A Tecsat foi a primeira empresa totalmente nacional de DTH (Direct to Home) do Brasil. Era controlada pelo Grupo Tecsat, localizado em São José dos Campos, em São Paulo.

Tecsat
Empresa privada
Atividade Telecomunicações
Fundação 20 de março de 1991[1]
Encerramento 31 de dezembro de 2007
Sede São José dos Campos, São Paulo
Área(s) servida(s)  Brasil
Locais Cobertura nacional
Proprietário(s) Grupo Tecsat
Produtos Televisão por assinatura

HistóriaEditar

A Tecsat TV por Assinatura iniciou em 20 de março de 1991. Era uma marca da Tectelcom, uma empresa de São José dos Campos, que durante o início dos anos 90 havia sido uma importante fornecedora de antenas parabólicas e equipamentos de recepção. A Tecsat também foi a fabricante dos primeiros receptores da Globosat para o serviço em banda C. Porém, em 1996, por não conseguir acertar um contrato de fornecimento com a Sky ou com a DirecTV, portanto resolveu concorrer com elas e lançar sua própria operação de TV por assinatura.[1]

Inicialmente, a operadora contava com os canais da programadora HBO em seu line-up. Porém, no dia 30 de julho de 1999, a Tecsat foi pressionada a retirar os canais do ar, motivada por uma vistoria no número de assinantes que sequer foi divulgado[2]. O caso foi parar nas páginas judiciais no dia 9 de agosto do mesmo ano, onde a operadora pedia a volta dos canais[3]. Em 22 de setembro, HBO e DirecTV anunciaram um contrato de exclusividade, visando transmitir os principais canais da programadora[4].

Com isso, em 2000 a Tecsat estreou como programadora e lançou os canais de filmes TecCine e CineHouse, com filmes antigos exibidos pela Rede Bandeirantes (atualmente, esses filmes são exibidos pela TV Cultura). No mesmo ano, o canal The Weather Channel retirou seu sinal da Tecsat por falta de pagamento. Mas, segundo a assessoria da Tecsat, o motivo foi sua troca pelo canal Climatempo.[5]Neste mesmo ano, a empresa entrou em concordata.[6] Nos anos seguintes, a operadora também teve como canais exclusivos o esportivo NSC, a Rede NGT, Hallmark, TCM e os canais adultos CineSex e Canal Adulto.

Em 2006, uma greve de cerca de 300 trabalhadores parou a produção de antenas e receptores. Os operários reclamavam de quatro meses de atraso nos salários e que a empresa não estava depositando o FGTS.[7]

Em 2007, com pouco menos de 60 mil assinantes, a empresa não conseguiu se recuperar e teve seu sinal retirado do ar em 2007, ao fim do contrato com o fornecedor de satélite Intelsat.[6]

Referências

  1. a b Samuel Possebon. TV por assinatura: 20 anos de evolução. Samuel Possebon; 2009. ISBN 978-85-909664-0-1. p. 130.
  2. «Folha de S.Paulo - HBO bloqueia canais da operadora Tecsat - 30/07/99». www1.folha.uol.com.br. Consultado em 28 de setembro de 2015 
  3. «Briga entre Tecsat e HBO vai parar na Justiça». Consultado em 28 de setembro de 2015 
  4. «Folha de S.Paulo - Outro canal: Canais HBO tornam-se exclusivos da DirecTV - 22/09/1999». www1.folha.uol.com.br. Consultado em 28 de setembro de 2015 
  5. Anna Lee (1 de Fevereiro de 2000). «Weather Channel tira seu sinal da Tecsat». Folhas. Consultado em 1 de janeiro de 2014 
  6. a b Samuel Possebon. TV por assinatura: 20 anos de evolução. Samuel Possebon; 2009. ISBN 978-85-909664-0-1. p. 172.
  7. «Greve pára a produção de antenas e receptores na Tecsat». Estadão. 12 de Setembro de 2006. Consultado em 1 de janeiro de 2014 

Ligações externasEditar