Abrir menu principal
Terra Celta
Terra Celta ao vivo em Uberlândia em 2010. Edgar Nakandakari está na esquerda e Elcio Oliveira está na direita. Atrás deles está Luiz Fernando Sardo. Bruno Guimarães (extrema direita) e Alexandre Garcia (extrema esquerda) aparecem parcialmente. Eduardo Brancalion não é mostrado.
Informação geral
Origem Londrina, Paraná
País  Brasil
Gênero(s) Música celta, folk rock, rock cômico
Período em atividade 2005-atualmente
Integrantes Elcio Oliveira
Alexandre "Arrigo" Garcia
Edgar Nakandakari
Luiz Fernando Sardo
Eduardo Brancalion
Bruno Guimarães

Terra Celta é uma banda brasileira de folk rock, fundada em 2005. O grupo faz música irlandesa e celta com letras em português (inicialmente em inglês), geralmente humorísticas,[1][2][3][4] e costuma subir ao palco vestido à caráter, ou seja, com trajes típicos celtas.[3][5] Além de tocar músicas irlandesas, eles também pesquisam sobre o assunto, frequentando shows e festivais de música celta na Europa.[6]

HistóriaEditar

Todos os membros moram em Londrina, mas nem todos nasceram lá: Alexandre é de Astorga, Edgar vem de Limeira, Bruno vem de Jundiaí e Elcio vem de Sorocaba.[6] Em 2005, Elcio (que também é clínico geral em um posto de saúde de Londrina[5]) esteve em São Paulo e encontrou Ricardo (Rik) Dias, que já trabalhava com música celta.[6] Na capital paulista, eles foram a um show da banda irlandesa The Murphy's Law e Elcio decidiu que iria montar uma banda similar.[6] Quando voltou para Londrina, juntou-se a seu conhecido Alexandre, recrutaram mais músicos e formaram a banda, nesta época, ainda sem Bruno e Eduardo.

Começaram a fazer shows por casas em Londrina, que ficavam sempre lotadas.[6] Chegaram os novos membros Bruno e Eduardo, e a banda começou a trabalhar músicas em português - a primeira foi "O Porco" (Rik Dias).[6] No início, a banda tinha de comprar seus instrumentos no exterior ou então pedir que amigos os trouxessem de outros países; isso deixou de ser necessário uma vez que a banda os compra pela internet.[7]

O primeiro álbum da banda, No Sintoma, possuía apenas regravações de músicas típicas instrumentais ou em língua inglesa. Já o segundo, lançado em 2010, trouxe composições próprias e em português. Chama-se Folkatrua, título que é um trocadilho ("Folk" + "falcatrua") baseado no fato de que a banda não toca exclusivamente música folk, apesar de muitos os rotularem como tal.[6] Todas as faixas de ambos os álbuns estão disponíveis para download gratuito no site oficial da banda. Já Terra Celta, lançado em 2016, conta com algumas faixas de Folkatrua e outros singles. Em setembro de 2017 lançaram o single Gaia em homenagem à tragédia ambiental de Mariana (MG).

Em 2014, a banda tocou na sexta edição do Rock in Rio Lisboa[4][7] e no ano seguinte, tocou no Rock in Rio Las Vegas.[8]

Em 2018, a banda se apresentou no Odin's Krieger Fest nas edições de Curitiba, Porto Alegre e São Paulo, que contaram também com apresentações das bandas Faun e Metsatöll e outras nacionais como Confraria da Costa.[9]

IntegrantesEditar

DiscografiaEditar

ÁlbunsEditar

SinglesEditar

  • Ressaca (2013)
  • Era uma Vez (2013)
  • Nau dos Amores (2013)
  • A Torre (2015)
  • Um Outro Lugar (2016)
  • Gaia (2017)
  • Mulher Maravilha (2019)

Referências

  1. «Banda mistura músicas irlandesas com baião e rock em Ribeirão Preto». G1. 15 de março de 2013. Consultado em 24 de março de 2013 
  2. «Terra Celta, rock, sertanejo univesitário e MPB agitam a noite de sexta-feira em Londrina». O Diário. 2 de setembro de 2011. Consultado em 25 de janeiro de 2013. Arquivado do original em 30 de dezembro de 2014 
  3. a b Sobre a banda. Site oficial. Acessado em 25 de janeiro de 2013.
  4. a b Medeiros, Jotabê (1 de Junho de 2014). «Banda brasileira ensandece público no Rock in Rio Lisboa». O Estado de S.Paulo. Grupo Estado. Consultado em 30 de Dezembro de 2014 
  5. a b Chagas, Mayra (2 de dezembro de 2012). «Médico chama atenção pelo estilo que adota no trabalho e no palco». Revista RPC. Rede Globo. Consultado em 25 de janeiro de 2013 
  6. a b c d e f g Coghi, Cristina (30 de dezembro de 2011). «Terra Celta traz mistura de instrumentos exóticos e muita alegria». Cesta de Música. CBN. Consultado em 25 de janeiro de 2013. Arquivado do original em 30 de dezembro de 2014 
  7. a b Brunetti, Itaici (12 de Dezembro de 2014). «Sabe o que é Bouzouk, Hurdy Gurdy ou Nyckelharpa? Terra Celta te explica». Vírgula. Grupo Folha. Consultado em 30 de Dezembro de 2014 
  8. «Rock in Rio EUA estreia nesta sexta em Las Vegas com No Doubt e Maná». G1. G1. 8 de maio de 2015. Consultado em 5 de abril de 2017 
  9. «Odin's Krieger Fest: Faun e Metsatöll são principais atrações da Wolfenforest Edition – Portal Metal Revolution». metalrevolution.net (em inglês). Consultado em 11 de junho de 2018 

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre uma banda ou grupo musical é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.