George Lucas

cineasta americano
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados de pelo futebolista brasileiro, veja George Lucas (futebolista).
George Lucas
George Lucas em 2013.
Nome completo George Walton Lucas Jr.
Nascimento 14 de maio de 1944 (75 anos)
Modesto, Califórnia, Estados Unidos
Nacionalidade norte-americano
Ocupação Produtor, Diretor e Roteirista
Atividade 1965-presente
Cônjuge Marcia Lucas (1969-1983)
Mellody Hobson (2013-presente)
Filho(s) 4 (incluindo Amanda, Katie e Jett)
Oscares da Academia
Irving G. Thalberg Memorial Award
1992 - Prémio Honorário
Prémios BAFTA
Prêmio Stanley Kubrick Britannia
2002 - Prémio Honorário
Outros prêmios
American Film Institute
2005 - AFI Honorário

Prêmio Saturno
1978 - Melhor Diretor - Star Wars
1978 - Melhor Roteiro - Star Wars

George Walton Lucas Jr. (Modesto, 14 de maio de 1944) é um produtor cinematográfico, filantropista, roteirista e diretor de cinema norte-americano. Mundialmente famoso como criador das franquias Star Wars e Indiana Jones, Lucas está entre as pessoas mais ricas e influentes do mundo, com fortuna estimada em 5 bilhões de dólares.[1]

BiografiaEditar

George Walton Lucas Jr. nasceu em Modesto, Califórnia EUA, filho de Dorothy e George Lucas. Era um apaixonado por automóveis, mas um terrível acidente pôs fim a este desejo e mudou a sua maneira de ver a vida.

O pai de Lucas possuía uma papelaria[2] e queria que George trabalhasse para ele quando completasse 18 anos. Lucas estava planejando ir para a escola de arte e declarou ao sair de casa que seria milionário aos 30 anos.[3][nota 1] Ele frequentou o Modesto Junior College, onde estudou antropologia, sociologia e literatura, entre outros assuntos.[5] Ele também começou a filmar com uma câmera 8 mm, incluindo filmagens de corridas de carros.[5] Nesse momento, Lucas e seu amigo John Plummer interessaram-se pelo Canyon Cinema: exibições de produtores de filmes subterrâneos de vanguarda de 16 mm, como Jordan Belson, Stan Brakhage e Bruce Conner.[6] Lucas e Plummer também viram filmes europeus clássicos da época, incluindo À bout de souffle, de Jean-Luc Godard, Jules et Jim, de François Truffaut, e de Federico Fellini.[6] "Foi quando George realmente começou a explorar", disse Plummer.[6] Por seu interesse em corridas de autocross, Lucas conheceu o renomado cineasta Haskell Wexler, outro entusiasta da corrida.[5][6] Wexler, depois de trabalhar com Lucas em várias ocasiões, ficou impressionado com o talento de Lucas.[5] "George tinha um olho muito bom e pensava visualmente", lembrou.[6]

Durante a década de 60, Lucas estudou cinema na Universidade da Califórnia do Sul, uma das primeiras a ter uma cadeira dedicada a essa temática, onde conheceu Francis Ford Coppola. Nessa época fez uma série de pequenos filmes, entre os quais, um curta, THX-1138, que iria se tornar mais tarde a sua primeira longa-metragem.

Após fazer a graduação, fundou o estúdio American Zoetrope, em parceria com Coppola, companhia que tinha por objectivo ajudar os realizadores a criar filmes de forma livre, fora do circuito opressivo de Hollywood. A Zoetrope não teve sucesso, mas com o dinheiro realizado com Loucuras de Verão e Guerra nas Estrelas, Lucas conseguiu montar a sua própria companhia, a Lucasfilm, a qual pôs à venda em 2012 fechando negócio com a Disney por 4 bilhões de dólares.[7] As sub-divisões desta empresa, "Skywalker Sound" e "Industrial Light & Magic" tornaram-se das mais respeitadas em seus campos, respectivamente, o de som e o de efeitos especiais. Também a "Lucasfilm Games", mais tarde rebatizada de "LucasArts", foi muito bem vista na indústria dos jogos de computador.

Lucas foi multado pelo sindicato dos diretores por pôr os créditos dos filmes apenas no fim do filme original de Guerra nas Estrelas. Após ter pago a multa abandonou a organização.

