Abrir menu principal

Sombras de Julho

filme de 1995 dirigido por Marco Altberg
Sombras de Julho
 Brasil
1995 •  cor •  90 min 
Direção Marco Altberg
Produção M. Altberg Cinema & Vídeo, TV Cultura, Igaras, Banco Nacional, Quanta e Fundação Nestlé de Cultura
Roteiro Júlia Altberg
Elenco Othon Bastos
Ângelo Antônio
Gênero drama
Música David Tygel
Direção de arte José Joaquim Salles
Edição Luís Castro Guimarães
Willian Alves
Distribuição Riofilme
Lumière Home Vídeo
Lançamento Brasil 17 de janeiro de 1995
Idioma português
Orçamento US$ 300 mil[1]

Sombras de Julho é um filme para a televisão brasileiro, do gênero drama, exibido pela TV Cultura em minissérie entre 17 a 20 de janeiro de 1995, foi rodado em 16 mm e editado para a televisão, baseado no romance homônimo do escritor mineiro Carlos Herculano Lopes, estrelado pelos atores Othon Bastos e Ângelo Antônio com direção de Marco Altberg.

Índice

SinopseEditar

O filme mostra uma disputa de divisas entre latifundiários mineiros que acaba em mais um assassinato. A trama do roteiro vai além do cotidiano da questão da posse de terra no Brasil e mostra as causas e conseqüências que a morte de um inocente provoca nas duas famílias envolvidas. O chefe de uma das famílias em disputa forja uma situação em que seu filho mata o melhor amigo de infância. Este fato inicia uma escalada de violência e destruição das famílias.[2]

ElencoEditar

Referências

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre um filme é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.