Sebastião I do Congo


Sebastião (1634 - 1670) foi o manicongo (rei) do Reino do Congo em Quibango entre 1666 até 1670. Reinou em sua região no contexto da Segunda Guerra Civil do Congo.

Sebastião I
Manicongo
Rei em Quibango
Reinado 1666 - 1670
Antecessor(a) Reino estabelecido
Sucessor(a) Garcia III
 
Descendência Garcia III
Pedro IV
Álvaro X
Dinastia Quinzala
Nascimento 1634
Morte 1670 (36 anos)

BiografiaEditar

Sebastião Amvemba Luqueni era oriundo da Casa de Quinzala. No contexto do período de anarquia do rei António I, ele estabeleceu um governo rebelde nas montanhas de Quibango em oposição ao poder ilegítimo de São Salvador. Em 1670 ele tentou se estabelecer como manicongo (rei) em São Salvador com o auxílio do exercito, mas é morto no processo após um contra-ataque do conde de Soyo, Dom Paulo II da Silva, protetor dos Quimpanzo. [1]

Sebastião foi o fundador da Casa de Água Rosada, gerada após seu casamento com uma princesa Quimpanzo. Seus filhos foram considerados como membros da nova casa (canda) de Água Rosada e Sardônia.

ReferênciasEditar

  1. CEstA, Centro de Estudos Ameríndios da USP (30 de março de 2011). «Centro de Estudos Ameríndios da USP – CEstA». Cadernos de Campo (São Paulo, 1991) (20). 349 páginas. ISSN 2316-9133. doi:10.11606/issn.2316-9133.v20i20p349-350. Consultado em 7 de junho de 2021