Abrir menu principal
Life of the Diligent Shaker, Sociedade Histórica Shaker

Shakers, ou também denominada Sociedade Unida dos Crentes na Segunda Aparição de Cristo, é uma seita religiosa fundada no século XVIII, na Inglaterra,[1] depois de ter se ramificado de uma comunidade Quaker. Eles eram conhecidos como "Shaking Quakers" por causa de seu comportamento frenético durante os cultos. Em 1747 as mulheres assumiram papéis de liderança dentro da seita, nomeadamente Jane Wardley e mãe Ann Lee. Shakers se instalaram na América colonial, com assentamentos iniciais em New Lebanon, Nova Iorque (chamado Monte Líbano depois de 1861) e que é agora Watervliet.

Shakers são mais conhecidos atualmente por seu estilo de vida celibatário, comunitário, pacifista e de igualdade entre os sexos, que por sua vez foi institucionalizado em sua sociedade na década de 1780. Eles também são conhecidos por sua vida simples, arquitetura e mobiliário.

Ver tambémEditar

Referências

  1. Stephen J. Stein, The Shaker Experience in America (1992) pp 1–8
  Este artigo sobre religião é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.