Abrir menu principal
Climatempo
Rede Climatempo de Meteorologia
País  Brasil
Fundação 1999
Pertence a Terra
Cidade de origem Bandeira de São Paulo (SP) São Paulo, SP
Sede Bandeira de São Paulo (SP) São Paulo, SP
Slogan O Céu fala. A gente entende.
Formato de vídeo 480i (SDTV)
1080i (HDTV)
Cobertura  Brasil
Página oficial www.climatempo.com.br
Disponibilidade por satélite
Oi TV
Canal 189 (Satélite SES-6)
Vivo TV
Canal 87 (Satélite Intelsat 34)
Canal 409
Sky
Canal 170
Nossa TV
Canal 47
Disponibilidade por cabo
NET
Canal 251 (iTV)
Vivo TV
Canal 38 (Foz do Iguaçu)
Canal 43 (Florianópolis)
Vivo TV Fibra
Canal 589

Climatempo é uma empresa brasileira que oferece serviços de Meteorologia, sediada na Vila Mariana, em São Paulo, SP.[1]

O embrião do que viria a ser o Climatempo surgiu na década de 1980 pelos meteorologistas Carlos Magno e Ana Lúcia Frony, recém-chegados do Rio de Janeiro.[1] A empresa, criada em 1988 no bairro da Aclimação, com um capital de cerca de dez mil dólares, em 2013, 25 anos após, já possuía uma previsão anual de faturamento na casa de dezessete milhões de reais.[1]

ServiçosEditar

O Climatempo gerou diversos serviços, tais como um portal de internet, um aplicativo para smartphones e tablets,[1] além da TV Climatempo. Em 18 de fevereiro de 2019, a empresa foi comprada em 51% pela norueguesa StormGeo, além de comprar 30% da TV Climatempo.[2]

TV ClimatempoEditar

A TV Climatempo tem como objetivo mostrar aos espectadores o tempo no Brasil, passando boletins de hora em hora apresentados por Maria Clara Machado e Luiz Henrique Casoni. Passa previsão para mais de cem cidades e além disso, passa-se a previsão de cinco dias para as capitais. E as informações da sua cidade embaixo da tela, que são sempre atualizadas, informam o que está acontecendo em sua e outras cidades, como por exemplo, se a umidade do ar está baixa. Também há informações interativas e customizáveis.

O canal era nacionalmente conhecido por ser distribuído pela Sky, após a classificação da Ancine para canal "superbrasileiro" ele foi incluído no pacote básico da operadora, dias após a mesma agência reguladora revogou a classificação fazendo com que o canal parasse de ser distribuído pela operadora em 13 de janeiro de 2013.[3] Em 1.° de janeiro de 2016, a TV Climatempo voltou para a Sky, no canal 106 (atualmente no canal 170).

A TV Climatempo começa 2016 chegando a nove milhões de lares. O canal acaba de fechar sua entrada nos line-ups da Sky e da Vivo, que juntas somam quase sete milhões de assinantes. O canal também renovou seu contrato com a GVT (hoje Vivo) e a Oi. O canal estava fora da Sky desde 2013, após doze anos sendo carregado pela operadora. O canal está nos pacotes básicos de programação.

Referências

  1. a b c d Júlia Gouveia (27 de setembro de 2013). «Climatempo completa 25 anos de atividades». VEJA SÃO PAULO. Consultado em 10 de dezembro de 2013 
  2. «Empresa norueguesa compra 51% da brasileira Climatempo». G1. 18 de fevereiro de 2019. Consultado em 18 de fevereiro de 2019 
  3. «Climatempo sai da Sky em janeiro». Tela Viva. 13 de dezembro de 2012. Consultado em 15 de dezembro de 2012. Arquivado do original em 7 de janeiro de 2014 

Ligações externasEditar