Abrir menu principal
Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde abril de 2015). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Simon Kuznets
Nascimento 30 de abril de 1901
Pinsk
Morte 8 de julho de 1985 (84 anos)
Cambridge
Nacionalidade Estadunidense
Alma mater Universidade Columbia
Prêmios Nobel prize medal.svg Nobel de Economia (1971)
Instituições National Bureau of Economic Research, Universidade Harvard, Universidade Johns Hopkins, Universidade da Pensilvânia
Campo(s) Economia

Simon Smith Kuznets (Pinsk, 30 de abril de 1901Cambridge, 8 de julho de 1985) foi um economista russo naturalizado estadunidense.

Recebeu o Prémio de Ciências Económicas em Memória de Alfred Nobel de 1971. O prêmio foi recebido pela sua famosa "curva de Kuznets", que relaciona 'Desigualdade de Renda' ao 'Crescimento do Produto' de uma Economia. O gráfico se assemelha a uma parábola com concavidade para baixo, ou seja, nos estágios iniciais do crescimento econômico de um países a desigualdade (medida, por exemplo, pelo índice de GINI) vai aumentar. Isso acontece porque nessa fase do crescimento vai ocorrer um aumento grande da demanda por mão de obra qualificada, elevando os salários dos trabalhadores qualificados em detrimento dos não qualificados. A medida que o desenvolvimento econômico do país progride vai haver ganhos de educação e as pessoas irão buscar mais qualificação, logo a proporção de MDO qualificada/MDO não qualificada vai aumentar, reduzindo a desigualdade de renda.

Em 1991 se popularizou a "curva ambiental de Kuznets", a qual relaciona Impactos Ambientais vs. Renda per capita das sociedades. O gráfico também se assemelha a uma parábola com concavidade para baixo, ou seja, os danos ambientais provocados por sociedades pobres e ricas seriam baixos, enquanto aqueles provocados pelas sociedades intermediárias, em desenvolvimento, seriam altos. A curva recebeu posteriormente críticas severas, haja vista que, por exemplo, no caso de emissões de gás carbônico, em um gráfico Emissão vs. Renda per capita fica bem claro que o crescimento de emissão de tal gás é quase sempre acompanhado pelo aumento da renda.

Ligações externasEditar