressizonidae Geiger, 2003[3]
    • Depressizona Geiger, 2003[3]
  • Família Larocheidae Finlay, 1927
    • Bathyxylophila B. A. Marshall, 1988
    • Larochea Finlay, 1927
    • Larocheopsis B. A. Marshall, 1993
    • Trogloconcha Kase & Kano, 2002
  • Família Scissurellidae Gray, 1847

Referências

  1. «Scissurella mantelli Woodward, 1859» (em inglês). World Register of Marine Species. 1 páginas. Consultado em 26 de abril de 2016 
  2. a b «Anatoma agulhasensis (J. Thiele, 1925)» (em inglês). Gastropods. 1 páginas. Consultado em 26 de abril de 2016 
  3. a b c d Geiger, Daniel L. (2003). «A new species of Depressizona and the family rank of Depressizonidae» (PDF) (em inglês). Zootaxa. 1 páginas. Consultado em 26 de abril de 2016 
  4. «Sukashitrochus dorbignyi (Audouin, 1826)» (em inglês). World Register of Marine Species. 1 páginas. Consultado em 26 de abril de 2016 
  5. a b c d e f «Scissurelloidea» (em inglês). World Register of Marine Species. 1 páginas. Consultado em 26 de abril de 2016 
  6. a b c d «Families Anatomidae and Scissurellidae» (em inglês). Seashells of New South Wales (Austrália). 1 páginas. Consultado em 26 de abril de 2016 
  7. a b Geiger, Daniel L.; Jansen, Patty (4 de novembro de 2004). «New species of Australian Scissurellidae (Mollusca: Gastropoda: Vetigastropoda) with remarks on Australian and Indo-Malayan species» (PDF) (em inglês). Zootaxa. 1 páginas. Consultado em 26 de abril de 2016 
  8. a b «Scissurella costata (d'Orbigny, 1824)» (em inglês). Gastropods. 1 páginas. Consultado em 26 de abril de 2016 
  9. a b LINDNER, Gert (1983). Moluscos y Caracoles de los Mares del Mundo (em espanhol). Barcelona, Espanha: Omega. p. 36. 256 páginas. ISBN 84-282-0308-3 
  10. a b c «Sinezona brevis (Hedley, 1904)» (em inglês). Gastropods. 1 páginas. Consultado em 26 de abril de 2016 
  11. a b «Scissurella ornata (May, 1908)» (em inglês). Gastropods. 1 páginas. Consultado em 26 de abril de 2016 
  12. a b Pieroni, Vittorio. «Rasatomaria gentilii: un nuovo gasteropode Pleurotomariidae fossile, scoperto nelle rocce Triassiche della Rasa di Varese» (em italiano). Biologia Marina. 1 páginas. Consultado em 28 de abril de 2016 
  13. a b «Scissurellidae - Scissurellinae: Genus Sukashitrochus Finlay, 1927 - "slit-shells"» (em inglês). Molluscs of Tasmania. 1 páginas. Consultado em 26 de abril de 2016 
  14. a b «Sinezona crossei = Sinezona cingulata (O. G. Costa, 1861)» (em inglês). Gastropods. 1 páginas. Consultado em 26 de abril de 2016 
  15. RIOS, Eliézer (1994). Seashells of Brazil (em inglês) 2ª ed. Rio Grande, RS. Brazil: FURG. p. 21. 492 páginas. ISBN 85-85042-36-2 
  16. a b «Coronadoa hasegawai (D. L. Geiger & T. Sasaki, 2009)» (em inglês). Gastropods. 1 páginas. Consultado em 26 de abril de 2016 
  17. «Anatoma umbilicata (Jeffreys, 1883)» (em inglês). World Register of Marine Species. 1 páginas. Consultado em 26 de abril de 2016 
  18. «Scissurella reticulata Philippi, 1853» (em inglês). World Register of Marine Species. 1 páginas. Consultado em 26 de abril de 2016 
  19. «Sinezona cingulata (O. G. Costa, 1861)» (em inglês). World Register of Marine Species. 1 páginas. Consultado em 26 de abril de 2016 
  20. Geiger, Daniel L. (2006). «Eight new species of Scissurellidae and Anatomidae (Mollusca: Gastropoda: Vetigastropoda) from around the world, with discussion of two new senior synonyms» (PDF) (em inglês). Zootaxa. 1 páginas. Consultado em 26 de abril de 2016 
  21. Geiger, Daniel L. (2003). «Phylogenetic assessment of characters proposed for the generic classification of Recent Scissurellidae (Gastropoda: Vetigastropoda) with a description of one new genus and six new species from Easter Island and Australia» (PDF) (em inglês). Molluscan Research. 1 páginas. Consultado em 26 de abril de 2016 
  22. Bouchet, Philippe; Rocroi, J. P.; Fryda, Jiri; Hausdorf, Bernhard; Ponder, Winston; Valdes, Angel (janeiro de 2005). «Classification and Nomenclator of Gastropod Families» (em inglês). ResearchGate. 244 páginas. Consultado em 26 de abril de 2016 

Ligações externasEditar