Strikeforce: Carano vs. Cyborg

Strikeforce: Carano vs. Cyborg foi um evento de artes marciais mistas, promovido pelo Strikeforce, ocorrido no dia 02009-08-15 15 de agosto de 2009 no HP Pavilion em San Jose, California.[3] O evento foi ao ar na Showtime.

Strikeforce: Carano vs. Cyborg
Strikeforce: Carano vs. Cyborg
Detalhes
Promoção Strikeforce
Data 02009-08-15 15 de agosto de 2009
Local HP Pavilion
Cidade Estados Unidos San Jose, Califórnia
Público 13,976[1]
Arrecadado $736,000[1]
Total Bolsa $468,500[2]
Cronologia
Strikeforce Challengers: Villasenor vs. Cyborg Strikeforce: Carano vs. Cyborg Strikeforce Challengers: Kennedy vs. Cummings


Background editar

O evento principal contou com Gina Carano enfrentando Cristiane Justino pelo Cinturão Peso Pena Feminino do Strikeforce.[4]

Cinco rounds de cinco minutos agora caracterizariam das lutas pelo título femininas.[5]

Joe Riggs se retirou de sua luta com Nick Diaz em 23 de Julho de 2009 devido a uma reação adversa a uma droga.[6] Diaz então foi colocado para enfrentar Jay Hieron pelo Cinturão Meio Médio do Strikeforce.[7] Porém, Diaz perdeu um teste de drogas pré-luta mandado pela Comissão Atlética do Estado da Califórnia e teve sua licença para lutar negada. Diaz foi substituído pelo ex-participante do Ultimate Fighter Jesse Taylor e a luta se tornou não válida pelo título.[8]

Renato Sobral era esperado para enfrentar Gegard Mousasi no Affliction: Trilogy em 1 de Agosto de 2009, mas a luta foi cancelada após a cancelação do evento. A luta foi então movida para esse evento, e mudada para uma luta pelo Cinturão Meio Pesado do Strikeforce, que o dono era Sobral.[9]

Josh Thomson, que era esperado para unificar o Cinturão Peso Leve do Strikeforce com o campeão interino Gilbert Melendez, foi incapaz de lutar devido a uma lesão. Mitsuhiro Ishida o substituiu e a luta foi mudada para defesa de título interino de Melendez.[10]

Uma luta brevemente anunciada contando com Erin Toughill[11] foi cancelada. Ela se tornou a lutadora reserva no caso de Gina ou Cris serem incapaz de lutarem.[12]

O evento acumulou aproximadamente 576,000 telespectadores na Showtime.[13]

Resultados editar

Card Principal
Categoria Vencedor Perdedor Método Round Tempo Notas
Galos Femininos   Cristiane Justino derrotou   Gina Carano Nocaute Técnico (socos) 1 4:59 Pelo Cinturão Peso Pena Feminino do Strikeforce.
Meio Pesados   Gegard Mousasi derrotou   Renato Sobral (c) Nocaute (socos) 1 1:00 Pelo Cinturão Meio Pesado do Strikeforce.
Leves   Gilbert Melendez (ci) derrotou   Mitsuhiro Ishida Nocaute Técnico (socos) 3 3:56 Pelo Cinturão Interino Peso Leve do Strikeforce.
Pesados   Fabricio Werdum derrotou   Mike Kyle Finalização (guilhotina) 1 1:24
Card Preliminar
Meio Médios   Jay Hieron derrotou   Jesse Taylor Decisão Unânime (30–27, 30–27 e 30–27) 3 5:00
Leves   Justin Wilcox derrotou   David Douglas Finalização (mata leão) 3 3:16
Leves   Alexander Trevino derrotou   Isaiah Hill Finalização (keylock) 1 3:56
Meio Médios   James Terry derrotou   Zak Bucia Nocaute Técnico (chute na cabeça e socos) 1 1:23
Meio Pesados   Scott Lighty derrotou   Mike Cook Nocaute Técnico (soco no corpo) 1 2:05

Referências editar

Ligações Externas editar