Abrir menu principal
TV Escola
Associação de Comunicação Educativa Roquette Pinto- ACERP
Tipo Canal de televisão educativo
País Brasil
Fundação 4 de março de 1996
Pertence a ACERP
Proprietário Governo do Brasil
Cidade de origem Rio de Janeiro, RJ
Sede Rio de Janeiro, RJ
Estúdios Rio de Janeiro, RJ
Slogan É bom saber
Formato de vídeo
Canais irmãos TV INES
Cobertura Parte do país
Emissoras afiliadas
Cobertura internacional Partes da América Latina
Página oficial tvescola.org.br
Disponibilidade aberta e gratuita
Digital
Disponibilidade por satélite
Claro TV
Canal 08
Oi TV
  • Canal 24
  • Canal 25
Sky
Canal 21
Algar TV
Canal 694
Vivo TV
Nossa TV
Canal 16
Star One C2
3965 MHz @ 4069 ksps, Vertical (SDTV)
Disponibilidade por cabo
NET
Canal 08
Vivo TV
Canal 188
TVN
Canal 26
ViaCabo
Canal 14
Sim TV
Canal 07
Astro
Canal 07
CaboNNet
Canal 14
SP2
Canal 19
TCM
Canal 18
Canal 227
Adatel
Canal 17
TV Alphaville
Canal 308

TV Escola é um canal de televisão brasileiro fundado no dia 4 de março de 1996. Pertence à Acerp através de contrato de prestação de serviço. É transmitido em algumas localidades do Brasil pelas TVs abertas e em todo o país pelas antenas parabólicas digitais e TVs por assinatura. O canal serve para promover a capacitação e a atualização permanente dos professores do Brasil.[1]

HistóriaEditar

A emissora foi criada em setembro de 1995, indo ao ar oficialmente no dia 4 de março de 1996. Em dezembro de 2003, realizou uma das primeiras transmissões de TV digital por IP, através de um projeto experimental denominado TV Escola Digital Interativa (TVEDI). O canal esteve garantido por lei em todas as operadoras de TV por assinatura.[2]

A TV Escola exibiu 24 horas diárias de séries e programas educativos,[3] além de produzir programas voltados para os professores, como o Sala de Professor[4] e o Salto para o Futuro,[5] e outros programas voltados aos alunos, como o Hora do Enem.[6].Os programas produzidos foram distribuídos gratuitamente pela internet, podendo o usuário assistir online ou baixar os conteúdos.[3]

No dia 20 de abril de 2018, a TV Escola encerrou suas transmissões em sinal analógico no satélite StarOne C2, passando a contar somente com o seu sinal digital no mesmo satélite.

Em 12 de dezembro de 2019, é revelado que a TV Escola será encerrada por decisão do ministro da Educação Abraham Weintraub, que não renovou o contrato de gestão com a ACERP, associação que gere a emissora.[7] No dia seguinte à decisão, funcionários se desocupam e retiram equipamentos da sala do canal no Ministério da Educação, em Brasília, para acatar a uma liminar de 24 de outubro que pedia o despejo do local até 29 de novembro, sendo ingresso um mandado de segurança à Justiça Federal para que fosse garantido tempo a fim de encontrar uma locação adequada.[8][9] Posteriormente uma resposta a esta ação foi divulgada pela associação.[10]

ProgramasEditar

Produções própriasEditar

  • Hora do Enem
  • Anthony Knivet - Um Olhar Aventureiro Sobre a Colonização do Brasil
  • Revolta dos Cabanos
  • Guerra da Independência na Bahia
  • A Última Guerra do Prata
  • Terra Sem Males
  • Fabulosas Coleções do Seu Gonçalo
  • Ideias de Canário
  • De Onde Vem?
  • Chico na Ilha dos Jurubebas 1 e 2
  • Morte e Vida Severina
  • Paulo Freire - Contemporâneo
  • Rondon e os índios brasileiros
  • Contos de Machado (Um Apólogo, Miss Dollar, Aurora sem Dia)
  • Brasil 500 anos: Um novo mundo na TV
  • Breve História das Capitais Brasileiras
  • Toda Criança é Única
  • Mestres da Literatura
  • Patos, Asas e Balões
  • Todos podem aprender a ler e escrever
  • Matemática em Toda Parte 1 e 2
  • Sua Escola, Nossa Escola
  • Caminhos da Escola
  • Geração Saúde 1 e 2
  • ABC da Astronomia
  • Bits e Bytes: Que mundo é esse?
  • Cultura do Açúcar
  • Informática e Educação
  • Educadores
  • Atividade
  • Conhecendo Museus
  • Educação Fiscal e Cidadania
  • Educadores Brasileiros
  • Escolhi Viver Aqui
  • Fazendo Escola
  • Poetas do Repente
  • Ao Pé da Letra
  • 500 anos: O Brasil (Colônia na TV - Império na TV - República na TV)
  • Aula lá fora
  • Com Ciência
  • Índios no Brasil
  • Esporte na Escola
  • Mão na Forma
  • Um Mundo de Letras
  • Arte e Matemática
  • Além - Mar
  • Letra Viva
  • Os Exploradores de Kuont
  • A História do Brasil por Bóris Fausto
  • Matemática na Vida Razão e Proporção
  • Conversa de Professor
  • Meio Ambiente e Cidadania
  • Momento Brasil
  • Trama do Olhar
  • Uma TV Cheia de Histórias
  • Viagens de Leitura
  • Nossa língua portuguesa
  • Paisagens Brasileiras

