Abrir menu principal
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém fontes no fim do texto, mas que não são citadas no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações (desde julho de 2018). Ajude a melhorar este artigo inserindo fontes.
Sofia da Pomerânia-Słupsk
Duquesa da Pomerânia
Sofia da Pomerânia-Słupsk e seu marido, Érico II
Cônjuge Érico II, Duque da Pomerânia
Descendência Bogislau X
Isabel
Sofia, Duquesa de Mecklemburgo
Margarida
Catarina da Pomerânia
Maria
Casa Casa de Grifo
Nascimento 1435
Morte 24 de agosto de 1497
Pai Bogislau IX, Duque da Pomerânia
Mãe Maria da Mazóvia

Sofia da Pomerânia-Słupsk (1435 – 24 de agosto de 1497) foi uma Duquesa da Pomerânia, esposa de Érico II, Duque da Pomerânia.

Sofia era filha de Bogislau IX, Duque da Pomerânia, e Maria da Mazóvia. Em 1446, seu pai morreu e foi sucedido pelo seu primo, Érico da Pomerânia, Rei da Dinamarca, Noruega e Suécia.

Em 1451, Sofia se casou com Érico II, Duque da Pomerânia, tornando seu esposo o herdeiro dos territórios do rei Érico, enquanto ela se manteve como herdeira de sua fortuna particular. Com a morte do rei Érico, em 1459, o marido de Sofia uniu a Pomerânia através da herança da Pomerânia-Słupsk e da Pomerânia-Darlowo, pelo seu casamento, enquanto Sofia se tornou a única proprietária da grande fortuna, trazida por Érico, de seus antigos reinos na Escandinávia, assim como a riqueza que ele tinha adquirido pela sua pirataria na Gotlândia.

Como Érico negou a Sofia, qualquer poder político sobre os territórios por ele adquiridos através dela, o que ela sentiu que tinha direito, o casal se separou. Sofia mudou-se para o castelo de Darlowo com seus filhos e seu amante, Hans de Maszerski. Em 1470, ela recusou-se a financiar a guerra de seu marido com Brandemburgo. Ela ficou viúva em 1474.

De acordo com uma antiga lenda, ela deve ter envenenado seus filhos Venceslau e Casimiro, mas quando ela tentou o mesmo com seu filho Bogislau com um sanduíche envenenado, ele foi avisado pelo seu jogral[1]. O sanduíche foi dado a um cão, que morreu, depois de Sofia ter fugido para o Danzigue.

DescendênciaEditar

Sofia casou-se com Érico II e teve nove filhos:

  1. Bogislau X (1454 - 1523)
  2. Casimiro (nascido por volta de 1455 - 1474)
  3. Venceslau (nascido depois de 1465 - 1475)
  4. Barnim (nascido depois de 1465 -1474)
  5. Isabel (morta em 1516), Prioresa do Convento de Verchen
  6. Sofia da Pomerânia (1460 - 1504), casou-se com o Duque Magno II de Mecklemburgo (1441 - 1503)
  7. Margarida (morta em 1526), casou-se com o Duque Baltazar de Mecklemburgo (1451 - 1507), administrador dos Príncipe-bispados de Hildesheim e Schwerin
  8. Catarina da Pomerânia (nascida por volta de 1465 - 1526), casou-se com o Duque Henrique IV de Brunsvique-Lunenburgo (1463 - 1514), Príncipe de Vonfenbutel
  9. Maria (morta em 1512), Abadessa do Convento de Wolin

Referências