Scott Goodyear (Toronto, 20 de dezembro de 1959) é um ex-piloto automobilístico canadense que disputou provas da extinta CART (mais tarde, Champ Car) em 1987 e entre 1989 e 1996. Tornou-se conhecido ainda na fase inicial da Indy Racing League, onde competiu até 2001.

Scott Goodyear
Informações pessoais
Nome completo Donald Scott Goodyear[1]
Nacionalidade Canadense
Nascimento 20 de dezembro de 1959 (64 anos)
Registros na IndyCar Series
Temporadas 1996-2001
Equipes (Treadway, Panther e Cheever)
Corridas 39
Títulos 0 (2º em 2000)
Vitórias 3
Pódios 12
Pontos 960
Pole positions 1
Voltas mais rápidas 2
Primeira corrida GP da Walt Disney, 1997
Primeira vitória GP de Phoenix, 1999
Última vitória GP do Texas (2), 2000
Última corrida Indy 500, 2001
Registros na Champ Car
Temporadas 1987, 1989-1996
Equipes (Gohr Motorsports, Hemelgarn, Shierson Racing,
Walker, King e Tasman)
Corridas 97
Títulos 0 (5º em 1992)
Vitórias 2
Pódios 5
Pontos 340
Pole positions 2
Primeira corrida GP de Long Beach, 1987
Primeira vitória GP de Michigan, 1992
Última vitória GP de Michigan, 1994
Última corrida GP de Laguna Seca, 1996
Registros nas 24 Horas de Le Mans
Edições 1987, 1996
Equipes (Brun Motorsport e Porsche AG)
Melhor resultado 3º lugar em 1996 (2º na classe GT1)
Vitórias em classe(s) 0

Participou de 97 etapas da CART, competindo pelas equipes Gohr Motorsports, Hemelgarn, Shierson Racing, Walker, King e Tasman, vencendo duas etapas, ambas em Michigan (1992 e 1994). Deixou a categoria após o GP de Laguna Seca de 1996.

Largando na 33ª e última posição, ele quase entrou para a história das 500 Milhas de Indianápolis de 1992, quando foi protagonista de uma das mais disputadas chegada, quando passou a apenas 0,043s de diferença do vencedor, Al Unser Jr.

Chegou ainda a disputar as 24 Horas de Le Mans de 1996, pilotando um Porsche 911 GT1 com Karl Wendlinger e Yannick Dalmas, terminando em terceiro lugar na classificação geral e em segundo na classe GT1. Em 1988, havia fracassado na tentativa de largar em Sarthe, correndo com um Porsche 956 da Brun Motorsport, ao lado de Bill Adam e Richard Spenard.

Pela IRL, Goodyear correu 39 provas pelas equipes Treadway, Panther e Cheever, vencendo três (Phoenix e Texas1) e marcando 960 pontos nas cinco temporadas que disputou. Um acidente nas 500 Milhas de Indianápolis de 2001, no qual também se envolveu a norte-americana Sarah Fisher, obrigou Scott a se aposentar aos 41 anos. Foi incluído no Hall da Fama do automobilismo canadense em 2002.

Desde sua aposentadoria, Goodyear virou comentarista na ABC e na ESPN.

1A última vitória de Scott Goodyear, em 2001, foi na corrida 2 do Texas - a corrida 1 havia sido vencida por Scott Sharp, da equipe Kelley, e o canadense terminaria esta etapa em quinto lugar.

Referências

  1. «Scott Goodyear» (em inglês). champcarstats.com 
  Este artigo sobre automobilista é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.