Produções licenciadasEditar

Séries
  • Um Menino Muito Maluquinho (exibido até 30 de Novembro de 2014)
  • Invasão Plânkton (exibido até 28 de Novembro de 2014 na parte da manhã e da tarde, e até 25 de Fevereiro de 2016 apenas na parte da manhã e pela TV Brasil no mesmo ano aos domingos, às 14h50)
  • Punky
  • O que são as coisas?
  • Ecce Homo
  • As Aventuras do Príncipe I-Kooo (exibido até 28 de Novembro de 2014 na parte da manhã e da tarde, e até 25 de Fevereiro de 2016 apenas na parte da manhã)
  • Tempos de Rebeldia
  • Cosmos
  • Deu a Louca na História (exibido até 28 de Novembro de 2014 na parte da manhã e da tarde, e até 25 de Fevereiro de 2016 apenas na parte da manhã, porém retornou em 05 de Março de 2018)
  • Louie (2009-2014)
  • Teatro das Fábulas
  • Descobrindo a Ciência (Exibido em outra versão pela TV Cultura entre 18 de Maio de 2002 e 01 de Fevereiro de 2003, e pela TV Escola entre 2013 e 24 de Novembro de 2014 nas Segundas-Feiras, na parte da manhã e da tarde, retomando sua exibição de 06 de Abril de 2015 até 21 de Fevereiro de 2016 na parte da noite, às 21h30)
  • A História da Segunda Guerra Mundial
  • A Ascensão do Dinheiro
  • A Beleza dos Diagramas
  • Flipos
  • Animais a Sangue Frio
  • Pergunte a Lara (exibido até 27 de Novembro de 2014 nas Quintas-Feiras, na parte da manhã e da tarde, e até 24 de Fevereiro de 2016 apenas na parte da manhã)
  • Terra, Suor e Trabalho: A História da Agricultura no Reino Unido
  • Viajando aos Extremos
  • A Vida das Aves
  • Juro que vi
  • O Poder do Planeta
  • Uma Janela para a América Latina
  • Mouk
  • Contraptus
  • Os Cupins
Documentários
  • Nascidos em Bordéis
  • Apenas o Começo
  • Ônibus 174
  • Chomsky e Cia
  • Homem/Mulher: Duas Histórias
  • Eu, Estranho Personagem
  • Santos Dumont - O Homem Pode Voar
  • Arquitetura da Destruição
  • Tesla, Mestre dos Raios
  • Pássaros Mortos
  • Defamação
  • Pequenos Tormentos da Vida
  • A Cor do Som
  • Cataratas do Iguaçu
  • Machado do Brasil
  • O Velho Aquecedor
  • Neste Chão Tudo Dá

PrêmiosEditar

Prêmios em que o canal venceu
  • Dragão de Prata do II Festival Internacional do Filme Científico de Beijin (China) para Arte e Matemática - Episódio: "Ordem no Caos" na categoria Programas para a Juventude (2003)[11]
  • Prêmio SBGames na categoria Serious Game para Chico na Ilha dos Jurubebas (2014)
  • 7ª edição do Festival ComKids - Prix Jeunesse Iberoamericano - Categoria Interatividade para Chico na Ilha dos Jurubebas (2015)
Prêmios em que o canal foi indicado
  • Prêmios TAL - Categoria Produção Educativa Infantil para Os Exploradores de Kuont (2014)
  • Prêmios TAL - Categoria Produção Interativa para Os Exploradores de Kuont (2014)
  • Prêmios TAL - Categoria Produção Unitária para Um Apólogo (2014)
  • Prêmios TAL - Categoria Melhor Conteúdo Educativo para A Última Guerra do Prata (2015)
  • Prêmios TAL - Categoria Melhor Série Infantil para Fabulosas Coleções do Seu Gonçalo (2016)
  • Prêmios TAL - Categoria Melhor Conteúdo Educativo para Anthony Knivet - Um Olhar Aventureiro sobre a Colonização do Brasil (2016)

Referências

  1. «TV Escola, modo de usar - IPAE». www.ipae.com.br. Consultado em 8 de novembro de 2016 
  2. «Sky não consegue liminar e tem que incluir canais abertos na programação». convergenciadigital.uol.com.br. 20 de junho de 2013. Consultado em 8 de novembro de 2016 
  3. a b «TV Escola - Ministério da Educação». portal.mec.gov.br/tv-escola. Consultado em 8 de novembro de 2016 
  4. «TV Escola - Ministério da Educação». tvescola.mec.gov.br. Consultado em 8 de novembro de 2016 
  5. «TV Escola e o Programa Salto para o Futuro». www.educacao.rs.gov.br. Consultado em 8 de novembro de 2016 
  6. «Conheça». TV Escola. Consultado em 9 de março de 2017 
  7. Robson Bonin e Evandro Éboli (12 de dezembro de 2019). «Depois de 20 anos no ar, TV Escola vai acabar por obra de Weintraub». Veja. Consultado em 13 de dezembro de 2019 
  8. Paulo Saldaña (13 de dezembro de 2019). «Ministro despeja TV Escola do MEC e encerra contrato com Associação Roquette Pinto». Folha de S.Paulo. Consultado em 13 de dezembro de 2019 
  9. «Ministro Abraham Weintraub expulsa TV Escola do prédio do MEC». Roquette Pinto. 13 de dezembro de 2019. Consultado em 15 de dezembro de 2019 
  10. «RESPOSTA AO MEC – ENCERRAMENTO DE GESTÃO DA TV ESCOLA». Associação de Comunicação Educativa Roquette Pinto. TV Escola - Notícias. 14 de dezembro de 2019. Consultado em 15 de dezembro de 2019 
  11. «Programa co-produzido pela TV Escola ganha prêmio na China». memoria.ebc.com.br. 23 de março de 2003. Consultado em 8 de novembro de 2016 

Ligações externasEditar