Abrir menu principal

The Rain People

filme de 1969 dirigido por Francis Ford Coppola
The Rain People
Chove no Meu Coração (PRT)
Caminhos Mal Traçados (BRA)
The Rain People.jpg
 Estados Unidos
1969 •  cor •  101 min 
Direção Francis Ford Coppola
Roteiro Francis Ford Coppola
Elenco Shirley Knight
James Caan
Robert Duvall
Marya Zimmet
Género drama
Idioma inglês

The Rain People é um filme de 1969 dirigido por Francis Ford Coppola. Juntamente com Shirley Knight, os principais actores são James Caan e Robert Duvall, que trabalhariam mais tarde com Coppola em O Poderoso Chefão. O futuro diretor de cinema e amigo de Coppola, George Lucas, trabalhou como ajudante neste filme, e fez um pequeno documentário, o Filmmaker, sobre isso. O filme também ganhou a Golden Shell no Festival de Cinema de San Sebastian de 1969.

O filme recebeu críticas iniciais contraditórias, mas a recepção mais recente é frequentemente positiva.

O DVD da Warner Archive atualmente em circulação parece ser derivado duma película de 16 mm.

Índice

Resumo do enredoEditar

A dona de casa Natalie Ravenna (Shirley Knight) decide fazer uma pausa no casamento depois de saber que está grávida. Ela vagueia pelos Estados Unidos tentando lidar com a noção de ser responsável. Durante a viagem, ela encontra um homem estranhamente chamado Killer (James Caan) com um passado que ele não está pronto para revelar. Isso leva Natalie a perguntar-se: deveria ela ficar com Killer ou voltar para o marido, Vinny? As coisas ficam ainda mais complicadas quando Natalie se envolve com um bonito mas solitário patrulheiro rodoviário Gordon (Robert Duvall).

ElencoEditar

  • Shirley Knight como Natalie Ravenna
  • James Caan como Jimmy "Killer" Kilgannon
  • Robert Duvall como Gordon
  • Marya Zimmet como Rosalie
  • Tom Aldredge como o Sr. Alfred
  • Laura Crews como Ellen
  • Andrew Duncan como Artie
  • Margaret Fairchild como Marion
  • Sally Gracie como Beth
  • Alan Manson como Lou
  • Robert Modica como Vinny Ravenna

ProduçãoEditar

O filme serviu de veículo para Duvall e Caan que na época viviam e fizeram alguns filmes juntos. posteriormente, eles e Coppola se juntaram no filme O Poderoso Chefão.[carece de fontes?]

RecepçãoEditar

Roger Ebert do Chicago Sun-Times deu ao filme quatro estrelas em quatro e comparou a peregrinação de Natalie Ravenna à da personagem de Peter Fonda em Easy Rider, considerando-as "descendentes directas do mais típico peregrino americano, Huckleberry Finn ", concluindo que "É difícil dizer se o filme dele é bem-sucedido ou não. Isso é o interessante sobre muitos dos novos realizadores norte-americanos experimentais. Eles preferem fazer coisas interessantes e fazer observações provocativas do que tentar ultrapassar John Ford no seu caminho para o Grande Filme Americano." [1]

De acordo com o TVGuide.com, "Esta odisseia esquisita não foi um sucesso, apesar de, ao longo dos anos, ter sido considerada um dos filmes mais pessoais de Coppola e ter gerado alguns seguidores".[2] Margarita Landazuri escreve no site TCM.com: "adquiriu um estatuto de culto como um dos primeiros filmes feministas pelo seu tratamento provocativo de uma mulher que busca sua própria identidade".[3] No presente, a obra tem 82% de aprovação no Rotten Tomatoes .[4] Em 2015, David Canfield nomeou The Rain People como um dos cinco melhores filmes de Coppola, chamando-o de "hipnótico".[5]

Referências

Ligações externasEditar

NotasEditar

  • Este artigo foi inicialmente traduzido do artigo da Wikipédia em inglês, cujo título é «The Rain People».