"Spyfall" é o season premiere da 12.ª temporada da série de ficção científica britânica Doctor Who, transmitido originalmente através da BBC One em duas partes, em 1 e 5 de janeiro de 2020. Foi escrito pelo showrunner e produtor executivo da série, Chris Chibnall, sendo dirigido por Jamie Magnus Stone e Lee Haven Jones.

288 – "Spyfall"
Episódio de Doctor Who
A Doutora confronta um dos Kasaavin.
Informação geral
Escrito por Chris Chibnall
Dirigido por Jamie Magnus Stone
Lee Haven Jones
Produzido por Nikki Wilson
Produção executiva Chris Chibnall
Matt Strevens
Música Segun Akinola
Temporada 12.ª temporada
Duração 2 episódios, 59 e 60 minutos
Exibição inicial 1 de janeiro de 2020
Exibição final 5 de janeiro de 2020
Elenco
Companhia
Convidados
  • Sacha Dhawan – O / O Mestre
  • Lenny Henry – Daniel Barton
  • Stephen Fry – C
  • Shobna Gulati – Najia Khan
  • Ravin J Ganatra – Hakim Khan
  • Bhavnisha Parmar – Sonya Khan
  • Melissa De Vries – Sniper
  • Sacharissa Claxton – Passageira
  • William Ely – Passageiro Mais Velho
  • Brian Law – Operador (EUA)
  • Buom Tihngang – Tibo
  • Asif Khan – Sargento Ramesh Sunder
  • Andrew Bone – Mr Collins
  • Ronan Summers – Rendition Man
  • Christopher McArthur – Ethan
  • Darron Meyer – Seesay
  • Dominique Maher – Browning
  • Struan Rodger – Voz dos Kasaavin
  • Sylvie Briggs – Ada Lovelace
  • Aurora Marion – Noor Inayat Khan
  • Mark Dexter – Charles Babbage
  • Andrew Pipe[a] – Inventor
  • Tam Ashley – Trabalhador do Aeroporto
  • Kenneth Joy – Perkins
  • Blanche Williams – Mãe de Barton
Cronologia
"Resolution"
"Orphan 55"
Lista de episódios de Doctor Who

O episódio apresenta Jodie Whittaker como a Décima terceira Doutora, ao lado de Bradley Walsh, Tosin Cole e Mandip Gill como seus acompanhantes, Graham O'Brien, Ryan Sinclair e Yasmin Khan, respectivamente. O episódio também marca o retorno do Mestre, visto pela última vez em "The Doctor Falls" (2017).

EnredoEditar

Parte 1Editar

Agentes de inteligência em todo o mundo estão sendo mortos, resultando na Doutora, Yaz, Graham e Ryan serem chamados pelo chefe do MI6, C, para investigar, pois as mortes evidentemente não foram causadas por seres humanos. Seu único suspeito é Daniel Barton, CEO de uma empresa de mídia de mecanismos de pesquisa, a VOR. Além disso, a Doutora entra em contato com o Agente O, encarregado de monitorar as atividades extraterrestres, antes removido da função por C. Este último então é morto por formas de vida misteriosas, mas a Doutora e seus acompanhantes escapam.

Yaz e Ryan investigam Barton e determinam que seu DNA é apenas 93% humano, e são convidados para a festa de aniversário dele no dia seguinte. Enquanto isso, Graham e a Doutora encontram O no interior da Austrália. Ambos os grupos acabam encontrando as mesmas formas de vida, que parecem estar trabalhando com Barton. Na Austrália, a Doutora é capaz de capturar uma das formas. Enquanto se infiltra na sede da VOR com Ryan, Yaz é capturada por uma delas, sendo transportada para um ambiente estranho. De alguma forma, o alienígena capturado é capaz de se libertar, substituindo-se por Yaz e deixando-a na jaula da Doutora na base de O. Ryan é trazido para a Austrália e se reúne com Yaz, Graham e a Doutora.

Juntos com O, os quatro investigam Barton em sua festa de aniversário. A Doutora então o confronta, que nega todas as acusações. Irritado, Barton sai em seu carro, e a Doutora e seus companheiros seguem em motos até o jato particular do CEO. Ao saltar a bordo do jato, a Doutora desconfia de O após um comentário sobre sua capacidade de correr. Ele revela que é o Mestre – tendo estado no controle de Barton e dos alienígenas. Barton desaparece do assento do piloto, deixando uma bomba em seu lugar. Enquanto o dispositivo detona, a Doutora é capturada por um dos alienígenas e se encontra no mesmo ambiente em que Yaz estava anteriormente, deixando seus companheiros no avião em queda.

