Texas Chainsaw Massacre: The Next Generation

filme de 1994 dirigido por Kim Henkel
Texas Chainsaw Massacre: The Next Generation
No Brasil O Massacre da Serra Elétrica - O Retorno
Em Portugal Massacre no Texas - O Regresso
 Estados Unidos
1994 •  cor •  95 min 
Direção Kim Henkel
Produção Kim Henkel e Robert Kuhn
Roteiro Kim Henkel
Elenco Renée Zellweger
Matthew McConaughey
Robert Jacks
Debra Marshall
Género terror · comédia
Idioma inglês
Cronologia
Leatherface: Texas Chainsaw Massacre III
The Texas Chainsaw Massacre

Texas Chainsaw Massacre: The Next Generation (bra: O Massacre da Serra Elétrica - O Retorno[1]; prt: Massacre no Texas - O Regresso[2]), originalmente The Return of the Texas Chainsaw Massacre, é um filme estadunidense de 1994, do gênero comédia de horror,dirigido por Kim Henkel, com roteiro de Tobe Hopper e do próprio Kim.

É sequência de Leatherface: Texas Chainsaw Massacre III, além de praticamente um remake do original The Texas Chain Saw Massacre.[1]

SinopseEditar

Um grupo de jovens sai de carro para se divertir na noite de formatura, mas acabam sofrendo um acidente. No meio da floresta, vão procurar ajuda e acabam caindo numa armadilha e que os leva até a casa da família canibal de Leatherface.

ElencoEditar

Temas e análisesEditar

Subtrama da sociedade secretaEditar

O filme ficou conhecido por apresentar a subtrama de uma sociedade secreta que leva a família de Leatherface a aterrorizar civis, a fim de provocá-los até que atinjam um nível de transcendência. Em uma entrevista retrospectiva, Kim Henkel confirmou que a base dessa subtrama foi influenciada pelas teorias que cercavam os Illuminati.[3] Comentando sobre o misterioso personagem Rothman, Henkel declarou: "Ele se parece mais com o líder de um culto extremo, que faz com que as vítimas experimentem o horror sob o pretexto de que isso produz algum tipo de experiência transcendente. Claro, produz uma experiência transcendente. A morte é assim. Mas não adianta nada. Você é torturado e atormentado, se borra de medo e depois morre."[4]

Outras referências aos Illuminati são feitas nos diálogos do filme, mais precisamente na cena em que Darla conta a Jenny sobre a sociedade secreta de milhares de anos que estaria no controle do governo dos Estados Unidos, e faz referência ao assassinato do presidente John Kennedy.[5] A respeito da discussão em torno desse ponto da trama, o crítico Russell Smith observou: "Seriam os inexplicáveis 'eles' uma alusão ao público insaciável [dos filmes] de terror que sempre torna esses festivais sangrentos um bom investimento, ou uma cabala de governantes obcecados pelo poder...?"[6]

Transformismo de LeatherfaceEditar

Outro elemento observado por críticos e estudiosos de cinema são as referências explícitas do filme ao transformismo de Leatherface, algo que foi brevemente explorado no primeiro filme, mas que neste é implementado em maior medida. Robert Wilonsky, do Houston Press, comentou sobre o tratamento dado ao personagem, escrevendo que o filme "transforma Leatherface (interpretado por Robbie Jacks, músico de Austin que apresentava um programa de rádio com Gibby Haynes, do Butthole Surfers) em um garoto efeminado travesti que grita mais que tudo".[7] Segundo Henkel, ele escreveu o personagem como alguém que assume a persona da pessoa cujo rosto ele usa: "A sexualidade confusa do personagem Leatherface é complexa e horrível ao mesmo tempo", disse ele em entrevista em 1996.[8] O estudioso de cinema Scott Von Doviak também percebeu esse fato e comparou a representação de Leatherface no filme à de uma "drag queen torturada".[9]

Referências

  1. a b «O Massacre da Serra Elétrica - O Retorno». Brasil: CinePlayers. Consultado em 17 de maio de 2019 
  2. «Massacre no Texas - O Regresso». Portugal: DVDPT. Consultado em 17 de maio de 2019 
  3. Squires, John (22 de julho de 2014). «HL Exclusive: Writer/Director Kim Henkel Reveals Secrets of 'Texas Chainsaw Massacre: The Next Generation'». Haloween Love (em inglês). Consultado em 30 de setembro de 2019. Cópia arquivada em 1 de outubro de 2019 
  4. Kaay, Chris Vander (17 de maio de 2017). «How 'Texas Chainsaw Massacre: The Next Generation' Was a Precursor to 'Martyrs'». Bloody Disgusting (em inglês). Consultado em 30 de setembro de 2019. Cópia arquivada em 6 de junho de 2019 
  5. Snider, Eric (4 de março de 2010). «Eric's Bad Movies: Texas Chainsaw Massacre: The Next Generation (1994)». MTV (em inglês). Consultado em 30 de setembro de 2019. Cópia arquivada em 1 de outubro de 2019 
  6. Smith, Russell (11 de março de 1995). «Henkel won't let 'Chainsaw Massacre' legacy rest in pieces». Austin, Texas. Austin American-Statesman (em inglês) – via Newspapers.com   
  7. Wilonsky, Robert (29 de agosto de 1997). «"Time to Kill"». Houston Press (em inglês) 
  8. Huberman, Brian (dir.) (1996). The Return of the Texas Chainsaw Massacre: The Documentary (Documentário) (em inglês). Huberman/Wolf Productions 
  9. Von Doviak, Scott (2012). Hick Flicks: The Rise and Fall of Redneck Cinema (em inglês). Jefferson, Carolina do Norte: McFarland. ISBN 978-0-786-48212-2