Vida pessoalEditar

Em 1969, George casou-se com a editora de cinema Marcia Lou Griffin,[8] que ganhou um Oscar por seu trabalho de edição no filme original de Guerra nas Estrelas. Eles adotaram uma filha, Amanda Lucas, em 1981[9] e se divorciaram em 1983.[8] Lucas posteriormente adotou mais dois filhos como pai solteiro: a filha Katie Lucas, nascida em 1988, e o filho Jett Lucas, nascido em 1993.[9] Seus três filhos mais velhos apareceram nas três prequelas de Guerra nas Estrelas, assim como o próprio Lucas. Após o divórcio, Lucas teve um relacionamento com a cantora Linda Ronstadt na década de 1980.[10][11] Em 2006, iniciou um romance com a empresária Mellody Hobson, presidente da Ariel Investments e presidente do conselho de administração da DreamWorks Animation, em 2006.[12][13][14] Lucas e Hobson anunciaram seu noivado em janeiro de 2013,[15] e em 22 de junho de 2013, os dois se casaram no Rancho Skywalker de Lucas, em Marin County, Califórnia.[8] O casal tem uma filha, Everest Hobson Lucas, nascida em 9 de Agosto de 2013, via barriga de aluguel.[16]

George nasceu e foi criado em uma família metodista.[5] Os temas religiosos e míticos em Guerra nas Estrelas foram inspirados pelo interesse de Lucas nos escritos do mitólogo Joseph Campbell,[17] e ele acabou se identificando fortemente com as filosofias religiosas orientais que estudou e incorporou em seus filmes, que foram uma grande inspiração para "a Força". Lucas chegou a afirmar que sua religião é "metodista budista". Ele reside em Marin County.[18][19]

Lucas é um grande colecionador do ilustrador e pintor americano Norman Rockwell. Uma coleção de 57 pinturas e desenhos de Rockwell, propriedade de Lucas e seu colega colecionador e diretor de cinema Steven Spielberg, foi exibida no Smithsonian American Art Museum de 2 de julho de 2010 a 2 de janeiro de 2011 em uma exposição intitulada Telling Stories.[20]

FilantropiaEditar

George prometeu dedicar metade de sua fortuna à caridade como parte de um esforço chamado The Giving Pledge, liderado por Bill Gates e Warren Buffett, para persuadir os indivíduos mais ricos da América a doar sua riqueza financeira para instituições de caridade.[21][22]

George Lucas Educational FoundationEditar

Em 1991, a Fundação Educacional George Lucas foi fundada como uma fundação operacional sem fins lucrativos para celebrar e incentivar a inovação nas escolas. O conteúdo da Fundação está disponível sob a marca Edutopia, em um site premiado, nas mídias sociais e em documentários. Lucas, por meio de sua fundação, foi um dos principais defensores do programa E-rate no fundo de serviço universal,[23] que foi promulgado como parte da Ato de Telecomunicações de 1996. Em 24 de junho de 2008, Lucas testemunhou perante o subcomitê de Telecomunicações e Internet da Câmara dos Deputados dos Estados Unidos como chefe de sua Fundação para defender uma rede educacional de banda larga sem fio gratuita.[24]

Produto da venda da Lucasfilm para a DisneyEditar

Em 2012, George vendeu a Lucasfilm para a Walt Disney Company por uma quantia relatada de US $ 4,05 bilhões.[25] Foi amplamente divulgado na época que Lucas pretende doar a maior parte dos lucros da venda para instituições de caridade.[26][27] Um porta-voz da Lucasfilm disse: "George Lucas expressou sua intenção, no caso de o negócio fechar, doar a maior parte da receita para seus esforços filantrópicos".[27] Lucas também falou sobre o assunto: "Por 41 anos, a maior parte do meu tempo e dinheiro foi investida na empresa. Ao iniciar um novo capítulo em minha vida, é gratificante ter a oportunidade de dedicar mais tempo e recursos à filantropia."[27]

