Thomas Allen
Nascimento 21 de dezembro de 1542
Uttoxeter, Staffordshire
Morte 30 de setembro de 1632 (89 anos)
Oxford
Nacionalidade Inglaterra Reino da Inglaterra
Alma mater Trinity College
Ocupação matemático, astrólogo

Thomas Allen (ou Alleyn) (Uttoxeter, Staffordshire, 21 de dezembro de 1542 — Oxford, 30 de setembro de 1632) foi um matemático e astrólogo inglês.

BiografiaEditar

Allen ingressou no Trinity College, em Oxford, em 1561, e graduou-se como Masters of Arts em 1567. Em 1580 transferiu-se para o Gloucester Hall, também em Oxford e ficou famoso por seu conhecimento em antiguidades, filosofia e matemática.

Recebeu um convite de Henry Percy, conde de Northumberland, um grande amigo e patrono dos homens de ciência, e passou algum tempo na casa do conde, onde se familiarizou com o Thomas Harriot, John Dee e outros matemáticos famosos. Foi também íntimo de Sir Robert Cotton, William Camden, e seus associados antiquários.

Robert Dudley, conde de Leicester, tinha uma afeição particular por Allen, e teria lhe concedido um bispado não fosse a sua recusa pela oferta, preferindo continuar com o seu amor pela solidão. Sua grande habilidade em matemática e astrologia deu-lhe a fama de mago. O autor de Leicester's Commonwealth acusou-o de empregar a arte de "descobrir" para favorecer os projetos ilegais do conde de Leicester, e de utilizar a "magia negra" para forçar uma união entre o seu patrono e a rainha Elizabeth.

Allen foi um incansável coletor de manuscritos relacionados à história, antiguidade, astronomia/astrologia, filosofia e matemática. Uma parte considerável de sua coleção foi doada à biblioteca Bodleiana por Sir Kenelm Digby.

Morreu em Gloucester Hall, Oxford.

TrabalhosEditar

Publicou em latim, o segundo e o terceiro livros de Ptolomeu de Pelúsio, Sobre o Julgamento das Estrelas, ou, como é comumente chamado, da Construção Quadripartite, com uma Exposição. Escreveu também notas sobre De Scriptoribus M. Britanniae, de John Bale.

Referências