Abrir menu principal
"Spinning Wheel"
Single de Blood, Sweat & Tears
do álbum Blood, Sweat & Tears
Lado A "Spinning Wheel"
Lado B "More And More"
Lançamento 1969
Formato(s) 7" (45 RPM)
Gravação 9 de outubro de 1968
Gênero(s) Jazz fusion, pop rock
Duração
  • 4:05 (Stereophonic album version)
  • 3:26 (Quadraphonic album version)
  • 2:39 (single edit)
Gravadora(s) Columbia
Composição David Clayton-Thomas
Produção James William Guercio

"Spinning Wheel" é o título da canção de 1969 da banda Blood, Sweat & Tears. A canção foi escrita pelo vocalista David Clayton-Thomas e aparece no álbum do mesmo nome.

Lançada como single em 1969,[1] "Spinning Wheel" atingiu o número dois da parada Billboard Hot 100 em julho daquele ano, permanecendo na posição vice-campeã por três semanas.[2] Em agosto do mesmo, a canção foi para o topo da parada Adult Comtemporary por duas semanas.[3] Também alcançou o número 45 da parada R&B.

"Spinning Wheel" foi indicada à três Grammy Award em 1970, vencendo na categoria "Melhor Arranjo Instrumental e Vocal". O arranjador da canção foi o saxofonista da banda, Fred Lipsius. Foi indicada também aos prêmios de Gravação do Ano e Canção do Ano; o álbum venceu na categoria Álbum do Ano.

Outras versõesEditar

"Spinning Wheel"
Single de Peggy Lee
do álbum A Natural Woman
Lado A "Spinning Wheel"
Lado B "Lean on Me"
Lançamento Março de 1969
Formato(s) 7" (45 RPM)
Gênero(s) Jazz fusion, pop rock
Gravadora(s) Capitol
Composição David Clayton-Thomas
Produção Phil Wright
"Spinning Wheel"
Single de James Brown
do álbum Sex Machine
Lado A "Spinning Wheel Pt. 1"
Lado B "Spinning Wheel Pt. 2"
Lançamento 1971
Formato(s) 7"
Gênero(s) Funk
Duração
  • 2:20 (Pt. 1)
  • 1:58 (Pt. 2)
Gravadora(s) King (6366)
Composição David Clayton-Thomas
Produção James Brown

O single de Peggy Lee de 1969[4] entrou na parada Easy Listening, alcançando o número 24, antes mesmo da versão do Blood, Sweat & Tears.[5]

Outros artistas que gravaram covers de "Spinning Wheel" incluem Shirley Bassey, em eu álbum de 1970 Something e Nancy Wilson, para o episódio de Hawaii Five-O, "Trouble in Mind," que foi ao ar originalmente em 23 de setembro de 1970. Em 1970 Marianne Mendt lançou um versão da faixa na Áustria, como "A g'scheckert's Hutschpferd" e Barbara Eden a cantou ap vivo. O organista de jazz Lonnie Smith gravou uma versão instrumental para seu álbum de 1970 lançado pela Blue Note Records Drives. O organista americano Lenny Dee fez sua versão cover de Spinning Wheel e um álbum com o mesmo em 1970.[6] James Brown conseguiu um sucesso menor em 1971[7] com uma versão instrumental da canção, que atingiu o número 90 da Billboard Hot 100.[8][9]

Referências

  1. «Discogs.com: Blood, Sweat & Tears ‎– Spinning Wheel / More And More». Discogs.com. Consultado em 5 de abril de 2017 
  2. Whitburn, Joel (2004). The Billboard Book of Top 40 Hits, 8th Edition (Billboard Publications), page 68.
  3. Hyatt, Wesley (1999). The Billboard Book of #1 Adult Contemporary Hits (Billboard Publications), page 74.
  4. «Discogs.com: Peggy Lee ‎– Spinning Wheel / Lean On Me». Discogs.com. Consultado em 5 de abril de 2017 
  5. http://www.peggyleediscography.com/p/capitolee2c.php
  6. AllMusic Review by Ron Wynn (2 de janeiro de 1970). «Drives - Dr. Lonnie Smith | Songs, Reviews, Credits». AllMusic. Consultado em 2 de outubro de 2016 
  7. «Discogs.com: ames Brown ‎– Spinning Wheel». Discogs.com. Consultado em 5 de abril de 2017 
  8. Whitburn, Joel (2000). Top Pop Singles 1955–1999. Menomonee Falls, WI: Record Research, Inc. p. 79. ISBN 0-89820-140-3 
  9. White, Cliff (1991). "Discography". In Star Time (pp. 54–59) [CD booklet]. New York: PolyGram Records.