Museu Lucas de Arte NarrativaEditar

Em junho de 2013, Lucas estava pensando em estabelecer um museu, o Lucas Cultural Arts Museum, a ser construído em Crissy Field, perto da Ponte Golden Gate, em São Francisco, que exibiria sua coleção de ilustrações e pop art, com um valor estimado superior a US $1 bilhão. Lucas se ofereceu para pagar o custo estimado de US $300 milhões na construção do museu e daria a ele US $400 milhões quando aberto, eventualmente adicionando US $400 milhões adicionais à sua doação.[28] Depois de não conseguir chegar a um acordo com The Presidio Trust, Lucas voltou-se para Chicago.[29] Um potencial local à beira do lago no Museum Campus, em Chicago, foi proposto em maio de 2014.[30] Em junho de 2014, Chicago havia sido selecionada, aguardando aprovação da Comissão do Plano de Chicago,[31] que foi concedida.[32] O projeto do museu foi renomeado para Lucas Museum of Narrative Art.[33] Em 24 de junho de 2016, Lucas anunciou que estava abandonando seus planos de localizar o museu em Chicago, devido a uma ação de um grupo local de preservação, Friends of the Parks, e que, em vez disso, construiria o museu na Califórnia.[34] Em 17 de janeiro de 2017, Lucas anunciou que o museu será construído em Exposition Park, Los Angeles, Califórnia.[35]

Outras iniciativasEditar

Em 2005, Lucas doou US $1 milhão para ajudar a construir o Memorial Martin Luther King Jr. no National Mall em Washington, D.C. para comemorar o líder norte-americano de direitos civis Martin Luther King Jr.[36]

Em 19 de setembro de 2006, a USC anunciou que Lucas havia doado US $175-180 milhões para sua alma mater para expandir a escola de cinema. É a maior doação individual para a USC e o maior presente para uma escola de cinema em qualquer lugar.[37] Doações anteriores levaram ao Prédio Instrucional George Lucas já existente e ao Prédio de Pós-Produção Marcia Lucas.[38][39]

Em 2013, Lucas e sua esposa Mellody Hobson doaram US $25 milhões para o After School Matters, sem fins lucrativos, com sede em Chicago, do qual Hobson é o presidente.[40]

Em 15 de Abril, de 2016, foi relatado que Lucas havia doado entre US $501,000 e US $1 milhões por meio da Fundação Lucas à Fundação Obama, que está encarregada de supervisionar a construção do Obama Presidential Center Barack em South Side, Chicago.[41]

Filmografia selecionadaEditar

 Ver artigo principal: Filmografia de George Lucas
Ano Título Título no Brasil Título em Portugal Cargos
1970 THX 1138 THX 1138 Diretor, Roteirista
1973 American Graffiti Loucuras de Verão American Graffiti: Nova Geração
1977 Star Wars: Episode IV - A New Hope Star Wars: Episódio IV - Uma Nova Esperança
1980 Star Wars: Episode V - The Empire Strikes Back Star Wars: Episódio V - O Império Contra-Ataca Produtor executivo, Roteirista
1981 Raiders of the Lost Ark Os Caçadores da Arca Perdida Os Salteadores da Arca Perdida Produtor, Roteirista
1983 Star Wars: Episode VI - Return of the Jedi Star Wars: Episódio VI - O Retorno do Jedi Star Wars: Episódio VI - O Regresso de Jedi
1984 Indiana Jones and the Temple of Doom Indiana Jones e o Templo da Perdição Indiana Jones e o Templo Perdido
Caravan of Courage: An Ewok Adventure Caravana da Coragem: Aventura de Ewok A Caravana da Coragem: Uma Aventura Ewok Roteirista
1986 Howard the Duck Howard, O Super Herói Produtor
Labyrinth Labirinto - A Magia do Tempo
1987 Willow Willow - Na Terra Da Magia Willow Roteirista, produtor
1989 Indiana Jones and the Last Crusade Indiana Jones e a Última Cruzada Indiana Jones e a Grande Cruzada Produtor executivo, Roteirista
1999 Star Wars: Episode I - The Phantom Menace Star Wars: Episódio I - A Ameaça Fantasma Diretor, Roteirista
2002 Star Wars Episode II: Attack of the Clones Star Wars: Episódio II - Ataque dos Clones
2005 Star Wars: Episode III - Revenge of the Sith Star Wars: Episódio III - A Vingança dos Sith Diretor, Roteirista, Ator (Barão Papanoida)
2008 Indiana Jones and the Kingdom of the Crystal Skull Indiana Jones e o Reino da Caveira de Cristal Produtor

