Theodoros Kolokotronis

Theodoros Kolokotronis (em grego: Θεόδωρος Κολοκοτρώνης; Moreia, 3 de abril de 1770Atenas, 4 de fevereiro de 1843) foi um marechal de campo grego.[1] Foi o líder da Guerra da Independência Grega em 1821 com relação ao Império Otomano.[1]

Theodoros Kolokotronis
Nascimento 3 de abril de 1770
Moreia
Morte 4 de fevereiro de 1843
Atenas
Residência Peloponeso
Sepultamento Primeiro Cemitério de Atenas
Cidadania Grécia, Império Otomano
Etnia gregos
Progenitores
  • Konstantis Kolokotronis
  • Zampía Kotsáki
Cônjuge Aikaterini Karoutsou
Filho(s) Gennéos Kolokotrónis, Panos Kolokotronis, Panos Kolokotronis, Helen Kolokotronis, Konstantinos Kolokotronis
Irmão(s) Markos Kolokotronis
Ocupação político, militar, membro da resistência
Prêmios
  • Ordem do Redentor
Lealdade Exército Britânico
Assinatura
Theodoros-kolokotronis-signature.svg

O maior sucesso de Kolokotronis foi a derrota do exército otomano sob Mahmud Dramali Pasha na Batalha de Dervenakia em 1822. Em 1825, ele foi nomeado comandante-em-chefe das forças gregas em Peloponeso. Hoje, Kolokotronis está entre as figuras mais proeminentes da Guerra da Independência da Grécia.[2]

Referências

  1. a b Thomopoulos, Nick (2011). 100 Years: From Greece to Chicago and Back (em inglês). Bloomington: Xlibris Corporation. p. 178 
  2. Clogg, Richard (2013) [1992]. A Concise History of Greece. Cambridge and New York: Cambridge University Press. ISBN 978-1-10-765644-4
  Este artigo sobre tópicos militares é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.