Abrir menu principal

Território (animal)

(Redirecionado de Territorialidade)
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde agosto de 2013). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Território (desambiguação).
Mirounga angustirostris lutando por território e fêmeas.

Em etologia e sociobiologia, o termo território refere-se a qualquer área sociogeográfica que um animal de uma determinada espécie defende consistentemente contra outros indivíduos da mesma espécie (e, ocasionalmente, de outras espécies).[1][2] Animais que defendem territórios desta forma são chamados de territoriais.[3]

Cães de guarda protegem território. Comportamento territorial.

Animais territoriais defendem áreas que contenham um ninho, toca ou local de acasalamento, e fontes de alimento suficientes para si e para as suas crias. A defesa do território raramente toma a forma de uma luta; mais frequentemente consiste de exibições de aviso ou ameaça, que podem ser visuais, auditivas ou olfactivas.

HistóriaEditar

O conceito de territórios animais foi introduzido pela primeira vez pelo ornitólogo britânico Eliot Howard num livro publicado em 1920. Na década de 1930 essa noção foi desenvolvida pela ornitóloga norte-americana Margaret Morse Nice através do estudo do comportamento da espécie Melospiza melodia.

Notas

Referências

  1. «Territory | ecology». Encyclopedia Britannica (em inglês). Consultado em 27 de abril de 2019 
  2. Burigana, Fabio; Pellicano, Daniele (18 de maio de 2016). «The Map and the Territory: Complexity in Biology». World Futures. 72 (3-4): 154–162. ISSN 0260-4027. doi:10.1080/02604027.2016.1208039 
  3. «Territorial behaviour | biology». Encyclopedia Britannica (em inglês). Consultado em 27 de abril de 2019 
  Este artigo sobre Biologia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.