Abrir menu principal
The King and I
O Rei e Eu (PRT/BRA)
Poster Português do Filme
 Estados Unidos
1999 •  cor •  89 min 
Direção Richard Rich
Produção Peter Bakalian
Arthur Rankin
James G. Robinson
Roteiro Peter Bakalian
Jacqueline Feather
David Seidler
Baseado em Anna and the King of Siam por Margaret Landon
The King and I por Richard Rodgers e Oscar Hammerstein II
Elenco Miranda Richardson
Martin Vidnovic
Ian Richardson
Darrell Hammond
Gênero animação
musical
drama
Música Richard Rodgers
Oscar Hammerstein II
Edição Joe Campana
Paul Murphy
Companhia(s) produtora(s) Morgan Creek Productions
Nest Entertainment
Rankin/Bass Productions
Rich Animation Studios
Distribuição Warner Bros.
Lançamento Estados Unidos 19 de Março de 1999
Idioma inglês
Orçamento $25 milhões
Receita $12 milhões
Página no IMDb (em inglês)

The King and I (título em português: O Rei e Eu) é o filme de animação musical norte-americano de 1999 dirigido por Richard Rich. Foi produzido pela Morgan Creek Productions e distribuído pela Warner Bros. Pictures. O diretor deste filme dirigiu o conhecido filme The Swan Princess.

EnredoEditar

A inglesa Anna Leonowens que junto com seu filho de 10 anos, Louis, viaja de Londres para o exótico reino do Sião, em 1863. Contratada para lecionar as crianças do reino, Anna logo descobre que seu maior desafio será domar o obstinado e autoritário imperador de Sião. Ao mesmo tempo em que cresce a amizade entre a governanta e o arrogante monarca, um feiticeiro malvado conspira pra roubar o trono.

MúsicasEditar

  • "I Whistle a Happy Tune"
  • "Hello, Young Lovers"
  • "Getting to Know You"
  • "Shall I Tell You What I Think of You?"
  • "A Puzzlement"
  • "I Have Dreamed"
  • "Prayer to Buddha"
  • "Anna Remembers/Shall We Dance Fantasy"
  • "Shall We Dance? (Finale)"
  • "I Have Dreamed/We Kiss in a Shadow/Something Wonderful"

DistribuiçãoEditar

No Brasil o filme foi editado em VHS, na sua versão dublada bem como foi emitido na televisão.

Em Portugal o filme saiu primeiro que nos EUA, sendo a dobragem feita em novembro de 1998 e VHS lançada a Janeiro de 1999 a cargo da distribuidora ZON Lusomundo.

Nos dois países o filme nunca teve edição oficial nem em DVD, nem em formato digital.

CríticaEditar

O Rei e Eu, recebeu críticas negativas e uma avaliação de 13% no Rotten Tomatoes. O historiador Thomas Hischak escreveu que era "surpreendente pensar que a Organização Rodgers & Hammerstein permitiu que este filme fosse feito ... as crianças desfrutaram do Rei bem como eu por cinco décadas, sem depender de dragões dançantes". Hischak, no seu trabalho The Oxford Companion para o American Musical: Theater, Film, and Television, diz que o filme é "facilmente o pior tratamento de qualquer propriedade de Rodgers e Hammerstein". Roger Ebert deu 2 estrelas de 4 e sentiu que adaptações animadas de musicais têm potencial, mas achou o filme bastante monótono.

A Warner recebeu o filme como uma bomba para o seu orçamento, não tendo qualquer tipo de lucro com o filme. De salientar que a Warner não fez nenhum screen test (sessão) antes da estreia do filme pois estava confiante tanto nesta produção como em Quest to Camelot dado o sucesso do filme Iron Giant. Curiosamente tanto The King and I e Quest to Camelot fracassaram no cinema.

Ligações externasEditar