The Transformers: The Movie

filme de animação estadunidense produzido em 1986 e baseado na série de animação ''Transformers''

The Transformers: The Movie (bra: Transformers - O Filme[2]) é um filme de animação de 1986 baseado na série animada Transformers. Foi lançado na América do Norte em 8 de agosto de 1986 e no Reino Unido em 12 de dezembro de 1986.[1]

The Transformers: The Movie
The Transformers: The Movie
No Brasil Transformers - O Filme
 Estados Unidos
1986 •  cor •  84 min 
Género animação
Direção Nelson Shin
Produção Joe Bacal (Sunbow)
Tom Griffith (Sunbow)
Nelson Shin (co-produtor)
Margaret Loesch (Marvel)
Lee Gunther (Marvel)
Roteiro Ron Friedman
Narração Victor Caroli
Elenco Peter Cullen
Judd Nelson
Orson Welles
Leonard Nimoy
Robert Stack
Neil Ross
Susan Blu
Frank Welker
Lionel Stander
Gregg Berger
Michael Bell
Paul Eiding
Eric Idle
David Mendenhall
Música Vince DiCola
Companhia(s) produtora(s) Hasbro
Marvel Productions
Sunbow Productions
Toei Animation
Distribuição De Laurentiis Entertainment Group (Estados Unidos)
Rank Film Distributors (Reino Unido)
Les Films Number One (França)
Lançamento
  • 8 de agosto de 1986 (1986-08-08) (Estados Unidos)[1]
Idioma inglês
Orçamento US$ 6 milhões
Receita US$ 5.849.647

Enredo editar

Em 2005, um planeta artificial senciente conhecido como Unicron devora o planeta Lithone junto com todos os seus habitantes, exceto um, que foge para o espaço a bordo de um foguete de fuga. Em outros lugares, os malvados Decepticons conquistaram o heroico planeta natal dos Autobots, Cybertron. Os Autobots, sob a liderança de Optimus Prime e operando secretamente a partir das duas luas de Cybertron, preparam uma contraofensiva para retomar Cybertron. Prime envia um ônibus para Autobot City na Terra para suprimentos. No entanto, seu plano é descoberto pelos Decepticons, que sequestram a nave e matam a tripulação composta por Ironhide, Prowl, Ratchet e Brawn. Em Autobot City, Hot Rod, relaxando com Daniel Witwicky (filho do aliado humano Spike Witwicky) vê o ônibus espacial invadido e uma batalha mortal irrompe. Optimus chega com reforços no momento em que os Decepticons estão perto da vitória. Optimus derrota muitos deles e envolve Megatron em uma batalha final, deixando ambos mortalmente feridos, forçando os Decepticons sobreviventes a recuar, embarcando no transportador de tropas Astrotrain para retornar a Cybertron.

Em seu leito de morte, o fatalmente ferido Optimus Prime passa o poderoso artefato conhecido como Matrix of Leadership para Ultra Magnus nomeando-o seu sucessor como líder e recitando a profecia de que seu poder iluminará a hora mais sombria dos Autobots. Ele cai das mãos de Optimus e é pego por Hot Rod, que o entrega a Ultra Magnus. Optimus Prime então sucumbe aos ferimentos e morre.

Enquanto isso, a caminho de Cybertron, Astrotrain pede ao Decepticons que jatison, pois ele está com pouco combustível para completar a jornada. Starscream instiga os Decepticons sobreviventes a despejar um grupo de seus mortos e feridos (consistindo de Skywarp, Thundercracker, Shrapnel, Bombshell e Kickback) no espaço. Starscream então lança pessoalmente o moribundo Megatron no espaço, apesar de seus protestos. À deriva no espaço profundo, os Decepticons feridos encontram Unicron, que oferece a Megatron um novo corpo em troca de seu serviço na destruição da Matrix of Leadership, a única coisa capaz de destruí-lo. Megatron relutantemente concorda e é recriado em Galvatron, enquanto os cadáveres de outros Decepticons descartados são reformatados em suas novas tropas: Cyclonus, Scourge, e um grupo de Sweeps. Dada uma nova espaçonave da Unicron, Galvatron é então enviado em sua missão para encontrar e destruir a Matrix.

Em Cybertron, Galvatron interrompe a coroação de Starscream como líder Decepticon, usando seu novo modo alternativo de canhão de partícula-laser para desintegrá-lo. Unicron entra no espaço Cybertron, consumindo as luas de Cybertron, incluindo Autobots Jazz, Cliffjumper, Bumblebee e Spike. Retomando o comando dos Decepticons, Galvatron lidera suas forças para procurar Ultra Magnus na arruinada Autobot City na Terra.

Os Autobots sobreviventes escapam para o espaço a bordo de ônibus separados. Hot Rod, Kup e a equipe Autobot de Dinobots são abatidos pelos Decepticons e caem em um planeta próximo. Ultra Magnus e seu grupo escapam separando suas naves espaciais e enganando seus perseguidores para acreditar que eles foram destruídos. Danificados pela batalha, eles continuam para o Planeta do Lixo, nas proximidades. Enquanto isso, separados dos Dinobots no acidente, Hot Rod e Kup são feitos prisioneiros pelos Quintessons, um coletivo de alienígenas robóticos tirânicos que mantêm tribunais cangurus e executam prisioneiros alimentando-os com seus Sharkticons. Hot Rod e Kup aprendem sobre Unicron de Kranix, o único sobrevivente do planeta destruído Lithone. Depois que Kranix é executado, Hot Rod e Kup escapam, auxiliados pelos Dinobots e pelo pequeno sobrevivente Autobot Wheelie, que os ajuda a encontrar uma nave de fuga.