Parte 2Editar

Na dimensão dos alienígenas, a Doutora conhece a pioneira em computação Ada Lovelace e agarra sua mão quando um Kasaavin aparece, transportando-as para uma exposição de invenções em 1834, onde encontram o Mestre. A Doutora percebe que o Mestre não entende completamente os Kasaavins quando pergunta como ela escapou da dimensão deles. Ada a leva para a residência do polímata Charles Babbage, onde a Doutora convoca um Kasaavin através de uma estatueta idêntica à do escritório de Barton, na esperança de retornar ao século XXI. Ada agarra a mão dela enquanto desaparece e elas viajam para Paris durante a Segunda Guerra Mundial em 1943. Elas são resgatadas pela espiã britânica Noor Inayat Khan, com o Mestre se passando por um oficial nazista através do uso de um filtro de percepção.A Doutora encontra o Mestre no topo da Torre Eiffel, onde o Mestre revela que ele fez com que os Kasaavins matassem espiões para chamar a atenção da Doutora. Ele também informa a ela que Gallifrey foi destruído. Com a ajuda de Ada e Noor, a Doutora destrói seu filtro e vira os nazistas contra o Mestre, enquanto o grupo dela usa sua TARDIS para retornar ao presente.

A Parte 2 apresenta personagens baseadas nas figuras históricas Ada Lovelace (esquerda) e Noor Inayat Khan.

Enquanto isso, Ryan encontra instruções para pousar o avião com segurança com a ajuda de uma gravação feita pela própria Doutora. Barton então faz de Graham, Yaz e Ryan suspeitos. Eles roubam um dos carros de Barton, levando-os a um armazém onde encontram sua mãe morta. Falando em uma conferência, Barton revela que os Kasaavin reescreverão o DNA da humanidade para utilizar sua capacidade de armazenamento como discos rígidos. O Mestre, forçado a viver no século XX sem sua TARDIS, chega a tempo de ver o dispositivo da estatueta ativado, apenas para falhar depois que a Doutora implanta um vírus no dispositivo e expõe a traição do Mestre, enviando os Kasaavins de volta à sua dimensão, levando o Mestre com eles, enquanto Barton pede por extração.

Depois de ter estabelecido os meios para seus acompanhantes sobreviverem ao acidente de avião, a Doutora devolve Ada e Noor aos seus períodos de tempo e tira suas memórias sobre ela. A Doutora vai então visitar as ruínas de Gallifrey, descobrindo uma confissão do Mestre sobre como ele destruiu seu planeta natal depois de perceber que eles entendiam a história dos Senhores do Tempo como uma mentira, mencionando a "Criança Atemporal". Depois seus acompanhantes pedem que a Doutora explique quem ela é, e a Doutora conta a eles o que ela acredita ser seu passado.

ContinuidadeEditar

A "Criança Atemporal" foi mencionada brevemente no episódio "The Ghost Monument" na 11.ª temporada, onde os Remanescentes provocavam a Doutora sobre seu conhecimento da Criança.[2]

ProduçãoEditar

DesenvolvimentoEditar

"Spyfall" foi escrito pelo showrunner e produtor executivo da série, Chris Chibnall.[3] É o primeiro episódio de duas partes a não usar títulos separados para cada um deles desde "The End of Time" (2009–10).[4]

A Parte Um foi dedicada a Terrance Dicks, um ex-roteirista de Doctor Who que morreu em agosto de 2019.[5]

ElencoEditar

O episódio apresenta Jodie Whittaker como a Décima terceira Doutora na sua segunda temporada no papel.[6][7] Bradley Walsh, Tosin Cole e Mandip Gill também reprisam seus papéis como Graham O'Brien, Ryan Sinclair e Yasmin Khan, respectivamente.[8][9]

Lenny Henry e Stephen Fry foram escalados para a história de duas partes,[10] com Henry interpretando Daniel Barton[11] e Fry como C, o chefe do MI6.[12] Sacha Dhawan fez uma aparição sem aviso prévio como O, mais tarde revelado ser o Mestre. Dhawan anteriormente interpretou Waris Hussein, o diretor do primeiro serial de Doctor Who, no docudrama de 2013 An Adventure in Space and Time.[13] Dhawan disse que havia sido notificado sobre o papel em janeiro de 2019, cerca de uma semana antes de filmar na África do Sul, no momento em que trabalhava com Peter Capaldi, o ator que havia interpretado a encarnação anterior do Doutor, em uma peça de teatro. Dhawan achou difícil ficar sério na frente de Capaldi, pois ele tinha que manter seu papel em segredo.[14]

