Abrir menu principal
Pif et Hercule
Pif e Hercule (PT)
Spiff e Hércules (BR)
Informação geral
Formato Série de desenho animado
Gênero comédia
Duração 10-11 minutos aproximadamente
Estado Finalizado
Criador(es) Guy Quelquejeu
Baseado em José Cabrero Arnal
País de origem  França
Idioma original francês
Produção
Diretor(es) Bruno Desraisses
Produtor(es) Jean-Claude Delayre
Kim Thai Hong
Produtor(es) executivo(s) Dominique Boischot
Roteirista(s) Serge Rosenzweig
Claude Prothée
Raynald Guillot
Elenco William Coryn
Michel Mella
Empresa(s) de produção Col.Ima.Son
TF1
Studio SEK
Ministère de la Culture
Exibição
Emissora de televisão original TF1
Formato de exibição 4:3 SDTV
Transmissão original 9 de outubro de 1989 – 1990
N.º de episódios 130

Pif et Hercule (Spiff e Hércules BRA ou Pif et Hercule PRT)[1] é uma série de televisão animada francesa com 130 episódios de treze minutos,[2] baseado na história em quadrinhos francesa estrelanda por Pif (Spiff BRA ), um antropomórfico beagle de cor marron e amarelo e Hercule (Hércules BRA ), um antropomórfico gato preto e branco, apesar de serem melhores amigos, estão constantemente lutando em um relacionamento de amizade e ódio. Foi transmitida originalmente a partir de 9 de outubro de 1989 no programa Avant l'école no canal de televisão francês TF1.[2]

O desenho foi exibido no Brasil pela canal de tv aberta Rede Globo, nos programas infantis TV Colosso, Xuxa Park e Angel Mix.[3] Em Portugal foi ao ar no Canal 1 (agora RTP1) da RTP no início da década de 1990.

OrigemEditar

O personagem Pif le chien foi criado por José Cabrero Arnal para o jornal do Partido Comunista Francês L'Humanité em 28 de março de 1948 e o gato Hercule foi apresentado dois anos depois. O inimigo dos personagens é Krapulax, que apesar de suas características infantis, sempre tem uma trama diabólica.[4]

Posteriormente, Pif conseguiu sua própria revista (Pif Gadget), que era muito popular, já que não só incluía vários quadrinhos diferentes, mas também oferecia um gadget de brinquedo em cada edição. Ele também era o mascote da revista. Hercule também conseguiu sua própria revista, chamada Super Hercule, mas sua revista era mais voltada para brincadeiras.[4]

SinopseEditar

As divertidas aventuras de dois amigos/inimigos: o cão gentil Pif e o sem emprego e indolente gato Hercule. Juntos, constantemente brigando, muitas vezes por motivos triviais, eles vivem divertidas aventuras, seja na selva, na cidade, no espaço, no deserto ou em outros lugares.

PersonagensEditar

  • Pif (Spiff BRA )
Voz original: William Coryn (francês); Dublagem: Pedro Eugênio Rocha (português);
  • Hercule (Hércules BRA )
Voz original: Michel Mella (francês); Dublagem: Carlos Marques de Oliveira (português);
  • Grotalent
Voz original: Roger Carel (francês);
  • Grochoux (Sr. Caixa Alta BRA )
Voz original: Gérard Hernandez (francês);
  • Busard
Voz original: Christian Pélissier (francês);
  • Farfouille (Guarda Grandão BRA )
Voz original: Jacques Alric (francês); Dublagem: Jorge Vasconcelos (português);
  • Gorille (Gorila Garotão BRA )
Voz original: Yves Elliot (francês); Dublagem: Roberto Macedo (português);
  • Cicéron
Voz original: René Bouloch (francês);

Estilo de animaçãoEditar

O estilo de animação lembra os desenhos animados dos anos 20 e 30, incluindo elementos típicos de animação naqueles anos, como objetos inanimados que têm vida própria como os trabalhos iniciais dos estúdios Fleischer e Walt Disney Animation e do animador Bill Nolan. As histórias não seguem uma ordem cronológica, sendo cada episódio em um lugar e temática diferente, desde corrida do ouro, mosqueteiros, trabalhos em construções e perdidos em uma ilha deserta, sempre tendendo para o surrealismo. A animação foi sub-contratada para o estúdio de animação norte-coreano Studio SEK, que tem experiência em serviços para animações estrangeiras.

Referências

  1. «Pif et Hercule (TV Series 1989–1990)» (em inglês). IMDb. Consultado em 23 de julho de 2019 
  2. a b «Pif et Hercule» (em francês). Planete Jeunesse. Consultado em 23 de julho de 2019 
  3. Barbier, Eduardo (3 de agosto de 2004). «A volta de uma das mais importantes revistas francesas». Universo HQ 
  4. a b Syon, Guillaume; Dokou, Christina; Goldstein, Lynda; Huska, Melanie; M. Kvaran, Kara; W. Lee, Peter; C. Lethbridge, James; Pellegrin, Annick; Rueber, Micah; Sheikh, Faiz; Skordili, Beatrice (11 de dezembro de 2013). Ann Babic, Annessa, ed. Comics as History, Comics as Literature: Roles of the Comic Book in Scholarship, Society, and Entertainment [Quadrinhos como História, Quadrinhos como Literatura: Papéis do Quadrinho em Bolsas de Estudo, Sociedade e Entretenimento] (em inglês). [S.l.]: Fairleigh Dickinson University Press. ISBN 9781611478525 

Ligações externasEditar