Os outros Autobots liderados por Magnus pousam no lixo onde começam a usar a sucata e se recusam a efetuar reparos. As forças de Galvatron então chegam e atacam. Ultra Magnus protege os Autobots restantes e tenta abrir a Matrix sem sucesso. Ele é destruído por Galvatron que toma a Matrix, agora com a intenção de usá-la para desafiar e escravizar Unicron. Os Autobots são então atacados pelos nativos territoriais, os Junkions liderados por Wreck-Gar, que são então interrompidos pela chegada de Hot Rod, Kup e os Dinobots. Usando uma saudação universal, Hot Rod cessa a batalha entre o grupo e os Junkions e reconstrói Magnus. Deduzindo que Galvatron tem a Matrix, os Autobots e Junkions então voam para Cybertron. Galvatron tenta abrir a Matrix para ameaçar Unicron, mas não consegue ativá-la. Enfurecido por seu desafio, Unicron se transforma, revelando uma forma de robô do tamanho de um planeta e começa a destruir Cybertron. Os Decepticons contra-atacam com Galvatron sendo engolido por Unicron junto com a Matrix.

Os Autobots que chegam batem sua nave espacial através do olho esquerdo de Unicron e se separam enquanto Unicron continua a lutar contra Decepticons, Junkions e outros defensores de Cybertron. Daniel salva seu pai Spike e os outros Autobots consumidos do sistema digestivo da Unicron. Galvatron tenta formar uma aliança com Hot Rod, mas Unicron telepaticamente o força a atacar. Hot Rod quase é morto, mas, no último segundo, ativa com sucesso a Matrix próxima, seu poder o reformatando em Rodimus Prime, o novo líder do Autobot. Rodimus derrota Galvatron lançando-o no espaço profundo e usa o poder da Matrix para destruir Unicron, sua energia o separando por dentro. Rodimus então se reúne e escapa com os outros Autobots quando o corpo gigante de Unicron se desintegra em uma enorme explosão. Com os Decepticons em desordem do ataque de Unicron, os Autobots retomam com sucesso Cybertron e comemoram o fim da guerra, enquanto a cabeça decepada de Unicron orbita Cybertron.

Elenco editar

Personagem Dublador
Optimus Prime Peter Cullen
Ironhide
Hot Rod /
Rodimus Prime
Judd Nelson
Ultra Magnus Robert Stack
Springer Neil Ross
Slag
Bonecrusher
Hook
Arcee Susan Blu
Kup Lionel Stander
Wheelie Frank Welker
Megatron
Soundwave
Frenzy
Rumble
Junkion
Blurr John Moschitta Jr.
Blaster Buster Jones
Perceptor Paul Eiding
Grimlock Gregg Berger
Swoop Michael Bell
Scrapper
Junkion
Jazz Scatman Crothers
Cliffjumper Casey Kasem
Bumblebee Dan Gilvezan
Brawn Corey Burton
Shockwave
Spike Witwicky
Galvatron Leonard Nimoy
Cyclonus Roger C. Carmel
Scourge Stanley Jones
Starscream Chris Latta
Devastator Arthur Burghardt
Scavenger Don Messick
Gears
Astrotrain Jack Angel
Ramjet
Blitzwing Ed Gilbert
Kickback Clive Revill
Shrapnel Hal Rayle
Unicron Orson Welles
Quintesson Leader Roger C. Carmel
Quintesson Judge Regis Cordic
Wreck-Gar Eric Idle
Daniel Witwicky David Mendenhall
Kranix Norman Alden
Inferno Walker Edmiston
Narrator Victor Caroli

Produção editar

O filme foi co-produzido e dirigido por Nelson Shin, que também produziu a série televisiva original Transformers. O roteiro foi escrito por Ron Friedman, que criaria Bionic Six um ano depois. O filme apresenta as vozes de Eric Idle, Judd Nelson, Leonard Nimoy, Casey Kasem, Robert Stack, Lionel Stander, John Moschitta Jr., Peter Cullen e Frank Welker. Também marcou os papéis finais de ambos, Orson Welles, que morreu no ano anterior ao seu lançamento,[3] e Scatman Crothers, que morreu meses após o seu lançamento.[4] A história do filme acontece em 2005, vinte anos após os eventos da segunda temporada da série televisiva, marcando o fim desta temporada e serve de início para a terceira temporada.[5]

Prêmios e indicações editar

Indicações editar

  Young Artist Awards

  • Melhor filme de animação: 1986

Referências

  1. a b James, Caryn (9 de agosto de 1986). «Movie Review - - Screen: 'Transformers,' Animation For Children». The New York Times 
  2. «Transformers - O Filme». AdoroCinema. Brasil: Webedia. Consultado em 19 de junho de 2022 
  3. Rose, Steve (4 de maio de 2007). «Transformers The Movie». The Guardian. London 
  4. «California Death Records». RootsWeb.com 
  5. «Transformers: The Movie». IGN. 29 de janeiro de 2002 

Ligações externas editar

  Este artigo sobre animação é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.