Abrir menu principal

Sede do Banco Central Europeu

Sede do Banco Central Europeu
EZB-Neubau-2014-Ffm-232.jpg
História
Arquiteto
Engenheiro
Ove Arup & Partners
Bollinger + Grohmann
Ebert-Ingenieure Nürnberg
Período de construção
Abertura
Uso
Escritórios governamentais
Arquitetura
Estilo
Antena
201 m
Telhado
185 m
Superfície
184 000 m²
Pisos
48
Elevador
18Visualizar e editar dados no Wikidata
Administração
Contratante
Proprietário
Website
Localização
Localização
Endereço
Ostend (en)
Flag of Germany.svg Alemanha
Coordenadas

A sede do Banco Central Europeu é um complexo de edifícios em construção no distrito de Oostende, em Frankfurt, Alemanha. Ele inclui o edifício Großmarkthalle já existente, novos arranha-céus gêmeos de 185 e 165 metros e um novo edifício baixo para ligar os dois prédios. Localizado a leste do centro da cidade, o complexo vai abrigar a nova sede do Banco Central Europeu (BCE).[1] Estima-se que esteja concluído em 2014.

A sede do BCE é legalmente responsável pelos Tratados da União Europeia por estar dentro dos limites da cidade de Frankfurt, o maior centro financeiro da Zona do Euro.[2] O BCE está sediado atualmente na Eurotower e, devido à falta de espaço, aluga escritórios em outros dois edifícios (Eurotheum e Neue Mainzer Straße 32-36), no centro da cidade.

Índice

DesenvolvimentoEditar

Em 1999, um concurso internacional de arquitetura foi lançado pelo BCE para projetar uma nova sede. O processo foi vencido por um escritório de arquitetura com sede em Viena, na Áustria, chamado Coop Himmelb(l)au. O prédio terá de aproximadamente 185 metros de altura e será acompanhado por outros edifícios secundários no local de um antigo mercado (Großmarkthalle), na parte oriental de Frankfurt. A principal obra foi planejada para começar em outubro de 2008, com conclusão prevista para antes do final de 2011.[3][4]

A construção foi planejada para ter início no final de 2008, mas foi suspensa em junho de 2008, pois o BCE não foi capaz de encontrar um empreiteiro que construísse o arranha-céu pelo orçamento 500 milhões de euros,[5][6] visto que a licitação havia sido feita no pico da pré-recessão do final da década de 2000. Um ano mais tarde, com os preços significativamente menores, o BCE lançou um novo processo de licitação dividido em segmentos. Com o projeto de volta, o BCE pretende concluí-lo em meados de 2014.[7][8]

Espera-se que o prédio se torne um símbolo arquitetônico para a Europa e foi projetado para lidar com o dobro do número de funcionários que atuam na Eurotower.[9]

ProjetoEditar

O edifício principal tem cerca de 185 metros de altura e é rodeado por outras estruturas que também servirão como escritórios de funcionários do BCE. Espera-se o complexo terá duas vezes a área de escritórios em relação a sede atual da instituição.[9]

Referências

  1. «New ECB Premises». European Central Bank. Consultado em 8 de março de 2008 
  2. «Consolidated versions of the treaty on European Union and of the treaty establishing the European Community» (PDF). Eur-lex. Consultado em 12 de junho de 2007 
  3. «Winning design by Coop Himmelb(l)au for the ECB's new headquarters in Frankfurt/Main». European Central Bank. 6 de janeiro de 2003. Consultado em 2 de agosto de 2007. Cópia arquivada em 9 de junho de 2007 
  4. «Launch of a public tender for a general contractor to construct the new ECB premises». European Central Bank. 6 de janeiro de 2003. Consultado em 2 de agosto de 2007 
  5. «The European Central Bank formally closes the public tender for a general contractor to build the new ECB premises». European Central Bank. 25 de junho de 2008. Consultado em 10 de setembro de 2008 
  6. Rainer Schulze (27 de junho de 2008). «Angebot für EZB-Turm lautete auf 1,4 Milliarden Euro». Frankfurter Allgemeine Zeitung (em alemão). Consultado em 5 de agosto de 2012 
  7. Nina Koeppen (17 de dezembro de 2009). «Financial Crisis Helps ECB To Build New Home». The Wallstreet Journal. Consultado em 1 de agosto de 2012 
  8. Staff writers (18 de dezembro de 2009). «ECB green light for new Frankfurt headquarters». The Gulf Daily News. Consultado em 5 de agosto de 2012 
  9. a b Dougherty, Carter (16 de novembro de 2004). «In ECB future, a new home to reflect all of Europe». The International Herald Tribune. Consultado em 2 de agosto de 2007 

Ligações externasEditar