Prémios e nomeaçõesEditar

Notas

  1. Ele se tornou um milionário aos 28 anos após vender American Graffiti aos cinemas.[4]

Referências

  1. «The World's Billionaires» (em inglês). Forbes. Consultado em 7 de janeiro de 2013 
  2. «George Lucas Biography (1944–)». FilmReference.com 
  3. Jones 2016, p. 36.
  4. Jones 2016, p. 161.
  5. a b c d e Pollock, Dale, Skywalking: The Life and Films of George Lucas, Harmony Books, New York, 1983, ISBN 0-517-54677-9
  6. a b c d e «Life After Darth». Wired 
  7. Site da Folha de S. Paulo http://www1.folha.uol.com.br/ilustrada/1178773-george-lucas-quer-doar-maior-parte-dos-us-4-bi-que-ganhara-com-venda-da-lucasfilm.shtml  Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  8. a b c Billups, Andrea. «George Lucas Marries Mellody Hobson». People. Cópia arquivada em 16 de dezembro de 2013 
  9. a b «Newlyweds George Lucas and Mellody Hobson welcome a baby girl». Los Angeles Times 
  10. «What's New with Linda Ronstadt? She's Singing Her Love Songs to Star Wars Czar George Lucas». People 
  11. «AT LUNCH WITH: Linda Ronstadt; And This Is What 48 Looks Like». The New York Times 
  12. Kapos, Shia. «Taking Names: Stars in Chicago, but finding love elsewhere». Chicago Business 
  13. Germain, David. «"Indy" survives Cannes critics». The Denver Post via AP 
  14. «Red Carpet at the Golden Globes». The New York Times 
  15. «George Lucas Engaged to DreamWorks Animation Chairman Mellody Hobson». The Hollywood Reporter 
  16. «Everest Hobson Lucas Born To George Lucas And Mellody Hobson». Huffington Post 
  17. «George Lucas – About George Lucas – American Masters – PBS». pbs.org 
  18. «Director: So, What's the Deal with Leia's Hair?». Time 
  19. «The Religious Affiliation of Director George Lucas». Adherents.com 
  20. «Exhibitions: Telling Stories». Smithsonian American Art Museum  Verifique data em: |arquivodata= (ajuda)
  21. «Gates, Buffett get 40 pledges». Boston Globe. AP 
  22. «George Lucas & Mellody Hobson» (PDF). The Giving Pledge. My pledge is to the process; as long as I have the resources at my disposal, I will seek to raise the bar for future generations of students of all ages. I am dedicating the majority of my wealth to improving education. 
  23. «2008 Rep. Ed Markey's opening statement on universal service» 
  24. Nate Anderson. «Universal Service Fund should be "blown up" like Death Star». Ars Technica 
  25. «Disney buys Star Wars maker Lucasfilm from George Lucas». BBC News Website  |publicação= e |jornal= redundantes (ajuda)
  26. «Donating Star Wars Billions Will Make George Lucas One Of The Biggest Givers Ever». Forbes 
  27. a b c «George Lucas Will Use Disney $4 Billion to Fund Education». The Hollywood Reporter 
  28. «George Lucas pitches a San Francisco art museum». Yahoo! News 
  29. «Chicago to vie for George Lucas' museum». Chicago Tribune 
  30. «Lakefront campus recommended for George Lucas interactive museum». Chicago Sun-Times  Verifique data em: |arquivodata= (ajuda)
  31. «Sneed Exclusive: Chicago to Get George Lucas Museum». Chicago Sun-Times  Verifique data em: |arquivodata= (ajuda)
  32. «A New Museum for Chicago». Lucas Museum.org 
  33. Lucas Museum of Narrative Art (2015). «Lucas Museum of Narrative Art». Lucas Museum of Narrative Art 
  34. «George Lucas Abandons Plan to Build Art Museum in Chicago». New York Times 
  35. «Los Angeles will be home to George Lucas' $1-billion museum». Los Angeles Times 
  36. "Star Wars creator George Lucas donates $1 Million for Martin Luther King, Jr. Memorial Project", Washington, DC Martin Luther King, Jr. National Memorial, October 20, 2005. Retrieved September 27, 2012.
  37. Stuart Silverstein, George Lucas Donates USC's Largest Single Gift, Los Angeles Times, September 19, 2006.
  38. George Lucas Instructional Building Arquivado em novembro 30, 2009[Erro data trocada], no Wayback Machine., USC School of Cinematic Arts.
  39. Marcia Lucas Post-Production Arquivado em julho 11, 2010[Erro data trocada], no Wayback Machine., USC School of Cinematic Arts.
  40. «Chicago to vie for George Lucas' museum». Chicago Tribune 
  41. «George Lucas new major donor to Obama presidential library». Chicago Sun-Times 
  42. «George Lucas». www.goldenglobes.com (em inglês). Consultado em 15 de janeiro de 2020 
  A Wikipédia tem o


Ligações externasEditar

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
  Citações no Wikiquote
  Imagens e media no Commons
  Categoria no Commons