Abrir menu principal
Soyuz TM-10
Insígnia da missão
Informações da missão
Sinal de chamada Вулка́н (Volcano)
Número de tripulantes 2
Lançamento 1 de agosto de 1990
09:32:21 UTC
Baikonur LC1
Aterrissagem 10 de dezembro de 1990
06:08:12 UTC
69 km NW de Arkalyk
Órbitas ~2 125
Duração 130d 20h 35min 51s
Navegação
Soyuz TM-9
Soyuz TM-11 Soyuz TM-11 patch.png

Soyuz TM-10 foi a 10.ª expedição do programa Soyuz à estação espacial soviética Mir, realizado entre agosto e dezembro de 1990.[1][2]

Índice

TripulaçãoEditar

Parâmetros da MissãoEditar

[1][2]

Pontos altos da missãoEditar

O grupo Vulkan acoplou-se à Mir com quatro pequenos passageiros— codornas em gaiolas, para a Kvant 2, um dos módulos da Mir. Uma delas havia botado um ovo no percurso entre a Terra à estação. A tripulação retornou à Terra junto com 130 kg de resultados de experimentos e produtos industriais, na Soyuz-TM 9. A nave aterrissou sem acidentes.[1][2]

A missão passou 131 dias acoplada à Mir. Uma câmera foi instalada no módulo de descida, como parte do acordo com a rede de televisão japonesa para a qual trabalhava o jornalista-cosmonauta Akiyama, que foi à Mir na Soyuz TM-11 e retornou nesta missão, para filmar as reações dos cosmonautas durante o retorno.[1][2]

Ver tambémEditar

ReferênciasEditar

  1. a b c d e Mark Wade. «Soyuz TM-10». Encyclopedia Astronautica. Consultado em 22 de julho de 2019 
  2. a b c d e Joachim Becker e Heinz Janssen (20 de abril de 2018). «Soyuz TM-10». SPACEFACTS. Consultado em 22 de julho de 2019 

Ligações externasEditar