FilmagensEditar

Jamie Magnus Stone, que anteriormente dirigiu o mini-episódio "The Last Day", dirigiu o primeiro bloco de produção da 12.ª temporada, que compreende o primeiro e o quinto episódio da temporada.[15][16] As filmagens começaram em 23 de janeiro de 2019.[17] Lee Haven Jones dirigiu o segundo bloco, que compreendia o segundo e o terceiro episódio.[18] Vários países foram retratados durante as filmagens na África do Sul.[11]

Transmissão e recepçãoEditar

Críticas profissionais:
Parte 1
Pontuações agregadas
Fonte Avaliação
Rotten Tomatoes
(Pontuação Média)
93%[19]
Rotten Tomatoes
(Tomatometer)
7,54[19]
Avaliações da crítica
Fonte Avaliação
The A.V. Club B+[20]
Entertainment Weekly B-[21]
Radio Times      [22]
The Guardian      [23]
The Independent      [24]
The Telegraph      [25]
Críticas profissionais:
Parte 2
Pontuações agregadas
Fonte Avaliação
Rotten Tomatoes
(Pontuação Média)
82%[26]
Rotten Tomatoes
(Tomatometer)
7,18[26]
Avaliações da crítica
Fonte Avaliação
The A.V. Club B+[27]
Entertainment Weekly B-[28]
Radio Times      [29]
The Independent      [30]
The Telegraph      [31]

A primeira parte de "Spyfall" foi ao ar em 1 de janeiro de 2020, com a segunda parte sendo exibida no domingo seguinte, em 5 de janeiro.[32] As duas partes de "Spyfall" foi lançado nos cinemas nos Estados Unidos em 5 de janeiro de 2020.[32]

"Spyfall, Part 1" foi assistido por 4,88 milhões de espectadores durante sua exibição original, tornando-o o segundo programa mais assistido do dia no Reino Unido. O primeiro episódio teve uma pontuação de 82 no Índice de Avaliação do Público. "Spyfall, Part 2" foi assistido por 4,60 milhões de espectadores durante a noite, tornando-o o quinto programa mais assistido do dia. O segundo episódio também teve uma pontuação no Índice de Avaliação de 82. Ao todo, os dois episódios foram assistidos por 6,89 e 6,07 milhões de espectadores em todos os canais do Reino Unido, respectivamente.

O primeiro episódio detém uma taxa de aprovação de 93% no Rotten Tomatoes e uma média de 7,54/10 com base em 27 avaliações. O consenso crítico do site diz: "Um novo traje, novos rostos e um pouco de espionagem emocionante são divertidos o suficiente, mas os momentos finais de 'Spyfall, Parte 1', inspiram esperança para uma nova temporada absolutamente épica de Doctor Who".[19]

No mesmo site, o segundo episódio tem uma aprovação de 82% e uma média de 7,18/10 com base em 17 avaliações. O consenso crítico diz: "Embora seja definitivamente uma vitrine bem-vinda de tudo o que a Doutora de Whittaker tem a oferecer, o aprofundamento de 'Spyfall, Parte 2' na história bem-conhecida de Doctor Who não pode deixar de se sentir como um passo atrás".[26]

