Abrir menu principal

HistóriaEditar

Surgiu a partir da Fazenda Tamboré, que pertencia às famílias Álvares Penteado e Ulhôa Rodrigues. Na década de 60 foi fundada a Tamboré S/A, que iniciou o planejamento imobiliário.[1]

Lançado pela empresa Tamboré S/A em 1988, o empreendimento Tamboré I surgiu da necessidade de residenciais de alto padrão, impulsionada por Alphaville, bairro vizinho. Ocupando uma área de 1.800.000m², seus lotes eram vendidos a partir de 1.200m².[1] Devido ao sucesso do empreendimento houve a construção dos residenciais Tamboré II e III. Pouco tempo depois foi inaugurado o Shopping Tamboré, destinado à população dos condomínios e das cidades vizinhas.[1]

Iniciou seu processo de verticalização nos anos 2000.[3] Possui um câmpus da Universidade Paulista, Universidade Presbiteriana Mackenzie e em seus arredores está localizado o Campus Barueri da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

Pedido de emancipaçãoEditar

Tamboré juntamente com Alphaville tentaram emancipar-se criando um novo município através da junção dos dois bairros na década de 90[4], mas o processo não obteve êxito e foi arquivado.

Referências

  1. a b c d e «Nossa História». Consultado em 16 de outubro de 2010. Arquivado do original em 19 de dezembro de 2009 
  2. «Lei Complementar nº 1.139, de 16 de junho de 2011». Assembléia Legislativa do Estado de São Paulo. Consultado em 7 de outubro de 2016 
  3. «Tamboré: expansão em meio ao verde». Consultado em 16 de outubro de 2010. Arquivado do original em 7 de julho de 2009 
  4. «Processo de criação do município de Alphaville Tamboré na Comissão de Assuntos Municipais» (PDF). Diário Oficial do Estado de São Paulo