Notas

  1. O sobrenome correto do ator é Piper. Foi impresso incorretamente nos créditos finais de "Spyfall, Parte 2".[1]

Referências

  1. «Spotlight: ANDREW PIPER». Spotlight.com. Consultado em 7 de janeiro de 2020 
  2. Britt, Ryan (5 de janeiro de 2020). «Canontated: Everything Doctor Who Ever Told Us About Time Lords Is... A Lie?». SyFy Wire. Consultado em 6 de janeiro de 2020 
  3. «Doctor Who lands on Who Year's Day in Spyfall». BBC. 2 de dezembro de 2019. Consultado em 2 de dezembro de 2019 
  4. Nolan, Peter (2 de dezembro de 2019). «Doctor Who will return in… "Spyfall"». Blogtor Who. Consultado em 4 de dezembro de 2019 
  5. «Spyfall, Part One». Doctor Who. Temporada 12. Episódio 1 (em English). 1 de janeiro de 2020. Em cena em 0:59:35. BBC 
  6. Royce, Jordan (17 de novembro de 2018). «DOCTOR WHO: BBC Confirm Series 12 to Broadcast in 2019». Starburst Magazine. Starburst Publishing Limited. Consultado em 17 de novembro de 2018 
  7. Jeffrey, Morgan (7 de dezembro de 2018). «Jodie Whittaker confirms she'll be back for Doctor Who series 12». DigitalSpy. Consultado em 7 de dezembro de 2018 
  8. «Doctor Who: Jodie Whittaker won't return for a new series until 2020». BBC. 9 de dezembro de 2018. Consultado em 9 de dezembro de 2018 
  9. Fullerton, Huw (9 de dezembro de 2018). «Doctor Who series 12 WILL be delayed to 2020». Radio Times. Consultado em 9 de dezembro de 2018 
  10. «Stephen Fry and Sir Lenny Henry CBE to appear in series 12!». BBC. 20 de novembro de 2019 
  11. a b Laford, Andrea (12 de dezembro de 2019). «Doctor Who Spyfall, Parts 1 and 2: new information from Doctor Who Magazine». Cultbox. Consultado em 12 de dezembro de 2019 
  12. «Stephen Fry». IMDB. Consultado em 1 de janeiro de 2020 
  13. Cremona, Patrick (2 de janeiro de 2020). «Doctor Who's new Master Sacha Dhawan was once aiming to play the Doctor». Radio Times. Consultado em 2 de janeiro de 2020 
  14. Houghton, Rianne (3 de janeiro de 2020). «Doctor Who's major new cast member reveals they had to keep role secret from Peter Capaldi». Digital Spy. Consultado em 3 de janeiro de 2020 
  15. «CV». Darryl Hammer (em inglês). 9 de agosto de 2017. Consultado em 14 de fevereiro de 2019 
  16. Laford, Andrea (20 de março de 2019). «Doctor Who Series 12: Block 1 actress discovered». Cultbox. Consultado em 22 de março de 2019 
  17. Harp, Justin (24 de janeiro de 2019). «Doctor Who kicks off series 12 filming with first-look at Jodie Whittaker and cast». Digital Spy. Consultado em 24 de janeiro de 2019 
  18. «Doctor Who Series 12: new directors discovered». CultBox. 20 de maio de 2019 
  19. a b c «Doctor Who - Season 12 Episode 1». Rotten Tomatoes. Consultado em 6 de janeiro de 2020 
  20. Seide, Caroline (1 de janeiro de 2020). «Doctor Who's New Year's special kicks off the new season with a bang». The A.V. Club. Consultado em 3 de janeiro de 2020 
  21. «Doctor Who season premiere recap: Season 12, episode 1: 'Spyfall Part One'». Entertainment Weekly. 2 de janeiro de 2020 
  22. «Doctor Who Spyfall Part One review: a slick Bond spoof with a bonkers villain and clues hidden in plain sight». Radio Times 
  23. Jeffries, Stuart (1 de janeiro de 2020). «Doctor Who review – only Jodie Whittaker can save Blighty now!» – via www.theguardian.com 
  24. «Jodie Whittaker is back to fight Lenny Henry's devilish new Bond villain in Doctor Who: Spyfall - review». The Independent. 1 de janeiro de 2020 
  25. Singh, Anita (1 de janeiro de 2020). «Doctor Who: Spyfall, series 12 episode 1 review: no scares here – just a James Bond-style romp with a surprise twist» – via www.telegraph.co.uk 
  26. a b c «Doctor Who - Season 12 Episode 2». Rotten Tomatoes. Consultado em 7 de janeiro de 2020 
  27. Siede, Caroline (5 de janeiro de 2020). «Doctor Who embaraces the past and resets its future». The A.V. Club. Consultado em 6 de janeiro de 2020 
  28. «Doctor Who recap: Season 12, episode 2: 'Spyfall Part Two'». Entertainment Weekly. 5 de janeiro de 2020 
  29. Mulkern, Patrick (5 de janeiro de 2020). «Doctor Who Spyfall part two review - series 12, episode 2». Radio Times 
  30. Power, Ed (5 de janeiro de 2020). «Doctor Who review, 'Spyfall – Part Two': The brash, bonkers and unstinting ride we all need in January». The Independent 
  31. Hogan, Michael (5 de janeiro de 2020). «Doctor Who: Spyfall, series 12 episode 2 recap: the Doctor vs the Master – with a little help from a war hero and Ada Lovelace» – via www.telegraph.co.uk 
  32. a b Joest, Mick (2 de dezembro de 2019). «Doctor Who Season 12 Premiere Date Reveal Makes The Wait Less Agonizing». CinemaBlend. Consultado em 2 de dezembro de 2019 

Ligações externasEditar